Os casos mais assustadores e reais de bonecos amaldiçoados #2

Um objeto enfeitiçado é geralmente qualquer coisa que apresente uma atividade paranormal ou que acreditem possuir uma energia negativa de um espírito ou fantasma.

Porém ao falarmos de bonecos assombrados podemos despertar diferentes emoções nas pessoas, dependendo das suas experiências pessoais. Enquanto alguns acreditam que nada de assustador possa existir em um objeto inanimado, outros acreditam em bonecos diabólicos ou brinquedos enfeitiçados que poderiam matar uma pessoa.

Nesta série vamos apresentar para vocês os casos considerados como os mais assombrados de toda a história dos bonecos amaldiçoados. Você tem coragem de ler?




A Boneca Joliet

O que você faria se parte do legado de sua família fosse uma boneca assombrada? Esta é a vida de uma mulher chamada Anna, dona de uma boneca amaldiçoada chamada Joliet. Por quatro gerações, as mulheres da família de Anna sofriam por uma maldição cruel. Cada mulher de sua família dava a luz a dois filhos, um menino e uma menina.

O estranho nessa história é que uma criança sempre morria misteriosamente no terceiro dia de vida. A boneca de Anna foi herdada de sua bisavó, que estava grávida. Pouco tempo depois, sua avó deu à luz uma criança e surpreendentemente, esta também morreu no terceiro dia.

Algumas pessoas que já estiverem junto da boneca dizem que risos e gritos são escutados a noite, quando ninguém está perto da boneca, o que faz a família acreditar que a boneca seja o destinatário de todos os bebês mortos há anos.




A boneca bebê do diabo

New Orleans tem uma história rica em folclore e voodoo. Diz a lenda que durante o século XIX, a filha de uma família rica casou com um escocês rico e sofreu um misterioso acidente. Com ciúmes do casal, sua ex-amante buscou vingança e procurou a ajuda de uma rainha voodoo, Marie Laveau.

Laveau amaldiçoou a noiva, uma maldição que se concretizou quando a mulher, teve um filho. A jovem mãe morreu no parto, mas não antes de trazer uma criatura grotesca a este mundo. Dizem que este bebê era filho de Satanás. Após ser abandonado por sua aparência extremamente assustadora, Laveau cuidou da criança até o dia da morte.

Existem rumores que quando o bebê morreu ele foi enterrado ao lado dela no cemitério de Saint Louis.

Os cidadãos de Nova Orleans que moram próximo ao local acreditam na história e dizem já ter visto várias coisas estranhas no local.

Inspirado pela história, no início do século XX versões em forma de boneca do bebê demônio começaram a aparecer em Nova Orleans. As pessoas dizem que estas bonecas atraiam o espírito do filho do diabo que pode possuir elas e influenciar negativamente a vida de alguém.

O artista Ricardo Pustiano comprou a última boneca restante da época e desde então a recria para venda. Muitos clientes afirmaram que estas bonecas são demoníacas e já notaram ela os seguindo com os olhos.

GOSTOU DO NOSSO CONTEÚDO?

Receba as atualizações por e-mail!

É gratuito e sem SPAM
Reaja! Comente!
Topo