O lado negro: Eyeless Jack

04

O que você lerá a seguir é uma creepypasta, ou seja, uma lenda urbana moderna difundida pela internet, por fóruns, e-mails e redes sociais. Normalmente podem ser fictícias, sem provas ou fontes confiáveis, ficando assim apenas como um conto de terror, mas… e se forem reais?

Na edição de hoje abordaremos uma das melhores creepypastas da web, Eyeless Jack, o ladrão de órgãos.

Para ampliarmos a sensação de suspense inserimos uma trilha para ser tocada acompanhado a leitura (não sejam covardes).

Olá, meu nome é Mitch, e a história que venho a lhes contar ainda assombra minha mente e me faz repassar repetidamente os fatos procurando um sentido, uma resposta, um por quê.

02Eu tinha acabado de terminar um relacionamento e estava extremamente mal, com tudo isso, acabei perdendo meu emprego e tudo foi ficando cada vez pior. Comecei a beber e muito, estava sempre em bares e quase todas as noites ali estava eu, cambaleando pelas ruas e acabando por dormir num lugar qualquer. Diversas vezes fui parar no hospital por excesso de álcool, na minha ficha tinha colocado meu irmão Edwin como contato numa emergência, claro que, depois de isso praticamente virar rotina ele acabou me fazendo ir morar com ele por um tempo até as coisas melhorarem. Eu concordei, sabia que seria bom pra mim e eu eventualmente sairia daquela foça. Estava tudo indo bem e eu estava otimista com meu futuro e ter Edwin perto de mim me fazia bem, eu amava ter ele por perto.

A partir da segunda semana coisas estranhas começaram a acontecer. Constantemente eu era acordado de madrugada por barulhos vindo de fora, a principio acreditava ser apenas um guaxinim ou algo assim então eu ignorava. Depois que isso se repetiu por toda aquela semana, decidi falar com Edwin sobre isso, mas estranhamente, segundo ele, não existia guaxinins na região. Eu comecei a estranhar e a ficar com uma certa curiosidade e medo, porém fui para o mais sensato e cheguei a conclusão de que era qualquer outro animal e eu estava apenas exagerando. Isso continuou por mais alguns dias até que numa noite eu pensei ter ouvido minha janela abrindo e um estrondo, como se alguma coisa tivesse entrado no meu quarto. Me levantei abruptamente e olhei em volta, mas não havia nada.

Na manhã seguinte, Edwin largou a xícara de café quando me viu. Ele ergueu um espelho perto e eu me vi. Eu tinha um corte enorme na minha bochecha esquerda, eu estava tão confuso quanto Edwin, não conseguia chegar a uma conclusão do por quê disso.  Acabei sendo levado para o hospital para levar pontos e depois de alguns exames o médico chegou e disse que eu devia ser sonambulo, “Claro” pensei, fazia sentido, mas meu momento de alivio durou pouco pois logo em seguida ele me mostrou algo que fez o meu sangue esfriar. Minha camisa foi levantada e pude ver um corte enorme na região aonde fica os rins. Meus se olhos arregalaram. “Você de alguma forma perdeu seu rim esquerdo na noite passada. Nós não sabemos como. Desculpe, Mitch.” ele disse.

Eu não conseguia entender, era tudo tão confuso, como, como que eu perdera o meu rim? Eu preferi acreditar que era tudo um sonho e que eventualmente isso tudo iria acabar, porém o que estava prestes a acontecer era demais para a minha sanidade. Era cerca de meia-noite, quando acordei para ver uma visão verdadeiramente horrível. Eu estava cara a cara com uma criatura usando um capuz preto e máscara azul escura, sem nariz ou boca, olhando para mim, a pior parte, a coisa que fez meu estomago enrolar e me fazer suar frio era o fato de que ela não tinha olhos, apenas vazias órbitas negras, era como se todo o mal estivesse naquela escuridão, e ela me encarava. Eu queria gritar mas não conseguia, meu corpo estava completamente gélido, era tudo muito real pra ser um sonho. Eu não sei por que decidi fazer isso mas rapidamente peguei a câmera que estava do lado na minha cabeceira e tirei uma foto, qualquer que seja aquela coisa, se fosse real e eu sobrevivesse iria querer ter alguma prova de que isso realmente aconteceu, e que eu não estava perdendo a cabeça. Assim que soltou o flash a criatura pulou em mim e pressionou uma de suas mãos na minha cara como se tentasse me afundar, e então ele começou a arranhar meu peito, rasgando minha camiseta e depois minha pele, fazendo de tudo para chegar aos meus pulmões. Neste momento eu percebi, era real, era tudo real e era ele, ele quem pegara meu rim.

