Lua de Sangue

O Lado Negro: Walking On Air

E nesta edição, você confere o trabalho de Amanda Menezes Fonseca. Leitora do site, ela comenta sobre um dos clipes mais exóticos da atualidade: “Walking on air”. Uma boa leitura!

 

Creepypasta – Walking on air

E claro, pedindo licença ao Adriano, vamos logo a seu relato. No final do texto, aliás, o videoclipe da canção. Confira:

“Haha, diário, é hora de dormir!” Escreveu Jamie. “É a primeira página, então vou falar do que eu gosto e do que não gosto. Eu gosto de coisas rosas e coisas felizes.Eu gosto do calor.Eu odeio coisas pretas e o frio.

Não gosto de ver nada sofrer.” Terminou assim ao escutar sua mãe mandando-a dormir.Alguma coisa estava seguindo-a.Havia uma menina em seu quarto,a observá-la.Ela era mais uma marionete,porém se movimentava. Alguém a movimentava. Suas cordas se moviam. Tão logo, pega a caderneta da garota, e anota os sonhos de Jamie.

“Eu estou tendo um sonho esquisito. Há uma casinha estranha em um lugarzinho estranho, eu morava nessa casa. Havia um mensageiro que usava um chapéu estranho e me trouxe uma boneca, ela era igualzinha a mim. Eu levo a boneca para dentro de casa, e uma garotinha me observa. Posso ver seu olho estranho na minha direção. Eu não gosto”.

É incrível! Eu amo dançar, e amo minha lareira que exala flores de um delicioso perfume!Ah… Eu gosto tanto!

Mas ainda estão me observando… Por quê?Bem, parece ser bom…

Espere… Veja que o frango está congelando no forno!Vou colocá-lo na geladeira para ver se aquece. É tudo ao contrário aqui.

Eu gosto do meu guarda-chuva preto, e do meu vestido preto. Eu não gosto mais de rosa!

Estou me divertindo, chorando. Chorar é bom, porque minhas lágrimas vão sair voando como lindas borboletas azuis.

Eu… Ei!Eu não gostava de nada disso!O que está acontecendo?Bem, mas agora… Acho que alguém quer que eu goste.

Mas… De repente é tão legal ver que o pássaro sofre ao ficar preso. Ele não costuma gostar de ficar de cabeça para baixo.

Gosto do frio. O frio é bom, a neve é boa. Sentir frio e dor são bons. Eu gosto!

Minha cama agora é feita de pedras, mas eu amo!Ei,olhe,tem alguém me olhando do outro lado do espelho. Ele está contente. Ele viu que eu mudei e agora está feliz por isso.

Mas… Não, não!O que é isso?!Por que tem cordas em minhas mãos e pés?!Eu não gosto!E por que não consigo gritar?Não adianta mais, tem alguém me controlando!

Hora de ficar calma. “Você sabe que eu te amo.” Disse ela.

Está tudo bem. Ela me colocou na caixa… Espere!Agora eu era a boneca?!

Ela cortou minhas cordas e fechou a caixa. Ufa!Finalmente acordei!Espere o que é isso em meus braços?!

A boneca agora possuía feições humanas, ela agora era um ser humano. Mas… Jamie agora era uma boneca de marionete. Ela não podia se movimentar sozinha.

– Não é tão ruim assim. Um dia você fará o mesmo. Acontece que sua mãe não disse nada ontem de noite. – Disse a “menina”, pegando a marionete Jamie no colo e indo embora…