Monte a sua matéria: Filmes de terror baseados em fatos reais #177

E lembrando mais uma vez, que todos os temas são aceitos. O e-mail de contato, claro: [email protected]! A todos, uma excelente leitura!




Filmes de terror baseados em fatos reais




Por: Michelle Wise




1 – Um crime americano

SINOPSE: 1965. Sylvia e Jennie Likens são irmãs deixadas na casa de Gertrude Baniszewski por uma longa temporada, já que seus pais trabalham em um circo. Gertrude é uma mãe solteira com sete crianças e que, devido a dificuldades financeiras, aceita cuidar das garotas. Só que ela não esperava o quanto a presença delas afetaria sua natureza instável.

A VERDADE: Sylvia Marie Likens foi vítima de um assassinato no estado de Indiana. Ela foi torturada até a morte por Gertrude Baniszewski, seus filhos e diversas outras crianças da vizinhança, também. Seus pais eram atores circenses e deixaram Sylvia e sua irmã Jenny aos cuidados da família Baniszewski três meses antes da sua morte em troca de 20 por semana. Baniszewski, dois de seus filhos; Paula e John, dois jovens da vizinhança; Coy Hubbard e Richard Hobbs foram acusados e condenados pelo crime. Sua tortura e assassinato foram descrito pelo procurador público do caso como o mais terrível crime cometido no estado de Indiana.




2 -Wolf Creek - Viagem ao Inferno

SINOPSE: Liz Hunter e Kristy Earl são duas mochileiras inglesas que estão em meio a uma viagem, juntamente com Ben Mitchell. Ao chegar ao Parque Nacional Wolf Creek, eles observam a paisagem da 2ª maior cratera do mundo. Quando decidem ir embora enfrentam problemas, pois seus relógios e o carro param de funcionar. É quando recebem a ajuda de um caminhoneiro, que passa pelo local e lhes oferece carona. Porém o que eles não contavam é que seriam levados a um acampamento localizado em uma mina abandonada, onde a viagem do trio se transforma em um grande pesadelo.

A VERDADE: Conta a história de Ivan Milat também conhecido como O Assassino de Mochileiros é um assassino em série australiano, condenado pelo assassinato de sete mochileiros nos anos 1980 e 1990.
Os seus crimes ficaram conhecidos como “Backpackers Murders”. Atualmente, Milat cumpre pena em Nova Gales do Sul e ainda se declara inocente de todas as acusações feitas contra ele.




3 – O Massacre da Serra Elétrica

SINOPSE: Um grupo de jovens está em meio a uma viagem do Texas para o México, até enfrentarem um problema: a gasolina do carro chega ao fim. Eles param bem em frente a um matadouro, onde começam a procurar desesperadamente por um telefone. Porém o que eles não sabem é que ali vive uma família de canibais, incluindo um homem que mata usando uma serra elétrica.

A VERDADE: Ed Gein foi o assassino que inspirou a criação do Leatherface, ele La Crosse (EUA) no estado do Wisconsin, tendo uma infância muito difícil devido a sua mãe tipicamente religiosa muito fanática que atrapalha a vida dos filhos, já seu pai um bêbado que era apenas suportado por sua mãe, Ed também sofria muito bullying no colégio. Seu pai morreu em 1940, sua mãe em 1945, seu irmão morreu durante um incêndio.

Ele matou Bernice Worden, em novembro de 1957, chegando à propriedade a polícia descobriu que o cadáver da mulher, tinha sido decapitada e seu corpo suspenso, havia sido aberta como se fosse uma caça e grandes partes de seu corpo removidos. Na sua propriedade foram encontrados muito mais partes de corpos, como crânios, pele, peitos, coração, pele de rosto, lábios e cabeças.
Com essas partes removidas ele fazia diversos utensílios, também desenterrava cadáveres que pareciam com sua mãe para tentar simular a presença dela.




