O lado negro de Alice no País das Maravilhas

05

O que você lerá a seguir é uma creepypasta, ou seja, uma lenda urbana moderna difundida pela internet, por fóruns, e-mails e redes sociais. Normalmente podem ser fictícias, sem provas ou fontes confiáveis, ficando assim apenas como um conto de terror, mas… e se forem reais?

Para ampliarmos a sensação de suspense inserimos uma trilha para ser tocada acompanhado a leitura. (Não sejam covardes)




Alice

A verdade por trás de Alice no País das Maravilhas

A história de Alice é, na realidade, triste. Lembrem-se que os grandes contos de fadas são de outra época, a realidade era diferente e os valores extremamente conservadores. Então, ter uma filha esquizofrênica era considerado uma aberração, um crime. Os pais de Alice decidiram deixa-la em um sanatório, e ela permanecia, na maior parte do tempo, dopada. Quando não estava sob efeito de remédios, era violentada pelos funcionários. A menina tinha apenas 11 anos.

06Cada um dos personagens e objetos da história, tem a ver com um desejo ou experiência de Alice.

O buraco pelo qual ela entra no País das Maravilhas, é, na verdade, uma janela de seu quarto, onde ficou presa durante toda a vida, pela qual ela desejava sair e conhecer o mundo à sua volta.

O coelho branco, para ela, representava o tempo. Aquele tempo que ela desejava que passasse logo, para que um dia ela pudesse sair daquele lugar. O tempo que ela via passar tão rápido, porém tão lento…

O Chapeleiro Maluco, era outro interno, seu melhor amigo. Alguém que deixava sua vida no hospital menos amargurada, com quem criava várias teorias de como seria a vida lá fora. O rapaz, em realidade, sofria de Síndrome Bipolar, por isso a personalidade do Chapeleiro na história, o mostrava ora alegre, ora depressivo, ora calmo, ora irritado.

A Lebre, companheira do Chapeleiro, era a menina que dividia o quarto com ele. Ela sofria de depressão profunda, e todas as vezes que Alice teve contato com ela, encontrou-a num estado de terror e paranoia.

O gato de Cheshire: um dos enfermeiros, em quem Alice confiou, mas acabou por enganá-la e violenta-la. O sorriso do gato, aquele que é tão marcado, era na verdade o sorriso obscuro que seu agressor abria, cada vez que lhe abusava, e a deixava jogada em um canto de sua acomodação, derrotada, triste e ofuscada.

A Rainha de Copas: a diretora do sanatório. Uma mulher má e desprezível, que não sentia sequer um pingo de compaixão para com os enfermos que estavam sob seus cuidados. Era a favor da terapia de choque e da lobotomia, e por diversas vezes ordenava que os funcionários espancassem, sedassem e prendessem em jaulas os enfermos que apresentavam comportamento que não lhe agradavam.

A Rainha Branca: sua mãe, uma mulher nobre e terna, que sofreu na pele o preconceito de ter uma filha doente, tendo que abandonar a menina em um sanatório, e nunca mais voltar a vê-la. As vagas lembranças que Alice possuía, era de momentos com sua mãe, e o motivo dela pensar que o mundo fora dos muros do hospital era um lugar melhor, era saber que a mãe estava lá, em algum lugar, para lhe cuidar.

Os Naipes: enfermeiros do hospital, apenas seguindo ordens o dia inteiro.

A Lagarta Azul: sua terapeuta, aquela que lhe dava as respostas, que lhe explicava o que acontecia e com quem ela conversava.

Tweedledum e Tweedledee: gêmeos siameses órfãos, que também estavam no hospital. Embora não possuíssem nenhum problema mental que justificasse sua internação, a aparência que tinham era assustadora, por isso foram reclusos.

O Rei de Copas: o médico psiquiatra do hospital. Alguém com complexo de inferioridade, que era incapaz de se opor às ordens da diretora.

Os frascos “Coma-me” e “Beba-me”: as drogas que lhe davam. Por serem extremamente fortes, por várias vezes Alice tinha sensações diferentes e alucinações, bem como se tivesse encolhido ou aumentado de tamanho.

Tudo isso foi criado pela menina como se fosse um mundo paralelo. Uma realidade menos dolorosa daquela em que vivia. Ela já não podia suportar aquele local e tudo o que acontecia com ela ali dentro, então resolveu usar de sua imaginação infantil para amenizar a dor e o sofrimento. A irmã mais velha de Alice, é na verdade uma enfermeira do hospital, a quem a pequena era muito apegada. A enfermeira tinha um diário e nele anotava todas as histórias que Alice criava em sua mente. Todos os dias a enfermeira ia até o quarto da menina e ouvia seus desabafos e as aventuras que criava em sua mente. Sem deixar de anotar uma palavra sequer.

