O lado negro de Flappy, o palhaço

01

O que você lerá a seguir é uma creepypasta, ou seja, uma lenda moderna difundida pela internet, por fóruns, e-mails e redes sociais. Normalmente podem ser fictícias, sem provas ou fontes confiáveis, ficando assim apenas como um conto de terror, mas… e se forem reais?

Como foi feito nas últimas edições desta série, para o post de hoje também produzimos um vídeo, mas também disponibilizamos a forma em leitura para quem prefere do modo mais tradicional do quadro: O Lado Negro.




Versão em vídeo:

“>01




Versão em texto:

Tenho fobia de palhaços, ver um deles me causa calafrios e me faz querer me afastar o mais rápido possível. Há 24 anos atrás, quando eu tinha somente 6 anos de idade, estava vivendo na casa da minha avó, pois meus pais estavam sempre tendo discussões e minha avó decidiu que era melhor que eu ficasse com ela por alguns dias, enquanto eles se acalmavam. Mas esses 3 dias seriam completamente opostos à palavra “tranquilidade” e se converteram na memória mais horrível de minha vida.

02No primeiro dia que cheguei na casa da minha avó, me sentia muito triste por causa dos meus pais, ainda podia escutar como gritavam um com o outro. Minha avó, que sempre me amou muito, me levou até seu quarto, onde havia um baú com muito pó em cima, como se não tivessem tocado nele havia muitos anos. Ela abriu o baú e dentro dele se encontravam muitas bugigangas velhas que já nem me lembro, mas o que mais me chamou atenção foi o que estava lá no fundo: um boneco muito estranho, em forma de palhaço, mas com algumas deformidades, como seu pescoço que era muito mais largo que o normal e seu corpo redondo na parte de baixo. Não tinha um aspecto bonito, mas chamativo. O que mais me chamou a atenção foi o sorriso que ele tinha, o rosto pálido, com olhos pequenos e pretos, tanto que era possível ver seu próprio reflexo neles e os lábios marcados com pintura vermelha muito fina ao redor deles. Minha avó quis me presentear com um companheiro para que eu não me sentisse sozinho, e a princípio eu aceitei com alegria, já que parecia ser um simples brinquedo. Antes de ir dormir com “Flappy” (que era o nome que pus no boneco), brinquei um pouco com ele no quarto, e em um certo momento, me dei conta de que havia um cordão embaixo de sua camisa, quando levantei a roupa, me dei conta de que era uma cordinha que fazia o palhaço falar.

Obviamente, não pensei duas vezes antes de acionar a cordinha. A princípio, não aconteceu nada, então acionei mais vezes até que o palhaço abriu a boca. Mas o que dizia não eram palavras, eram sons estranhos, como se estivesse quebrado, então, começou a mover a mandíbula de uma maneira um tanto violenta, enquanto esses sons continuavam. Era o barulho mais amedrontador que eu tinha escutado, assim, larguei Flappy num canto e fui dormir com esse som horroroso que não saía da minha cabeça.

No dia seguinte, contei para minha avó o problema de Flappy, e ela o pegou para tentar encontrar qual era o problema. Eu esperei na sala, nervoso por causa daquele som e, sem que me desse conta, o som voltou a tocar, e agora parecia uma senhora chorando desesperadamente, gritando de forma desesperada. Neste momento, tudo que fiz foi tapar os ouvidos para que aquele barulho parasse.

Minha avó estava descendo as escadas lentamente, passo por passo, e estava pálida. Ela se aproximou de mim, me levantou do solo e começou a pressionar minha garganta, tão forte que quase quebrou meu pescoço, enquanto gritava obscenidades e maldições. Logo me soltou e quebrou o vidro de um velho relógio que tinha, e com os cacos, arrancou os próprio olhos. Enquanto jorrava sangue das crateras de seus olhos, ela cortou a própria mandíbula desde as bochechas, o que lhe deu um aspecto cadavérico impactante, logo, se jogou no chão e começou a bater a cabeça violentamente contra o solo. Primeiro, vi como quebrava os próprios dentes, logo seu nariz, seu crânio… Até que morreu, ensanguentada e destruída no chão de sua própria sala. Neste momento, eu estava em estado de choque, depois de presenciar aquele ato. Tudo o que consegui foi ficar parado observando o corpo de minha avó, e então, subi as escadas, peguei o boneco e saí caminhando para fora da casa tranquilamente. Não chorei nem produzi nenhum som, apenas caminhei para longe daquele lugar.