4 - A viagem Maldita

SINOPSE: Uma família suburbana norte-americana sai numa viagem de férias pelos EUA. Só que a sorte não está ao seu lado e o carro tem problemas no meio do deserto. Não bastando o marasmo e o calor, a família passa a ser perseguida por um grupo de assassinos psicóticos que ataca no deserto.

A VERDADE: Foi baseado na história de Sawney Bean ou Sawney feijão, um escocês que supostamente liderou um clã de 40 pessoas, sendo eles ligados por laços familiares causados por atos incestuosos. De acordo com a lenda o clã viveu em cavernas durante 25 anos e matou e comeu mais de 1.000 pessoas até serem capturados e condenados à morte.




5 - A Hora do Pesadelo

SINOPSE: Um grupo de adolescentes de um subúrbio americano tem um sonho em comum, envolvendo Freddy Krueger.Ele é um assassino desfigurado, que sempre os persegue em seus sonhos. Enquanto eles estão acordados não há risco algum, mas quando adormecem é a chance que Krueger tem para dominá-los.

A VERDADE: Foi baseado em uma reportagem do LA Times que falava sobre pessoas morreram durante o sono.

RELATO: Foi uma série de relatos sobre homens no Sul da Ásia que eram de famílias imigrantes e que morreram durante um pesadelo, sem que haja conexão entre eles. Uma delas era sobre o filho de um físico. Ele tinha 21 anos. Foi considerado um fenômeno em Laos, Camboja. Todos da família falaram a mesma coisa: ‘Você deve dormir. ’. Ele respondeu: ‘Não, você não entende. Sempre tive pesadelos, mas este é diferente. ’

Ele não queria dormir, nem com pílulas. Passaram-se seis, sete dias. Finalmente, ele estava assistindo televisão e acabou cochilando no sofá, e seus familiares disseram: ‘Graças a Deus. ’ Eles o carregaram literalmente para a cama, completamente exausto. Todo mundo foi para a cama pensando que os problemas tinham terminado. No meio da noite, eles foram acordados com gritos e um barulho. Correram para o quarto, mas quando chegaram lá ele já estava morto.

Uma autópsia foi realizada e não houve constatação de ataque cardíaco; ele simplesmente morreu de causas inexplicadas. Em seu guarda-roupa, havia uma garrafa com café quente, usada para se manter acordado, e várias pílulas para dormir que a família acreditava que ele costumava tomar. Foi uma história dramática e incrível, que intrigou a região por cerca de um ano.




6 – Brinquedo assassino

SINOPSE: Um serial killer é morto em um tiroteio com a polícia, mas antes de morrer utiliza seus conhecimentos de vodu e transfere sua alma para um boneco. Um menino ganha exatamente este brinquedo como presente da sua mãe.

O menino tenta alertar que o boneco está vivo, mas sua mãe e um detetive da polícia só acreditam nele após o brinquedo ter feito várias vítimas. Mas o boneco está realmente interessado é no garoto, pois só no corpo dele poderá continuar vivo, e isto coloca a criança em grande perigo.

A VERDADE: O conceito foi inspirado numa vingança realizada por uma enfermeira jamaicana, habilidosa em magia negra e vodu, que estava insatisfeita com a família Otto. Ela entregou ao garoto Eugene Otto um boneco possuído em Key West, 1904. De acordo com os familiares, Eugene era flagrado constantemente conversando com o brinquedo; e ele costumava aparecer em lugares estranhos e a ter movimentos não condizentes com sua capacidade.

Certa noite, os pais foram acordados com gritos de desespero do menino, móveis derrubados e a presença macabra de Robert. Depois que Eugene morreu em 1974, o boneco – que ficava em seu sótão – foi vendido para uma nova família, onde fatos similares foram testemunhados com uma menina.

Mesmo hoje em dia, após quarenta anos, ela ainda afirma que o boneco quer matá-la. Atualmente, Robert possui site e faz parte do Museu Martello em Key West.