Infelizmente, Alice executa uma tentativa de fuga. Ela não obtém sucesso, e acaba detida pelos funcionários. A diretora furiosa, manda que espanquem a garota e apliquem a terapia de eletrochoque, para que nunca mais volte a se repetir. Após o castigo, Alice torna-se agressiva e violenta, ao ponto da diretora decidir que a única saída para ela, seria a lobotomia.

Alice viveu por muito tempo em um estado de “coma”. Ela nunca mais viveu, sorriu, tampouco falou. Devido a isso, teve seu corpo devastadoramente abusado, tanto, que acabou por ter hemorragia interna devido à violência empregada em um ato de estupro, e veio a falecer.

A enfermeira que escrevia suas histórias em um diário acabou por se afastar do sanatório, e Alice foi imortalizada como a menina sonhadora que viveu aventuras incríveis no País das Maravilhas.

03

Sugira uma creepypasta que você gostaria de ver no Minilua! Se quiser me adicionar no Face: http://www.facebook.com/adrianosaadehminilua

Reaja! Comente!
  1. Davi Loureiro

    5 de maio de 2016 em 19:28

    Com o tratamento de medicamentos muito forte para sua idade! (…) A mente dela ficou incapaz de utilizar os sentidos que com ela nascerá.
    Na mente humana:
    E o mesmo que dormir de olhos bem fechados no escuro e na mente fica tudo bem claro e brilhante;
    E o mesmo que gritar e ninguém o escuta;
    E o mesmo que corre e não saísse do mesmo lugar.
    Na teoria! E somente quando os sentidos dela ficassem totalmente sobre efeito do medicamento (…) e quando ela tivesse as primeiras manipulações de suas ilusões.
    Na verdade! Na teoria ela esta morrendo, se entregando a morte!
    Fato interessando pós no filme ela tenta voltar!

  2. Amanda Mafayzer

    24 de agosto de 2015 em 00:56

    UM DOS MELHORES GOSTEI MUITO SENTIDO

  3. Lara Fabian

    4 de julho de 2015 em 12:16

    Minhas histórias eu tbm coloco velho …

  4. Cássia Helen

    7 de abril de 2015 em 20:07

    Que música macabra
    Ou sou eu que sou muito medrosa….?

  5. Mateus Azevedo

    6 de novembro de 2014 em 04:25

    olha eu sempre gostei de alice no pais das maravilhas, e digo pra vc. o autor acho que nunca esteve perto de um manicômio. esse pareceu mais um resumo da historia do jogo de terror da alice do que algo sequer proximo da historia. quem gosta de literartura classica sabe que o autor baseou a personagem em uma menina de mesmo nome que era filha de uma familia (os liddel). ate achei legal a criatividade. mas porra negada viaja legal nas teoria de conspiração!!!

  6. Raul Lopes

    7 de abril de 2014 em 09:50

    https://encrypted-tbn0.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcR7yLJo8qjvH5b6NBoYVdOqpBlgh9jPcaFAd2A_qKDqX7zX1Zub
    [img]https://encrypted-tbn0.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcR7yLJo8qjvH5b6NBoYVdOqpBlgh9jPcaFAd2A_qKDqX7zX1Zub[/img]

  7. Glenda Moreira

    23 de março de 2014 em 16:12

    gente a primeira musica que toca do rpg de ib . tipo quando comecou a tocar eu gritei IB !!!!!!!!!!!!!!! kkkkkkkkkkkkkkkk

  8. Eduardo Tordek

    10 de novembro de 2013 em 17:33

    Bom de mais, parece um conto de meu livro Canções da Noite

  9. Michael Eldel

    4 de novembro de 2013 em 04:54

    Posso ate concordar com as drogas mais discordo completamente que ela foi parar em um sanatório
    tenho provas contra isso. Leia Sobre Alice Pleasance Liddell e Lewis Carroll !
    http://pt.wikipedia.org/wiki/Alice_Pleasance_Liddell & http://pt.wikipedia.org/wiki/Lewis_Carroll

  10. Adriano Garfield

    30 de junho de 2013 em 21:01

    todos nos que sofremos com pessoas que nao nos entendem, temos um alice dentro da gente .

    • Dragon of the Darkness Flame

      29 de setembro de 2013 em 14:28

      Curti

  11. Helen

    22 de junho de 2013 em 19:05

    Legal…

  12. Bruno Rodrigues

    28 de maio de 2013 em 19:53

    me lembrou bastante o jogo Alice:Madness Returns.

  13. Ticiana Vitoria

    22 de maio de 2013 em 23:31

    mas cade o rato ? sabe o chapeleiro tinha dois companheiros a lebre e o rato . cade ele quem era o rato ?