03

A partir daí comecei a lutar pela minha vida, chutei minhas pernas freneticamente até ele perder o controle e cair da cama. Levantei e corri o mais rápido que pude em direção da porta, enquanto pelo canto do olho, já no corredor, vi Edwin tentando entender o que estava acontecendo. Como eu queria ter parado e avisado ele, levado ele comigo, mas eu estava aflito, não conseguia pensar, só conseguia correr. Finalmente sai da casa e corri, corri até não poder mais, corri até meus pulmões não aguentarem, corri até minhas pernas começarem a doer, até eu acabar por cair no chão vencido pelo cansaço. Eu não sei o que houve mas acabei desmaiando ali.

Acordei no hospital, e pensei “ah, graças a deus, foi tudo um sonho, eu estava aqui o tempo todo”, como eu queria poder terminar esta história aqui, e tudo ter sido apenas um sonho, e que eu estava apenas internado no hospital, mas infelizmente, essa não é uma dessas histórias. O médico entrou no quarto. O mesmo que me tratava quando chegava bêbado e o que me tratara quando tive o corte na bochecha 

“Vejo que você acordou” ele começou. “Bom, você teve ferimentos leves, mas por precaução vamos manter-lo aqui por mais 2 dias, depois seus pais virão buscá-lo.”

“Como assim ferimentos leves?” perguntei. até onde eu sei eu estava ali o tempo inteiro, provavelmente num coma alcoólico.

“Você não se lembra? você foi encontrado inconsciente no meio da estrada a 5 km de sua casa”

Então era real, era tudo real, meu irmão ele…

“Cadê o meu irmão?” gritei, com meus olhos já se enchendo de lágrimas.

“Ele… Ele morreu Edwin. Quando acharam você, foram para a casa dele para saber o que aconteceu e o encontraram caído no corredor, ninguém sabe o que aconteceu. Mitch eu… eu sinto muito.”

Dois dias depois meus pais me buscaram e me levaram de volta para a casa de Edwin para recolher os meus pertences restantes. Ao entrar no meu quarto, eu estava com medo, mas mantive a calma. Peguei minha câmera então parei. No corredor que leva para o meu quarto, eu vi o corpo de Edwin e algo pequeno deitado ao lado dele. Quando fui até ele vi essa imagem que ficará a me assombrar para sempre, os olhos do Edwin, eles tinham sido arrancados e não havia nada além de  grandes órbitas negras, eu fiz o máximo que pude para ignorar isso e peguei a coisa pequena e fui correndo para o lado de fora e entrei no carro do meu pai, não consegui falar nada. Olhei para a coisa que eu tinha pego e quase vomitei. Eu estava segurando meu rim roubado, meio comido com os olhos do Edwin enfiados nele.

01

Fonte: Wiki Creepypasta Brasil

Reaja! Comente!
  1. Mayana Nunes

    4 de junho de 2014 em 18:43

    Krá essa história do Eyellesm Jack é um coco
    A do Jeff é muito melhor, e cadê as outras coisas da história?

  2. Jennifer Lima

    4 de maio de 2014 em 14:01

    Muito bom ^^ amei essa creepypasta^^

  3. Rocker Adler

    23 de março de 2014 em 13:34

    Olá , meu nome é Rosie, filmo coisas , tenho pesadelos horriveis com Slender Man, e decidi reagir, tenho Psicopatia e uma musica não sai de minha mente sussurro , canto ela toda hora..
    Ring Around the Rosie
    Pocket full Of posies…
    Entrarei em sua casa , se ouvir esta canção , saia correndo em um grito de horror mais não adiantará , a noite me transformo em algo horrivel , sua alma sucumbira de dor e medo, registrei isto da ultima vez que gravei :www.facebook.com/photo.php?fbid=648848975180154&set=pb.648835131848205.-2207520000.1395592305.&type=3&theater
    existem muiitas outras, tentem me divulgar antes de virar um PROXY.

  4. Giovany Teixeira

    21 de março de 2014 em 11:10

    alguem sabe que trilha sonora essa?