7 - O Exorcismo de Emily Rose

SINOPSE: Emily Rose é uma jovem que deixou sua casa em uma região rural para cursar a faculdade. Um dia, sozinha em seu quarto no alojamento, ela tem uma alucinação assustadora, perdendo a consciência logo em seguida.

Como seus surtos ficam cada vez mais frequentes, Emily, que é católica praticante, aceita ser submetida a uma sessão de exorcismo. Quem realiza a sessão é o sacerdote de sua paróquia, o padre Richard Moore. Porém Emily morre durante o exorcismo, o que faz com que o padre seja acusado de assassinato.

A VERDADE: Anneliese Michel, uma garota alemã de 16 anos que, em 1968, apresentou sintomas de possessão demoníaca. Por anos, ela sofreu paralisia, se autoflagelou e teve visões demoníacas até 1975, quando dois padres resolveram realizar exorcismos durante dez meses acreditando que ela possuía diversos demônios.

Nesse tempo, Anneliese mal comia, e acabou morrendo de fome em julho de 1976. Seus pais e os padres foram considerados culpados pela morte da garota, mas somente os eclesiásticos cumpriram seis meses na prisão.




8 - Jack, O Estripador

SINOPSE: No outono de 1888, ele aterrorizou as ruas de East End, em Londres. Durante três meses, ele matou e esquartejou pelo menos cinco mulheres. Este curto período de carnificina deu o assassino um dos apelidos mais conhecidos da história.

A VERDADE: Foi o pseudônimo dado a um assassino em série não identificado que agiu no distrito de Whitechapel em Londres na segunda metade de 1888. O nome foi tirado de uma carta, enviada à Agência Central de Notícias de Londres por alguém que se dizia o criminoso.

Suas vítimas eram mulheres que ganhavam a vida como prostitutas. Duas delas tiveram a garganta cortada e o corpo mutilado. Teorias sugerem que, para não provocar barulho, as vítimas eram primeiro estranguladas, o que talvez explique a falta de sangue nos locais dos crimes. A remoção de órgãos internos de três vítimas levou oficiais da época a acreditarem que o assassino possuía conhecimentos anatômicos ou cirúrgicos.




9 - O Palhaço Assassino

A VERDADE: John Wayne Gacy foi um assassino em série americano, conhecido como o “palhaço assassino”. Acusado de matar pelo menos 29 garotos, foi condenado a 21 prisões perpétuas e 12 penas de morte. Psicopata nato, Gacy nunca assumiu a culpa de nenhum dos assassinatos que cometeu. Segundo ele, o único crime que cometera era a de não ter licença para ter um “cemitério em casa.” Segundo Gacy, ele possuía quatro personalidades.




10 - A Bruxa de Blair

SINOPSE: Três estudantes de cinema embrenham-se nas matas do estado de Maryland para fazer um documentário sobre a lenda da bruxa de Blair e desaparecem misteriosamente. Um ano depois, uma sacola cheia de rolos de filmes e fitas são encontradas na mata. As imagens registradas pelo trio dão algumas pistas sobre seu macabro destino.

A VERDADE: No século XVIII, na comunidade de Blair, hoje em dia cidade de Burkittsville no estado de Maryland, Elly Kedward foi acusada de atrair crianças até sua casa e retirar o sangue delas, foi acusada de feitiçaria e banida da sua vila durante um inverno muito forte e dada como morta. Tempos depois, os adultos e crianças que acusaram Elly desapareceram misteriosamente, temendo uma maldição, os habitantes de Blair fugiram da cidade e nunca mais pronunciaram o nome de Elly Kedward.

Reaja! Comente!
  1. Rodrigo Aguiar

    22 de julho de 2015 em 20:06

    Calma ai, a foto q representa o filme ‘O exorcismo de Emily Rose’, na verdade pertence ao filme ‘O exorcista’, né não?