  14. Maely Sampaio

    18 de maio de 2013 em 19:06

    eu tó chocada com essa historia

  15. Lucas Oliveira

    11 de maio de 2013 em 16:32

    Eu fiz uma locução com esse texto dêem uma olhada la galera da minilua https://soundcloud.com/lucas-vncius/o-lado-negro-de-alice-no-pa-s

  16. Hiago Vbs

    8 de maio de 2013 em 14:45

    isso me fez lembrar de “sucker punch”

  17. The Dalek

    8 de maio de 2013 em 09:14

    O som de Ib. uuuu

  18. jhajá

    6 de maio de 2013 em 20:00

    muito bem bolada, mas cabe um parênteses importante na sua creepy:
    ao contrario dos perturbadores contos de grimm e andersen, os contos de carol (autor de alice no pais das maravilhas e alice no espelho), histórias fantásticas já eram escritas em papel, não contadas em círculos de trabalhadores de minas onde o acesso de mulheres era quase impossível, local em que criaram contos eróticos e bizarros para passar o tempo, transmitidos a prostitutas que passavam em caravanas itinerantes e por fim chegando as cidades, onde após ouvidos por mães desesperadas para fazer seus filhos dormirem, adocicaram tais histórias.
    desculpe destruir sua idéia de destruir nossa infância, mas, leigos merecem respostas

  19. Yasmin Sanches

    6 de maio de 2013 em 18:44

    e as pessoas ainda acham que essas creepy são verdadeiras XD

  20. Orochimaru - Dono

    6 de maio de 2013 em 11:36

    Cara, que história triste.
    Nunca pensei que a incrível história da Alice teria esta realidade. =(

  21. Gabriely Serrão Freire

    5 de maio de 2013 em 13:48

    Tipo, ela viva num sanatório? ‘-‘ Todas as histórias da Disney tem algo macabro a ver com hospícios, a verdadeira história de Phineas e Ferb é um exemplo, a Candance também era louca ‘-‘

  22. Gabii Amaral

    5 de maio de 2013 em 01:13

    Seria legal se vocês aqui do Minilua postassem mais ‘contos de fadas’ como esse! 😉

  23. Paulo

    4 de maio de 2013 em 17:13

    Eu me aprofundei um pouco sobre essas histórias de contos de fada, falam que as antigas eram bem diferentes, sem finais e com muita violência…

  24. Lucas Rodrigues

    4 de maio de 2013 em 16:06

    Gato pedófilo
    [img]http://luadesangue.com/wp-content/uploads/2013/05/03_thumb3.jpg[/img]

  25. Bárbara Alencar

    4 de maio de 2013 em 16:04

    Pô Minua… Vi essa semana passada no Medo B.

  26. Lucas4027

    4 de maio de 2013 em 15:43

    Na Mundo Estranho revela que na verdade o livro e a historia são criticas politicas contra a Inglaterra,ex: O coelho representa os politicos que sempre são atrasados.

  27. Lucas Rodrigues

    4 de maio de 2013 em 14:57

    A próxima creppy tem que ser desse desenho
    [img]http://lh3.ggpht.com/-hJLnMD6Jx9E/UAmoBm_7CBI/AAAAAAAAJNw/_qq7cvsAFNI/30-belas-imagens-do-desenho-hora-de-aventura%252520%25252818%252529%25255B4%25255D.jpg?imgmax=800[/img]

    • Luíza de Ávila

      6 de novembro de 2013 em 23:14

      eu acho que esse desenho é legal, aliás de ter vários episódios meio esquisitos, eu gosto, um desenho que eu gostaria que fizessem fosse de apenas um show, ou na forma em inglês, Regular Show, pq la eu vi que tem VÉRIOS episódios que eu não consegui entender mto bem e sei que tem uma história obscura por trás dele…

      • Bruno Augusto

        8 de novembro de 2013 em 14:14

        Se você não entendeu nada desse desenho, então parabéns, você TEM um cérebro.

        Na boa… Esse é o desenho mais sem noção do Cartoon Network. Mais até do que Mad TV e o Mundo de Gumball (aliás, nesse eu ri muito daquele coelho).

        E sim! Eu assisto desenhos mesmo!

    • Bruno Augusto

      10 de maio de 2013 em 15:41

      Esse é fácil, é só enfiar no bumbum.