No dia seguinte, meus pais encontraram o corpo de minha avó, e começaram uma busca incessante envolvendo a polícia, para me encontrar. Até hoje não sei quanto tempo fiquei perdido, apenas sei que, quando meus pais me encontraram, eu estava dormindo ao lado do boneco, em uma praça escura muito distante da casa de minha avó. O mais impressionante foi que eu não estava com nenhuma marca, enquanto o boneco tinha as mãos, a boca e a roupa sujas com o sangue de minha avó.

03

Sugira uma creepypasta que você gostaria de ver no Minilua! Se quiser me adicionar no Face: http://www.facebook.com/adrianosaadehminilua

Reaja! Comente!
  1. Carlos Eugenio

    30 de julho de 2015 em 18:15

    detesto palhaços,morro de medo deles!!!

  2. Teodorino Rodrigues

    20 de julho de 2013 em 14:08

    Õ ho pqp

  3. Lost Babil

    25 de maio de 2013 em 18:00

    Carvalho,eu levei mó susto com a foto dessa mulher ai pqp.

  4. Chakhal Oculto

    2 de maio de 2013 em 16:54

    Perai deixa ver se eu entendi, o cara ficou vendo a avô arrancar os proprios olhos com um caco de vidro, depois ficou vendo ela cortar a garganta que já seria morte na certa ja que acertou na veia aeorta, e depois de tudo isso o moleque ainda viu ela bater a cabeça no chão e quebrar todo o rosto, e depois disso o moleque ainda saiu andando com o palhaço na mão e foi embora da casa…. Ok! Agora quem aqui alem de mim acha que esse garoto é o psicopata mais brutal já existente… moleque louco se fosse eu na hora que a véia me soltasse eu sairia correndo sem olhar pra trás ta loco.

  5. Cilicya Giovanna L. P

    29 de abril de 2013 em 17:26

    Foi muito fraco :I A imagem final me lembrou o Jeff The Killer, ou estou louca? ‘-‘ (Você está louca…)

  6. Ronaldo Iracet Teixeira

    23 de abril de 2013 em 13:12

    ‘-‘ Cara… Dos palahços eu gostei mais do lado negro do Minilua do que esse ai.. sério muito fraco ‘-‘

  7. lucas rodrigues

    28 de março de 2013 em 07:20

    O próximo Lado Negro tem que ser do Hora de Aventura, acho aquele desenho MUITO estranho.

  8. lucas rodrigues

    28 de março de 2013 em 07:19

    Muito fraco! As creppypastas estão decaindo de nível cada vez mais 🙁

  9. Natália Scalvenzi

    24 de março de 2013 em 10:55

    O final me fez pensar q de alguma forma o garoto tinha alguma espécie de cumplicidade com o palhaço.. ora, afinal ele saiu da casa tranquilamente com o boneco nos braços. PQP!!!! O-O

  10. Jose Neto

    20 de março de 2013 em 09:22

    Sinistro..

  11. Luis filipe Rodrigues

    19 de março de 2013 em 21:07

    NUNCA GOSTEI DO PATATI E PATATA

  12. Grasiela Dias

    18 de março de 2013 em 19:45

    Credo, a última foto é mais assustadora que o conto em si!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  13. Rafael (Baphomet)

    18 de março de 2013 em 16:45

    Já vi melhores creepypastas…….

  14. Angelica Aguiar de Moraes

    18 de março de 2013 em 16:33

    Puta susto com aquela ultima imagem 

  15. Li Syaoran

    18 de março de 2013 em 16:22

    Bem fraquinha essa creepy, não tem nem um pouco de realismo.

  16. FernandA Fefe

    18 de março de 2013 em 14:45

    o meu tio era um palhaço…..ele era meio maluco

  17. gato do apocalipse

    18 de março de 2013 em 10:41

    ~~, boneco de palhaço?

    se for ver direito, que matou a avó do moleque, foi ele mesmo

  18. Camila Sodre

    18 de março de 2013 em 10:35

    Peraí, o que que o Gir do invazor Zin ta fazendo do lado do palhaço?!

  19. Camila Sodre

    18 de março de 2013 em 10:25

     karaka!Geralmente não tenho medo de contos de terror, mas esse me gelou a barriga.

    odeio palhaços desde os 5 anos.
  20. Um qualquer

    18 de março de 2013 em 08:51

    Deixa eu ver se eu entendi, o palhaço faz  avó dele se matar, e ao invés dele sair correndo largando o boneco na casa, ele foge caminhando e com o boneco junto?
    Isso porque ele tinha medo de palhaços, imagina se não tivesse.