  5. Letícia Nunes

    15 de março de 2014 em 23:43

    maldita lenda sombria véi ‘-‘ as outras lendas eu ate que nao senti MTTT medo , mais essa ai deu um final mt tenso no fim ‘-‘

  6. Giovana Martins

    23 de fevereiro de 2014 em 18:10

    O_O

  7. Matheus Segalla

    9 de janeiro de 2014 em 08:34

    e sera real? tomara

  8. Matheus Segalla

    8 de janeiro de 2014 em 10:31

    muito loco eu imaginei q o mitch era eu

  9. Kevin Cesar

    14 de novembro de 2013 em 09:06

    nao achei assustador

  10. C&A De Pegaso

    24 de outubro de 2013 em 21:46

    viciei na trilha

    • Matheus Segalla

      9 de janeiro de 2014 em 08:36

      também

  11. C&A De Pegaso

    22 de outubro de 2013 em 14:52

    gostei, mas queria explicação doq é saporra

  12. Domyouji Dark

    21 de outubro de 2013 em 12:55

    e quando é qu vai lançar um novo mindfuck?é a única coisa que é legal no “terror”

  13. Domyouji Dark

    21 de outubro de 2013 em 12:52

    primeiro:ele é a mistura do jeff the killer e do slender segundo:na cabeça do cara=”eu estou gelado…nao tenho forças pra me mover…ja sei!vou tirar uma foto”.cara…serio…. terceiro:seria um ótimo filme né?por que,claro…uma história nada a ver,com personagens nada a ver,e ações nada a ver…ótimo filme pro discovery kids. sério minilua…sua categoria terror é uma bosta,até as imagens não dão mais medo.

  14. Laura Z

    19 de outubro de 2013 em 21:06

    Eu já tinha lido essa creepypasta antes, ela é bem famosa, porem, a que eu li era em ingles, faz muito tempo que eu to esperando pra sair uma em portugues kkkkkkk

  15. Amy

    19 de outubro de 2013 em 17:32

    nem da medo.

  16. Dark J

    19 de outubro de 2013 em 16:48

    Plagiaram os Shy Guys! Vou avisar a Nintendo de quebra de direito autoral, hueheuehueue

  17. Mr. Seven

    19 de outubro de 2013 em 15:44

    Minha terceira lenda favorita,depois do Slender e do Jeff Killer

  18. Psycho The Cat

    19 de outubro de 2013 em 13:11

    “Possessão demoníaca”.

  19. Psycho The Cat

    19 de outubro de 2013 em 12:52

    [img]https://fbcdn-sphotos-c-a.akamaihd.net/hphotos-ak-prn2/q71/1170834_315399141937847_1540087766_n.jpg[/img]

  20. Psycho The Cat

    19 de outubro de 2013 em 12:51

    “…istomago…” -Google Tradutor

  21. Psycho The Cat

    19 de outubro de 2013 em 12:47

    [img]http://i1147.photobucket.com/albums/o548/DiegoAPRD00683/Mensagens/VozGoogle.jpg[/img]

  22. Lucas Madalão de Sousa

    19 de outubro de 2013 em 09:07

    Já vi isso dai no medob e creepypasta brasil a 1000 anos

  23. Greg

    19 de outubro de 2013 em 08:19

    O medo está em nossas mentes … e não senti medo … mesmo com essa musikinha “do mal ” ea

    • Alexandre Layder

      19 de outubro de 2013 em 12:05

      ate gostei da musiquinha HEUEHU

  24. Lucas Rodrigues

    19 de outubro de 2013 em 07:05

    Não deu muito medo, mas até que é legal. A parte mais tensa é o final, os olhos do cara foram arrancados… imagina a cena, que horror rsrsrsrs Mas essa creepy não foi pior do que sonho que eu tive na madrugada de quinta pra sexta… é algo que até agora eu não consigo entender de tão… de tão repugnante que foi O_O
    Lado Negro do Pinky e Cérebro, por favor.

    • Felino

      19 de outubro de 2013 em 07:37

      foi como?

      • Lucas Rodrigues

        19 de outubro de 2013 em 09:05

        Foi mega estranho, um bicho, uma criatura, ou sei lá o que era ficava se movendo de uma forma muito estranha, ele tava em pé, mas parecia que ele vibrava, era uma criatura muito feia, parecia um lobisomem endemoniado, ele tava numa casa velha de madeira… foi assustador, ele dizia umas coisas sem sentido ao mesmo tempo que ele vibrava sem parar, acordei muito assustado e me enrolei com o cobertor dos pés a cabeça, foi tenso de verdade.