    • Luisa Jales Schmitz

      6 de maio de 2013 em 17:23

      Eu acho q toda essa aventura n passa de uma “fantasia” tbm,na própria musica diz “O mundo de JAKE e seu amigo Finn”,sera q o mundo foi criado pelo cão,ou melhor pelo garoto???Eu só acho,é so um palpite bobo XD

      • The Death

        6 de maio de 2013 em 20:26

        o cão comeu fezes envenenadas e por isso vive imaginando coisas ou o moleque fumou um bagulho

    • aninha

      4 de maio de 2013 em 20:54

      Uhuuuu ” O lado negro de hora de aventura” … Ameii sua idéiaa ^^

      • Hideki Hinata

        6 de maio de 2013 em 20:59

        Se você olhar bem, vai ver que em vários capítulos, aparecem cidades submergidas e destruídas, carros pegando fogo, etc.
        Isso pode ser bem visto nos episódios que eles entram nas memórias da vampira (esqueci o nome dela). E nos episódios da Susana Forte. E também na introdução do desenho!
        Sim, logo na abertura, da para se ver toda a terra completamente destruída, e se olhar mais atentamente, verá bombas e vestígios de guerras! Já foi mostrado ser a Grande Guerra dos cogumelos, talvez alusão a forma da explosão atômica, um cogumelo de fumaça.
        É um mundo pós-apocalíptico onde experiências, aquecimento global e a evolução, levou a sociedade humana a um colapso. No fim, as experiencias, ou os próprios humanos, é que se deformaram a ponto de terem vários braços, ou serem feitos de doce, etc. Jake é de uma raça de cães que sofreram de experiências genéticas para falarem e agirem, e ele, especificamente, nadou numa poça de lama mágica, que na verdade poderia ser resíduo tóxico de alguma experiência, que lhe deu a habilidade de se esticar (feel like a Reeds). Finn é apenas o último ser humano normal que conseguiu sobreviver a tudo isso, sem sofrer mutações. Isso explica também o desaparecimento de sua família: Elas devem ter morrido ou se transformados em monstros (salvo seus pais, que aparecem nos primeiros episódios da 5ª temporada).

        Ta aí o lado negro de “Hora de Aventura!”. Feliz! Você transformou a visão que tinha desse desenho em algo sombrio e assustador! Obrigado!
        Não, sério, gosto mais assim! |Protagonismo enche o saco!

        • Luíza de Ávila

          6 de novembro de 2013 em 23:16

          o nome da vampira é Marceline, e isso é até verdade, só não consegui entender pq nos da Susana Forte eles eram peixes e o finn foi eganado, pq será ‘peixes’…

          • Hideki Hinata

            7 de novembro de 2013 em 14:28

            Porquê, já foi dito pelos produtores do desenho que o mundo de Ooo vêm de um planeta terra onde existem seres sobrenaturais (como vampiros) e aconteceu uma guerra nuclear/química.
            Bonitopia (cidades da Susana Forte) fica em cavernas inundadas.
            Um monte de humanos + radiação e processo químicos + 3000 anos + Muita água = Homens Peixes

      • Lucas Rodrigues

        4 de maio de 2013 em 21:10

        XD

    • Hideki Hinata

      4 de maio de 2013 em 16:43

      Esse é, de longe, um dos desenhos infantis com mais maconha utilizada em sua produção…

      • Lucas Rodrigues

        4 de maio de 2013 em 16:53

        Eu acho esse desenho muito sem-noção, a maneira como os personagens agem é muito estranha, tem algo muito obscuro por trás de todo esse colorido.

  28. Willy Nery

    4 de maio de 2013 em 14:32

    Todos os contos da Disney são distorções d outras histórias

  29. Truta Limão

    4 de maio de 2013 em 13:44

    Esses ”lados negros” acabam com minha infância…

    • Gabriely Serrão Freire

      5 de maio de 2013 em 13:50

      São apenas invenções de pessoas que querem fazer sucesso a base disso…

    • Lucas Rodrigues

      4 de maio de 2013 em 13:59

      São só histórias, não se sabe se é verdade, mas é divertido de ler (pra mim é rsrsr) 😉

      • Truta Limão

        4 de maio de 2013 em 19:37

        tá certo! 🙂

  30. Edwin Lucas Tavares

    4 de maio de 2013 em 13:38

    VOCÊS SÃO TODOS IDIOTAS pois quem escreveu “Alice no pais das maravilhas” foi Lewis Carroll, um professor de matemática do Christ College, em Oxford, e não uma ENFERMEIRA DE MERDA que nunca existiu, PQP babas que acreditam em tudo na internet é assim mesmo! ESTUDEM!

    • Beyond Birthday

      6 de maio de 2013 em 16:55

      Ahn… teoricamente falando, não se sabe direito se a história veio MESMO da mente lisérgica do Carroll. Ele pode ter ouvido em outro lugar. E, no folclore inglês, existe a história de Alice, uma garotinha que saiu para brincar e morreu. Então, ela se tornou um fantasma que sai às noites e pede para que as crianças sejam suas melhores amigas para sempre. Se elas aceitam, ela as mata para que possam “brincar para sempre”. Sempre achei que a história de Alice in Wonderland era uma releitura mais “leve” do conto original do folclore.

  31. Dark J

    4 de maio de 2013 em 12:32

    Sério que isso era uma creepy pasta? Parecia mais um caso de policia.