  21. Bardock

    18 de março de 2013 em 06:42

    O verdadeiro terror:

    • Adriano Saadeh

      24 de março de 2013 em 15:14

      A verdadeira lenda…

    • Killer The Tóchicos Dog

      18 de março de 2013 em 08:23

      Velho… Mas Bem Bolado

  22. Sra.Derpette

    18 de março de 2013 em 00:33

    Tenho fobia de palhaços,tenho medo de palhaços odeio palhaços,não vou ler esse post pois é sobre palhaços!!

  23. Finn

    18 de março de 2013 em 00:15

    Já tinha lido isso no MedoB acho…odeio palhaços =x

  24. Frozen Fire

    18 de março de 2013 em 00:02

    por que tem gente que tem medo de palhaços?

    e essa história num podia ser uma mentira maior. mesmo assim história muito boa. o lado negro e as creepypastas estão fazendo muita falta nesse site
    • Adriano Saadeh

      24 de março de 2013 em 15:14

      Como assim?

  25. Noob Saibot

    18 de março de 2013 em 00:01

    Sei lá veio não sei pq eu nunca gostei de palhaço.

    • Lúcifer

      18 de março de 2013 em 00:08

      não sei vc, mas eu não gosto de palhaços pq eles são chatos pra caralho 

  26. Guilherme Gonçalves da Silva

    17 de março de 2013 em 23:57

    Palhaços são muito sinistros,você nunca sabe quem está por trás da maquiagem e do sorriso medonho.

  27. Kelly Bastos Binhote

    17 de março de 2013 em 23:44

    Também não gosto de palhaços, não chego a ter Coulrofobia, que é fobia de palhaços, só não gosto deles!

  28. Capitão Jack Sparrow

    17 de março de 2013 em 23:28

    Eles querem que eu leia isso as 11:30 PM?! Tão loucos! 

  29. Pedro

    17 de março de 2013 em 23:25

    legal a história. .-.

  30. Alê

    17 de março de 2013 em 23:19

    Odeio palhaços

    • lucas rodrigues

      28 de março de 2013 em 07:17

      Também detesto palhaços, são mais assustadores do que engraçados.

  31. Super

    17 de março de 2013 em 23:18

    sei lá gente.. 

    de ver ser um lance de jersey..
    só isso..
    e afinal, quem gosta de palhaços? 
  32. Lord Geo Dampierre

    17 de março de 2013 em 23:13

    mas essa história é bem tosca .-. de boneco esquisito já basta os carinha do bakugan com arma

  33. Ana Caroline

    17 de março de 2013 em 23:03

    Vou ler só amanhã… tenho medo de palhaços ç.ç

  34. Kenny McCormick

    17 de março de 2013 em 23:02

    HUEHUEHUEHUEHUEHUEHUE se eu achar alguém que goste de palhaço, zero a vida

    • Vinícius Barbieri

      10 de janeiro de 2014 em 05:08

      Eu amo palhaços 🙂

    • Super

      17 de março de 2013 em 23:19

      crianças? 

  35. Shun

    17 de março de 2013 em 23:02

    Nunca gostei de nenhum tipo de palhaço, eles são muito… palhaços!

    • Noob Saibot

      18 de março de 2013 em 00:03

      pelo menos eles são dignos de ser homens. hahahaha   

      • Slenderzinho (Governante dos bosques)

        18 de março de 2013 em 10:32

        SE é que são homens, como Patati e Patatá, os 2 palhaços Pedófilos (zoa)

        • XxXmetalistaXxX

          28 de julho de 2013 em 22:58

          lol .-. tortura é ter uma irma e ter q aguentar ela escutando Patati e Patatá e.e

  36. Gumball Watterson

    17 de março de 2013 em 23:02

    ninguem gosta de palhaço mesmo ¬¬

  37. Kenny McCormick

    17 de março de 2013 em 23:02

    Nass, morro de medo 

  38. 3 Hits

    17 de março de 2013 em 23:02

    nao gosto de palhaços

    • Super

      17 de março de 2013 em 23:16

      quem gosta? 

      • 3 Hits

        17 de março de 2013 em 23:17

        tem crianças que gostam, algumas poucas

        • Hisoka

          18 de março de 2013 em 12:30

          é, dependendo do palhaço
          se você considera ator humorista um palhaço, adultos também gostam

    • Altair Ibn-La'Ahad

      17 de março de 2013 em 23:02

      uh, finalmente, achei q fosse conseguir kkkk

      • Altair Ibn-La'Ahad

        17 de março de 2013 em 23:05

        deixa pra lá, cometi um pequeno engano..

        #fail..
53 Comentários
Topo