  2. Diana de Freitas

    12 de julho de 2015 em 21:48

    vi todos esses filmes mas a hora do pesadelo é sinistro paca

  3. Gazeta Geek

    10 de junho de 2015 em 19:01

    Poderia ser incluso tambem todas as fabulas “Dysneirizadas” que essencialmente contam historias bem macabras tipo a da Alice que teve seu pai assassinado e embarcou no mundo do Opio para fugir da realidade.

  4. Jeff_Silveira

    5 de junho de 2015 em 16:28

    Bom acho que nenhum desses chega aos pés deste filme de terror que a Globo fez sobre o Lula, pois sem ele o Brasil estaria muito melhor…
    http://iacom.s8.com.br/produtos/01/00/item/7027/7/7027734g1.jpg

  5. Elyane

    4 de junho de 2015 em 20:49

    Matéria excelente estes são os melhores filmes de terror que já assisti, alguns casos reais são piores que os filmes. Existem tantos malucos e psicopatas espalhados pelo mundo cometendo atrocidades, que infelizmente não faltam inspiração para os escritores. Apesar de que a maioria dos filmes que dizem que foram baseados em historias reais não passam de mentiras para dar maior visibilidade aos filmes.

  6. deca

    4 de junho de 2015 em 18:09

    Ja vi a maioria… adoro filme de terror.
    Filmes de espiritos ou coisa assim são os que mais me deixam com um frio na barriga, como o “exorcismo”, “invocação do mal” etc..
    Gostei!

  7. Blue

    4 de junho de 2015 em 17:22

    Pensar por um momento que aquilo pode ter sido real, que a coisa que você viu realmente pode estar do seu lado é aterrorizante, por isso filmes do gênero found footage, como A Bruxa de Blair, tem um toque a mais de terror, um dos melhores exemplos desse gênero para mim foi Marble Hornets, uma websérie de terror muito boa.

  8. Templario Fascista

    4 de junho de 2015 em 17:06

    * Se você possui problemas cardíacos, a leitura deste conteúdo pode não ser recomendada. Neste caso clique aqui para ler outro artigo.
    Olha aí crianças menores de 18 anos tá avisado: não vejam esse post pq é mt traumatizante e voltem para as ruas pra brincar enquanto passa um bandido perto de vc e mata um cidadão do seu lado q é menos traumatizante!

  9. O Último Filho De Krypton

    4 de junho de 2015 em 13:05

    Sobre essa última, li que é mentira, o conceito de vídeo amador começou aí, mas não passa de, apenas um filme…

  10. 2-D

    4 de junho de 2015 em 12:09

    Só vi dois desses filmes e são ótimos, saber que tiveram base em fatos reais dá um certo medo… Mas um que não foi incluído nessa lista é Invocação do Mal… Quem sabe numa próxima matéria desse estilo!?

  11. Mestre Makarov

    4 de junho de 2015 em 11:58

    A hora do pesadelo é foda demais … assistir pela primeira vez em 2004 tinha 8 anos … passei 1 semana sem dormir … eu dormia no quarto sozinho, nessa semana fui dormir com meus pais … kk

  12. Gato Endiabrado

    4 de junho de 2015 em 00:43

    Abri todas as matérias do MiniLua que não li, ai vejo essa matéria e penso:
    ” Pô, vou ver depois se não vou ter medo de ver azotras. ;-; “

  13. Jeff Dantas

    3 de junho de 2015 em 21:07

    • lucas

      4 de junho de 2015 em 07:34

      Jeff a moto serra que usam em ”o massacre da serra elétrica” é realmente movida a eletricidade?

      • Jeff Dantas

        4 de junho de 2015 em 10:29

        Tai. confesso que eu fiquei na dúvida, agora! hehehehehe

    • Gato Endiabrado

      4 de junho de 2015 em 00:42

      Me lembrei de uma montagem com a cabeça daquela garota que atuava em Carrossel e trabalhou no Bom Dia e CIA, Mayssa? Maysa? Maria? Não me lembro. 😐

    • Greengineer

      3 de junho de 2015 em 21:20

      Deixa Jesus te comer…

17 Comentários
Topo