  32. Rafael (Baphomet)

    4 de maio de 2013 em 12:29

    Ai ai…..esperava mais dessa Creepypasta…

  33. Li Syaoran

    4 de maio de 2013 em 12:26

    Eu sempre imaginei que Alice era uma viciada em LSD. Principalmente por causa daquele gato maldito assustador.

  34. Wagner

    4 de maio de 2013 em 12:03

    Logo hoje que eu queria ver o vídeo da creepy, não tem nenhum =/

    • Lucas Rodrigues

      4 de maio de 2013 em 13:07

      Voltaram com o formato antigo.

  35. Alexsandra Tifane

    4 de maio de 2013 em 11:21

    BEM INTERESSANTE ESSA HISTÓRIA

  36. Querubim Lacabel

    4 de maio de 2013 em 11:16

    Visão do conto bem interessante

  37. Eu Mesmo

    4 de maio de 2013 em 11:15

    história legal, seria uma pena se não tivesse a ver com o livro

  38. Isabella de Oliveira Lopes

    4 de maio de 2013 em 10:31

    valeu por terem feito o creppypasta que é o mais legal do minilua quem concorda dá uma curtida

  39. Weslley Hordman

    4 de maio de 2013 em 10:12

    Bem interessante. Mas tá loooonge de ser a verdadeira história.

  40. Amanda Flor Nardi

    4 de maio de 2013 em 10:11

    Não sou fã de creepy pasta… mas gostei dessa…

  41. Dilan Boeriz

    4 de maio de 2013 em 09:54

    na verdade alice no pais das maravilhas e uma ideia de alester crowler em que um dos seus seguidores passou mensagens ocultas no filme e no desenho(tipico de crowley) sobre aiwass e td mais(megamente tbm e um)

  42. Leonam

    4 de maio de 2013 em 07:50

    Pelo jeito existem varias versões sobre “Alice no pais das maravilhas”

    Já li duas diferentes e agora mais uma,por curiosidade resolvi pesquisar no Google e achei uma quarta estória, porem a que achei mais convincente foi a que li na revista veja a um tempo atrás:
    Resumo: o escritor da estória era praticamente um pedofilo apaixonado por uma garotinha, Alice, daí ele escreveu a estória para ela, não se sabe ate onde foi o envolvimento dele com a garotinha, mas a matéria da revista veja diz que a mãe da criança teve de fugir para os EUA para fugir das garras do escritor, daí adiante não se tem mais registros do que teria acontecido a Alice, que fim levou, para onde foi…

    Mas, como disse, já vi ate o momento 4 versões, vá La saber qual é a verdadeira.

    • Hideki Hinata

      4 de maio de 2013 em 16:46

      A história de verdade:
      Na época, era comum pais prometerem filhas a outros homens logo cedo.
      Com Alice não foi diferente, e já que ela ainda era muito nova para se casar, o escritor decidiu criar uma história sobre e para sua futura esposa. Depois ela cresceu e eles se casaram, até o escritor morrer…
      Fim.

  43. Lucas Rodrigues

    4 de maio de 2013 em 06:40

    Que bom que o Lado Negro voltou, adoro essa série, espero que postem mais XD
    Gostei desse creppy, uma versão mais realista da história, mas a história original é completamente diferente, não tem nada de sanatório, Alice vivia uma vida normal 😉
    Minha sugestão para o próximo post: O Lado Negro de “Hora de Aventura” u.u

  44. Finn

    4 de maio de 2013 em 01:09

    Dorgas, Alice… .-.’

  45. Alex

    4 de maio de 2013 em 00:57

    ha varias Alices que estão nessa mesma mesma situação no mundo.

    • Lucas Rodrigues

      4 de maio de 2013 em 07:26

      Pois é, triste isso 🙁

  46. Tr00ta Fulero

    4 de maio de 2013 em 00:31

    ”Se você possui problemas cardíacos, a leitura deste conteúdo pode não ser recomendada.
    Neste caso clique aqui para ler outro artigo”

    amanhã vô ve se faço um checape do meu corassaum pra vê se eu tenho condições de ler essa matéria com o conteudo panque, não to afim de infartar hoje não hi hi hi

  47. Nini

    4 de maio de 2013 em 00:27

    Apesar de interessante, Alice era só a menina pra quem Lewis Carroll escreveu uma historia, seu nome era Alice Liddell, não era esquizofrênica e teve uma vida normal longe da vida do sanatório.

    • The Vampire Queen

      25 de julho de 2013 em 11:16

      Lewis Carroll escreveu essa estória pra ela porque ele era apaixonado por ela(sim ele era pedófilo),Alice Liddell era filha de um amigo de Lewis por isso manter contato com ela não era difícil,agora só pra deixar claro por povo com a cabeça poluida,Lewis nunca encostou um dedo em Alice tudo o que ele fazia era conversar com ela.

