Lua de Sangue

Teoria da conspiração #9

Imagine uma arma capaz de afetar todo o clima do planeta e que ainda conseguiria movimentar placas tectônicas, podendo criar diversas catástrofes em todos os cantos do planeta, todo esse poder sob o comando de apenas um país. Isso pode até parecer loucura, porém pode ser realidade.

Projeto HAARP

Há quase vinte anos atrás, iniciava-se o trabalho de uma estranha e misteriosa instalação no meio do Alasca, laboratório esse que foi construído por uma parceria entre a Marinha e a Força Área Americana, junto com a Universidade local.

Esse projeto, nada mais é do que um laboratório e transmissor gigante de ondas de rádio, que tenta entender melhor como essas ondas se propagam na ionosfera. Segundo os americanos, tudo isso está sendo feito apenas para fins de melhorar de comunicação no planeta, pois se soubermos como tudo funciona nessa área, é possível melhorar o desempenho de rádios e outras coisas, porém nem todo mundo acredita que todo esse esforço serve apenas para isso.

O HAARP rapidamente virou alvo de diversas conspirações, pois mexer coma ionosfera pode ser uma vantagem militar, além disso, outras pessoas e até mesmo governos desconfiam que o verdadeiro objetivo do lugar sirva apenas para encobrir uma terrível verdade, um novo tipo de arma, tão poderosa que apenas ela poderia vencer qualquer guerra.

Teoria 1 – A dúvida Russa

O governo russo foi o primeiro a desconfiar desse laboratório americano, tanto que um documento oficial chegou às mãos do presidente russo na época: Vladimir Putin. Isso ocorreu em 2002, quando ele recebeu o relatório, alertando o governo que os americanos estavam construindo uma arma jamais vista, que poderia controlar até mesmo as placas tectônicas, a camada de ozônio e o clima.

Dessa maneira eles poderiam controlar um país rival, criando diversos problemas de proporções gigantescas.

Teoria 2 – Inutilizando radares

Muitos suspeitos que um dos motivos que levaram o EUA a investir tanto dinheiro nesse projeto é que com ele o exército conseguiria usar ondas de rádio para deixar cego todo e qualquer radar no mundo, dando uma enorme vantagem aos americanos em caso de ataque contra alguém.

Pois com o conhecimento certo, eles poderiam esquentar a ionosfera e criar uma barreira contra radares inimigos e apenas eles conseguiriam acesso às informações, tornando-se uma potência incrivelmente forte que poderia atacar qualquer país sem que eles pudessem se defender.

Teoria 3 – Terremoto controlado

Dizem, inclusive alguns órgãos de imprensa afirmam possuir documentos, que existem provas que o terremoto ocorrido no Haiti anos atrás foi causado pelo HAARP, em uma espécie de simulação que os americanos fizeram para testar seu controle sobre as placas tectônicas.

Fala-se que o Haiti foi escolhido como vítima, pois era um país pobre e não possuía petróleo, então poderia ser atacado sem problemas de uma possível retaliação ou uma investigação mais aprofundada.

Teoria 4 – Controle da mente

A todo o momento milhares de ondas de rádio nas mais diversas frequências passam por nós, algumas nem são captadas por rádios, por ser muito baixas ou muito altas. E muitos estudiosos acreditam que nosso cérebro pode ser afetado por tais ondas e com o conhecimento certo é possível "controlar a mente das pessoas".

Ninguém sabe até que ponto esse controle pode ir, se ele pode nos transformar em uma espécie de zumbi ou apenas no fazem entrar em transe ou mesmo nos embutir um pensamento. O certo é que se os americanos estão usando o HAARP como uma espécie de arma isso deve estar sendo estudado.

Afinal o que motivaria um país investir tanto apenas para melhorar a comunicação de rádio? Pode ser que isso seja apenas a desculpa que eles usam…

Se você gosta dessa série não deixe de curtir ele em seu Facebook para fazermos um novo post sobre uma nova teoria

Me siga no Twitter: @Diego_minilua ou me adicione no Face: http://www.facebook.com/diegominilua.