  25. The Unforgiven

    19 de outubro de 2013 em 03:44

    Cara, tem muita coisa mudada nisso ai. Cadê a parte que ele diz que tem um líquido negro escorrendo dos olhos do Jack? No final era pra ele estar segurando apenas o rim dele com uma substância negra numa mordida.

  26. Envy

    19 de outubro de 2013 em 00:06

    …essas creepypastas só fazem ficar nervoso em algumas partes, porque medo mesmo não dá não…

  27. Lua Cheia

    18 de outubro de 2013 em 23:59

    Bem legal essa creepypasta, mas sei lá não deu medo não, talvez eu esteja me acostumando com elas….

    • Domyouji Dark

      5 de novembro de 2013 em 15:05

      não,essa foi podre mesmo.

    • Mauricio Henrique

      21 de outubro de 2013 em 20:22

      Concordo depois de um tempo o medo vai amenizando .. por isso eu sempre Procuro uma creepy original

  28. Hyoga de Cisne

    18 de outubro de 2013 em 23:58

    Estranho e.e

  29. Oh yeah!

    18 de outubro de 2013 em 23:51

    ñ senti medo e ñ sentirei

    • Felino

      19 de outubro de 2013 em 07:45

      nem depois dessa?
      [img]http://tinypic.com?ref=210ejye[/img]

      • Felino

        19 de outubro de 2013 em 07:46

        Image and video hosting by TinyPic clica no segundo link

        • Baixista

          19 de outubro de 2013 em 16:49

          KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    • Terrorista

      18 de outubro de 2013 em 23:55

      Vai lá no chat então.

      • O Segurança Doidão

        19 de outubro de 2013 em 11:59

        como entra no chat em, não consigo achar onde clico para entrar

  30. Mita Rhee

    18 de outubro de 2013 em 23:36

    Tava esperando essa Creepypasta! :3 ?

  31. Terrorista

    18 de outubro de 2013 em 23:35

    Não leio creepypast, sei que todas são uma bosta mesmo. .-.

    • Domyouji Dark

      5 de novembro de 2013 em 15:06

      antigamente eram legais
      antigamente…

  32. el chupacabra

    18 de outubro de 2013 em 23:28

    Essas creepypastas necessitam mais de “coerência”

    • Adriano Saadeh

      22 de outubro de 2013 em 15:10

      pois é, as de agora tão muito fora da casa

    • Lucas Latyki

      20 de outubro de 2013 em 23:42

      Bem interessante o fato do cara n ter sido suspeito da morte do irmão e tambem o fato do corpo ficar 2 dias no mesmo lugar kkkkkkk

    • Terrorista

      18 de outubro de 2013 em 23:34

      Quem é você pra falar de coerência? .-.

      • el chupacabra

        21 de outubro de 2013 em 05:58

        Sou eu mesmo diferente de muitas pessoas

  33. The Tóchicos Dog

    18 de outubro de 2013 em 23:07

    Eu tô meio confuso. Só meio.

  34. Kunta Kinte

    18 de outubro de 2013 em 23:07

    seopicapautivessecomunicadoapolicianadadissoteriaacontecido

    • Anna Ritter

      30 de março de 2014 em 01:17

      Correção: Se o Mich tivesse avisado o Edwin,nada disso teria acontecido e.e

    • Italo Faviano

      24 de outubro de 2013 em 20:41

      nunca teria.

    • Adriano Saadeh

      22 de outubro de 2013 em 15:09

      jamais

  35. Aleister Crowley

    18 de outubro de 2013 em 23:05

    Doidera.

    • Terrorista

      18 de outubro de 2013 em 23:34

      Doidera mesmo é você estar longe de mim, delícia.

      • Slenderzinho (Governante dos bosques)

        19 de outubro de 2013 em 10:48

        afinal, vc eh menino ou menina :P?

        • pattreson junior

          20 de outubro de 2013 em 23:25

          me faço a mesma pergunta sempre que vejo os comentários do satirista

          • Italo Faviano

            24 de outubro de 2013 em 20:42

            Bão é só vocês, deve ser bi.

58 Comentários
Topo