  48. Lyvia Meskytah

    4 de maio de 2013 em 00:01

    Essa história é bastante similar ao do filme Sucker Punch,quem assistiu deve ter tido a mesma impressão do que eu

    • Lucas Rodrigues

      4 de maio de 2013 em 06:34

      É muito parecida mesmo, já assisti esse filme.

  49. Sesshoumaru

    3 de maio de 2013 em 23:49

    A história de Alice data do ano de 1865. A técnica da lobotomia só foi desenvolvida 70 anos depois, em 1935. Então não. Mesmo sendo creepypasta tenha certeza de fazer uma pesquisa bem fundamentada antes de criá-las.

    • Lyvia Meskytah

      4 de maio de 2013 em 00:04

      Acho quem fez essa creepy pegou como base a história de babydoll do filme Sucker Punch

  50. Tr00ta Fulero

    3 de maio de 2013 em 23:45

    to com medo de vê pulei pros comentários né hi hi hi

  51. Altair Ibn-La'Ahad

    3 de maio de 2013 em 23:31

    # Aviso Importante do Dia #
    Não coloquem a banda do Torrent para Atlanta, tá tendo apocalipse zumbi por lá portanto está sem conexão.
    ._.

    • Xion

      3 de maio de 2013 em 23:33

      Leon está lá?

      • Altair Ibn-La'Ahad

        3 de maio de 2013 em 23:35

        ele ainda não foi mandado pq Barack Obama n tem filha, está preocupado demais tentando cuidar dos Koreanos (n do Psy) e pq o fodão do Rick tá cuidando de tudo XD

  52. Xion

    3 de maio de 2013 em 23:12

    Legal,queria ver a história original da Bela Adormecida.

    • Luis Filipe

      6 de maio de 2013 em 00:43

      Se esse ja teve estupro imagina da Bela Adormecida…

      • Hideki Hinata

        6 de maio de 2013 em 21:03

        Esse é o da bela adormecida…
        ¬¬

    • Bardock

      3 de maio de 2013 em 23:15

      O principe estupra ela, para acorda-la. (Essa é uma das mudanças.)

      • Xion

        3 de maio de 2013 em 23:19

        De acordo com minhas fontes,o príncipe achou ela dormindo,a estuprou,ela teve filhos gêmeos,e quando um dos filhos tentou chupar os dedos da mãe (ela estava dormindo então não podia amamentar os filhos) ele tirou um espinho e ela acordou.

        • Bardock

          3 de maio de 2013 em 23:24

          Se ela tava dormindo ainda, quando deu a luz, como ela deu a luz!?

          • Xion

            3 de maio de 2013 em 23:26

            Diz aqui que ela deu a luz dormindo.

            • Bardock

              3 de maio de 2013 em 23:29

              Acho que isso nem é possivel, o que aconteceu com as dores agudas do parto?

              • Xion

                3 de maio de 2013 em 23:35

                E aqui diz que ela não foi vítima de uma maldição,e sim de uma profecia,que aos 15 anos ela prenderia um espinho na unha do dedo e adormeceria.

                • Flay Valentine

                  5 de maio de 2013 em 00:00

                  Foi tudo profetizado ? mas por que ninguem proucurou esse espinho na unha dela então ? D:

                  • Hideki Hinata

                    6 de maio de 2013 em 21:02

                    Na profecia, apenas um príncipe poderia retira-lo.
                    Na época, casamento só depois de casados. Como o príncipe ia salvar ela trepou com ela, então ele deveria se tornar rei. E os filhos deles eram seus sucessores, em outras palavras, os novos príncipes.

              • Xion

                3 de maio de 2013 em 23:32

                Aqui não diz nada sobre as dores do parto,só diz que os filhos nasceram com la dormindo.

                • Bardock

                  3 de maio de 2013 em 23:34

                  Quem cortou o cordão umbilical deles?

                  • Xion

                    3 de maio de 2013 em 23:38

                    Não fala nada sobre o parto,mas fala que a mãe tentou matar a Bela e seus filhos mas o Rei a impediu e assassinou.

        • Altair Ibn-La'Ahad

          3 de maio de 2013 em 23:21

          Imagina o chulezinho q deveria estar depois de anos de sono.. Credo ._.

          • Xion

            3 de maio de 2013 em 23:22

            Já teria nascido cogumelos nos pés dela.

