Lua de Sangue

Histórias horripilantes de pessoas que foram enterradas vivas #2

Acredite ou não, há ainda mais horripilantes contos de enterros prematuros que são tão aterrorizantes quanto contos de Edgar Allan Poe.

Se ser enterrado vivo não era o seu maior medo antes, pode ser agora.

 

 Sra Boger

 

 

Em julho de 1893, um fazendeiro chamado Charles Boger e sua esposa estavam vivendo em Whitehaven, Pensilvânia quando a Sra Boger de repente morreu de causas desconhecidas. Os médicos confirmaram sua morte, e ela foi prontamente enterrada. Isso deveria ter sido o fim da história, mas algum tempo depois de sua morte, um amigo disse a Charles que sua esposa sofria de histeria antes de Charles conhecer ela, e que era possível que ela não tinha realmente morrido. O pensamento da Sra Boger ter sido enterrada viva assombrou Charles até que ele ficou histérico.

Incapaz de viver com o pensamento de que sua esposa morreu enterrada viva em seu caixão, ele pediu a amigos para ajudá-lo a exumar o corpo dela para confirmação. O que ele encontrou foi chocante. Sua mortalha e vestes foram retalhados em pedaços e o vidro de sua tampa do caixão foi quebrado. Sua pele estava ensanguentada e arranhada, enquanto seus dedos estavam totalmente ausentes. Ninguém sabe o que aconteceu com Charles Boger após a descoberta.

 

Angelo Hays

 

Em 1937, Angelo Hays era um menino de 19 anos de idade, residente em St. Quentin de Chalais, França. Um dia, Angelo estava andando de moto ao redor da aldeia, quando de repente ele foi jogado de sua moto e sua cabeça bateu em uma parede de tijolos. Sem hesitar, Angelo foi declarado morto pelos médicos e foi prontamente enterrado três dias depois de seu acidente. Na cidade vizinha de Bordeaux, uma companhia de seguros suspeitou depois de perceber que o pai de Angelo tinha recentemente feito um seguro de vida para seu filho para 200 mil francos, e um inspetor foi enviado para investigar a reclamação.

O inspetor tinha o corpo de Angelo exumado apenas dois dias depois de ter sido enterrado para confirmar a causa da morte, e encontrou uma resposta surpreendente. Angelo não estava morto! Quando o médico retirou o manto, ele encontrou o corpo de Angelo quente e seu coração batendo mal. Ele foi imediatamente levado para um hospital, onde sofreu várias operações e reabilitação extensiva antes de fazer uma recuperação completa.  Ele só estava em um estado de inconsciência devido à sua lesão grave na cabeça.

Depois de recuperado, Angelo passou a inventar um caixão de segurança com todos os sinos e assobios para garantir a sobrevivência de um enterro prematuro. Ele ficou famoso com sua invenção e tornou-se uma espécie de celebridade na França.