As crianças mais malignas da história #3

De vez em quando o impensável acontece: as crianças matam. Alguns decidem assassinar os membros da sua própria família, apesar de terem sido bem educados.

Outros acabam fazendo isso porque a sua educação foi longe de ser normal, muitas vezes incluindo espancamentos e abusos. Porém, também existem aquelas crianças que parecem já ter nascido com a vontade de matar e acabam sempre fazendo vítimas inocentes.

As crianças geralmente são inocentes e puras, mas algumas vezes acabam cometendo crimes horríveis. Por este motivo, separamos uma lista com as crianças mais malignas da história. Elas vão surpreender você!

Leia a Parte 1 e Parte 2




Jesse Pomeroy

Nascido em 29 de Novembro de 1859, em Charlestown, Massachusetts, Jesse Pomeroy recebeu o título de pessoa mais jovem a ser condenada por assassinato em primeiro grau no mundo.

Com apenas 11 anos, ele cometeu vários atos horrendos contra outras crianças, ele as amarrava e torturava fingindo estar brincando de casinha com elas. Depois de ter sido preso, Jesse foi enviado para um reformatório, onde esperaram até que ele completasse 21 anos, mas ele foi libertado dentro de um ano e meio por bom comportamento.

Três anos mais tarde, ele matou um menino de quatro anos de idade, que foi encontrado mutilado em Dorchester Bay. Ele foi condenado, porém morreu de causas naturais na prisão na idade de 72 anos.




Mary Bell

Quando ela tinha apenas 11 anos ganhou o apelido de “estranguladora de Tyneside”, por ter estrangulado uma criança de quatro anos chamada Martin Brown até a morte.

Mais tarde, naquele mesmo ano, Mary iria continuar sua matança brutal cometendo mais um assassinato, mas desta vez com uma cúmplice. Bell, juntamente com sua amiga Norma, matou uma criança de três anos chamada Brian Howe. O corpo foi tão brutalmente espancado que as causas da morte foram indeterminadas.

Não satisfeita com o que tinha feito, a pequena psicopata voltou no corpo de Howe para cortar um “M” em seu estômago e marcar seu assassinato, em seguida, o mutilou com um par de tesouras.

Mary foi presa pela acusação de homicídio, mas foi liberada com a idade de apenas 23 anos, e embora tenha cometido essas atrocidades, ela se tornou uma mãe e uma avó e não cometeu qualquer outro crime que se tenha notícia.




Amarjeet Sada

O assassino mais jovem da história vem da Índia. Amarjeet Sada era uma criança de oito anos de idade que vivia no estado de Bihar.

A mãe de Sada chamou a polícia após descobrir que sua filha de seis meses tinha desaparecido. A polícia viria a encontrar o corpo do bebê perto da aldeia de Musahari, onde Sada confessou para eles que tinha estrangulado o bebê.

A morte do bebê foi terrível, uma vez que Sada havia esmagado ele com uma pedra de tamanho considerável. Após este episódio, Sada através de estudos psicológicos também revelou ter sido o assassino da sua jovem irmã.

Um outro inquérito também revelou que ele também pode ter sido o responsável pelo assassinato do seu primo, que tinha apenas nove meses de idade.

Amarjeet Sada é inquestionavelmente a criança mais cruel a ser julgada pelas autoridades no mundo.

GOSTOU DO NOSSO CONTEÚDO?

Receba as atualizações por e-mail!

É gratuito e sem SPAM
Reaja! Comente!
Topo