      • Altair Ibn-La'Ahad

        3 de maio de 2013 em 23:19

        Ela levou uma bala na barriga, entrou em coma e quando retornou descobriu que estava no hospital durante o apocalipse zumbi.. Oh wait oO

        • Mariana Cristina Santos

          9 de maio de 2013 em 19:45

          Curti rs

  53. Fernanda Baptista

    3 de maio de 2013 em 23:11

    Essa história é interessante, mas é só uma creepypasta. Lewis Carroll escreveu Alice no País das Maravilhas para uma criança chamada Alice, mas ela não tinha nenhum problema mental e não viveu em um hospício.
    P.S.: Antes que digam que é óbvio demais que isso é ficção, já vi algumas pessoas que acreditaram nisso no Facebook :v

    • Victor Hugo

      28 de fevereiro de 2014 em 17:08

      alice no pais das maravilhas é uma historia q conta uma liçao de moral: todos os mundos mundo real tem defeitos sendo mundos reais e imaginarios mas mesmo assim se aquela creepypasta for real é uma coisa terrivel

    • Ellen Mary

      4 de maio de 2013 em 05:29

      Na história real, Lewis era praticamente apaixonado por uma garotinha que também se chamava Alice. Gostava de fotografá-la nua ou de beijá-la, como se fossem feitos um para o outro. E foi nisso que se inspiraram pra escrever o Creppypasta (Talvez se referindo aos abusos de adultos que ela recebia), além de que a única resposta pra dar um toque de realidade na história de Alice, era a esquizofrenia.

      • Fernanda Baptista

        5 de maio de 2013 em 05:02

        Faz sentido…

  54. Shun

    3 de maio de 2013 em 23:08

    O racismo começa quando o lado ruim da história é chamado de “negro”… brinks

    • Altair Ibn-La'Ahad

      3 de maio de 2013 em 23:17

      Já criaram uma lei para isso.. Não se pode chamar os personagens de pretos nas histórias e nem de velhos ._.

      • Shun

        3 de maio de 2013 em 23:30

        LOL, quanta hipocrisia isso kkk

        • Altair Ibn-La'Ahad

          3 de maio de 2013 em 23:33

          eu to lascado pq nas minha narrativas eu sempre caracterizo o personagem velho pelo adjetivo velho kkk mas n por desrespeito e sim pq eu acho q se eu escrevesse o idoso fez isso o idoso fez aquilo ficaria estranho ._.

          • Shun

            3 de maio de 2013 em 23:38

            Vdd, pior ainda seria chamar de “senhor da terceira idade” haha

            • Paulo

              4 de maio de 2013 em 16:53

              Aí já é história de comédia…

  55. Bardock

    3 de maio de 2013 em 23:00

    O jogo “Alice: Madness Returns” mostra um pouco disso.

    • Luis Filipe

      6 de maio de 2013 em 00:41

      Mostra uma parte, mas essa história é um pouco mais chocante !! Mais ainda prefiro a do Madness Returns !!

    • Altair Ibn-La'Ahad

      3 de maio de 2013 em 23:36

      Jogarei depois de zerar Obscure 2 mais uma vez

    • Ana Caroline

      3 de maio de 2013 em 23:04

      Sim , muito legal esse jogo ^^

      • Bardock

        3 de maio de 2013 em 23:10

        Também acho. Fazia um tempo que não te via por aqui, é bom ver que você não ‘sumiu’ também. ^^

      • Iori Yagami

        3 de maio de 2013 em 23:07

        ja jogei o alice is dead que sao 3 jogos

  56. Molangu Chan

    3 de maio de 2013 em 22:58

    Que triste =( ainda mais quem leu com a musica ( eu k7), sebem que agr td mundo acha que alguem foi violentedo/extuprado/coma por causa de um conto infantil (alice no pais das maravilhas, pokemon, adventure time, etc)

    • Luíza de Ávila

      6 de novembro de 2013 em 23:21

      eu li com a música, só que a musica era muito curta, aí uma hora injuo de tanto passar, e eu não tive mais medo

    • Altair Ibn-La'Ahad

      3 de maio de 2013 em 23:04

      teu português por exemplo, foi violentado, estuprado e ficou em coma ._.

      • Xion

        3 de maio de 2013 em 23:10

        E foi baleado,atropelado,torturado,assassinado.

        • Molangu Chan

          4 de maio de 2013 em 14:34

          eu só errei o mas ¬¬

          • The Death

            6 de maio de 2013 em 20:32

            sim senhor ´´extrupado“ somente o mas

  57. Altair Ibn-La'Ahad

    3 de maio de 2013 em 22:43

    ),: eu chorei lendo..
    putz seres humanos malditos, não basta a garotinha ser deficiente mental ainda tem q abusar dela?
    Se eu encontrasse um cara desses caía de hadugen, horyugen, hatataryugen e terminava com um fatality ._.
    Na vdd não faria nada disso pq é errado e a vida me ensinou a perdoar até msm essas bostas q se auto denominam humanos..

    • João Oliveira

      4 de maio de 2013 em 21:03

      voce pode até estar certo mas na minha opinião esse tipo de pessoa não merece perdão e se vc me permite dizer acho que muitas pessoas ficariam gratas se eu simplesmente desse uma machadada na garganta de um cara desses

    • Paulo

      4 de maio de 2013 em 16:32

      Essas pessoas são bem doentes, mesmo se recebessem um fatálity não sei se iriam aprender, a coisa seria de eles se internarem e ficarem presos como bandidos perigosos…

    • André Costa da Silva

      4 de maio de 2013 em 13:18

      Posso te empresar meu Death Note, é mais pratico.

    • LorranAuditore

      4 de maio de 2013 em 00:29

      Só mais usar uma hidden blade em todos.Style Ezio Auditore é o quê há UAHSUASHAUS’

    • Black King Mello

      3 de maio de 2013 em 23:05

      Isso não é real .-.

      • Altair Ibn-La'Ahad

        3 de maio de 2013 em 23:14

        Vc não sabe. Essa história tbem já apareceu no ME ._.

  58. Derpino

    3 de maio de 2013 em 22:42

    A verdade é que a Alice fumou uma maconha e foi parar no país das maravilhas -.-

    • Cibeli Silva

      5 de maio de 2013 em 11:22

      Boa sempre achei isso hahaha

    • Capitão Jack Sparrow

      4 de maio de 2013 em 15:51

      Minilua… Mais uma vez estragando o resto da minha criança interior( eu amo o livro da Alice)

      • Adriano Saadeh

        5 de maio de 2013 em 09:45

        Pobre capitão…

    • Raito Yagami

      3 de maio de 2013 em 22:55

      Agora sim tá explicado a historia.

  59. Killer The Tóchicos Dog

    3 de maio de 2013 em 22:40

    alguem viu olhos abrindo e fechando nas laterais do site?O_O

    • Gabriel Teixeira

      2 de julho de 2013 em 22:59

      cara eu vejo isso toda vez que vejo uma coisa de terror,e agora vou falar uma cois a q n tem nada haver com isso…ta tão frio aqui q minha congelou…literalmente meus dedos tão travados ‘-‘

    • Adriano Saadeh

      5 de maio de 2013 em 09:48

      Nem tem olhos nada…
      kkkkk

    • Paulo

      4 de maio de 2013 em 16:48

      Que coisa louca, temos bastante coisas em comum, estou eu aqui agora nesse momento na Biblioteca escura e escritório da minha com algumas luzes da rua entrando, é aonde fica o meu PC, quando comecei a ler a matéria com essa música e efeitos de tela preta, estou eu aqui agora nesse momento lendo os comentários e respondendo sem ao menos tirar essa música, fica bem chocante e divertido, me dá medo e mistério de histórias antigas como essa lenda urbana, o Minilua caprichou pra caramba nessa matéria, estou dentro de um filme mesmo, você falou dos olhos, vi eles como se estivessem me observando, nas imagens de Alice como se ela estivesse me olhando, como você falou dos olhos nas laterais tentei procurar e vi outras matérias chocantes como o do Pikachu que já tinha lido e o do Extraterrestre olhando bem fixo, gostei muito dessa matéria me dá bastante arrepio e ainda nessa biblioteca escura aonde tem um sofá com uma porta parece que tem alguém me olhando, tomará que tenham gostado também de toda essa história…

    • Capitão Jack Sparrow

      4 de maio de 2013 em 15:53

      Até hoje você não viu? Desde do primeiro conto e creepypasta que leio no Minilua percebo os olhos….

    • Lucas Rodrigues

      4 de maio de 2013 em 06:33

      Eu vi, mas foi tão rápido 😛

    • Iori Yagami

      3 de maio de 2013 em 23:05

      nem tinha visto agora q fui ve

    • Altair Ibn-La'Ahad

      3 de maio de 2013 em 22:44

      eu vi, ralado isso daí oh kkkkk tava lendo de boa qndo rolei a barra ozóio surge do nada pra me dar um susto

    • Geovanna Xavier Biscaia

      3 de maio de 2013 em 22:44

      achava qque só eu vi isso,na hora que eu vou olhar o negócio some

  60. jeff zika Mc

    3 de maio de 2013 em 22:39

    Alice foi estrupada pelo coelhinho e depois morta.

    • The Death

      6 de maio de 2013 em 20:28

      aposto que durante o estrupo esses coelhos nao sabem quando parar

  61. Dark Vampire

    3 de maio de 2013 em 22:36

    Voltou, mas não tão amedrontante assim.

  62. Altair Ibn-La'Ahad

    3 de maio de 2013 em 22:33

    quase tudo._.
    Como dizem os teóricos da conspiração que acreditam nos pirulitos masculinos embutidos nos desenhos da Disney:
    “ISSO É DO DEMÔNIO! TA VENDO AQUELE COELHO Q TEM UM RELÓGIO?? REPRESENTAÇÃO FÍSICA DO SATÃÃÃ!!

    • Altair Ibn-La'Ahad

      3 de maio de 2013 em 22:33

      (brincadeirinha teóricos da conspiração, não explodam minha casa fazendo fvr)

142 Comentários
Topo