Contos Minilua: Olhos brilhantes #7

E em nome do site, gostaria de agradecer a cada um dos leitores. Sem vocês, acreditem nada disso faria sentido. Uma boa leitura!

Contos Minilua: Olhos Brilhantes

Bom, e para participar do quadro, é muito simples: Selecione seu melhor texto, e envie para nós. Os melhores, no caso, serão postados aqui mesmo no Minilua.com! Mensagem dada, vamos ao texto de hoje…

By: Natanael Vieira

Abro meus olhos. Estou correndo e enquanto isso luto contra a nevoa que me cobria. Estou numa floresta densa, fechada, que dificultava cada passo. Lapsos soltos, sem ligação aparente vagam em minha memória. Nomes, pessoas, lugares… Procuro uma ponte para ligá-los, mas não encontro nada.

Sei que estou com medo. Muito medo. Algo está me perseguindo e me oprimindo. Olho pra traz pra ver se, se aproxima, mas não há nada ali. Grito quando vejo na minha frente um borrão negro, esguio e alto. Paro instantaneamente. Um piscar de olhos e ele não está mais lá.

Oh meu Deus? Onde Estou? – ”Onde estou.” Palavras que estão ricocheteando em minha mente.

- Ele está fugindo! Se apressem! Não podemos deixá-lo escapar! – vozes estranhas e retorcidas dizem.

Vozes que me fizeram tomar uma velocidade espantadora e correr ainda mais. Meu pé se choca contra uma pedra e me joga direto ao chão. Bato a cabeça com força ao cair. Um mundo preto e sombrio toma conta dos meus olhos.

“Estou no meu quarto tentando dormir, mas um zumbido irritante  me impede. Viro para um lado e para o outro. Cubro-me com o cobertor mas o zumbido continua a me atarracar. Então uma luz forte e azulada começa a entrar pela fresta da porta. O medo começa a crescer dentro de mim. Eu estava sozinho em minha casa no meio do nada. Não devia haver ninguém ali. Me divido entre ir ver quem estava ali ou nem dar sinal de vida. Decido me ater à segunda opção. O pânico cresce quando minha porta é arrebentada e ouço dizerem:

- Ele está aqui! Venham!

Quem está atrás de mim? A Polícia? A S.W.A.T? A NASA?

Porém minhas teorias caem por terra quando abaixo o cobertor e meus olhos veem não acreditando, seres de estatura alta, aparência deformada, humanoides, de cabeça grande e volumosos olhos brilhantes.

Gritos me fogem da garganta.

“Preciso fugir!” Vou com toda  a minha força até a janela e abro-a, cobiçando fugir, mas me desespero quando ali, vejo mais dois daqueles seres sobre aparelhos flutuantes

Não havia saída. Esse pensamento aterrador me invade quando se aproximam de mim e me injetam o conteúdo prateado de uma seringa.

Desmaio.

Eles estão se aproximando de mim. Vejo os olhos brilhantes se ocultando atrás das arvores.

Levanto-me e começo a correr. Meu pé machucado e o pânico crescente me fazem entrar em puro desespero.

Estou dentro da nave deles. Não sei onde me localizo. Ainda estou na face do planeta? Sinto que há muito deles ao meu redor. Mesmo com as pálpebras fechadas a forte luminosidade ainda me atormenta. Decido fingir que estou dormindo para ouvir seus planos.

- Que tipo de pesquisa será feita nesse humano? – uma voz diz.

- Esse será usado para identificarmos a estrutura óssea da espécime.

Vão me mutilar! O pensamento me toma.

Preciso fugir!

Desvio de muitas árvores e começo a correr novamente. Agora minha memória está completa. Lembro-me de tudo. Desde quando me capturaram até quando fugi da nave.

Apresso os passos. Já os via bem perto de mim.

Tento percorrer por longos caminhos e despistar os seres. Acho que consigo, pois não vejo mais seus olhos me fitando loucamente brilhantes.

Encontro uma casa ali, no meio da floresta. Arrombo a porta com um chute e entro. A falta de iluminação fez meu coração disparar. Meus olhos se adaptaram à penumbra e eu procurei um lugar pra me esconder até que fosse seguro. A casa estava devastada. Não havia moradores nem indícios de que algum estivesse ali.

Me escondo dentro de um móvel velho de madeira, uma dispensa.

O lugar fica silencioso por alguns instantes. As batidas do meu coração se faziam ouvir de longe e eram o único som no ar. Se eu pudesse pará-lo por alguns instantes, essa era a melhor hora.

As luzes azuis fortes invadem a porta. Prendo minha respiração.

Ficam ali por quase um minuto.

Logo depois disso, eles saem.

Suspiro aliviado. Saio do meu esconderijo e sento num sofá velho e desgastado. Ratos despontam dele e se escondem em frestas na parede.

Tudo fica calmo novamente. Calmo até demais pro meu gosto.

Grito histericamente quando o teto da casa explode em chamas e começa a desabar. Corro para me proteger das chamas. Uma nave gigante está sobre a casa e lança raios azuis sobre mim. Corro e faço de tudo para me livrar da luz, que invadia meus olhos e me confundia.

Fujo da casa. A nave lança seus raios sobre mim. Não consigo me mexer. O raio de luz me paraliso

Meus pés começam a flutuar. Tento me movimentar, mas é inútil.

Subo uns 5 metros em direção à nave. Meus olhos já avistavam a copa das arvores. O ar estava calmo exceto pela nave a por meu corpo subindo.

Tento gritar e fugir, mas é em vão.

Passo pela abertura da nave e o raio cessa.

Dezenas dos seres estão ao meu redor.

Não há mais escapatória. A abertura se fecha e a forte luz cessa. Minha memória se esvai lentamente.

- Seja bem vindo de volta, Alex. – uma voz baixa e metálica diz.

O conteúdo prateado de uma seringa é novamente injetado em meu braço. Minha força se acaba lentamente e vou perdendo os sentidos.

Fecho os olhos e me rendo à escuridão.

Reaja! Comente!
  1. Carlos Eugenio

    14 de junho de 2015 em 11:04

    muito eletrizante e dramatico tbm ,adorei!!

  2. Fernanda Rolon

    8 de dezembro de 2013 em 16:21

    O texto foi muito bem escrito, adorei a historia!!

  3. Selma Camila Barbosa

    2 de fevereiro de 2013 em 23:37

    Achei o fim muito confuso, aliás pra mim não teve um fim concreto… :/

    • Stefany Souza

      13 de abril de 2013 em 11:22

      Os alieniginas conseguem capturar Alex que sem escapatoria se rendew aos esperimentos das seres enteligentes. Entendeu? Fudeu pro Alex =)

  4. Legião

    24 de dezembro de 2012 em 02:54

    Pelo começo pensei que era o SLENDER :S

      Bjs.
  5. Red Oak

    23 de dezembro de 2012 em 12:23

    • Ryoko Ling

      19 de julho de 2013 em 14:53

      também já percebi esses olhos… no começo achei que estava louco

    • Selma Camila Barbosa

      2 de fevereiro de 2013 em 23:36

      Tenho muita raiva desses olhos que o Minilua coloca, na primeira vez que li uma história de terror aqui, quase morro por causa desses olhos… Aff! :/

  6. Kelly Bastos Binhote

    2 de agosto de 2012 em 14:57

    Esse final foi muito melhor, fez mais sentido!

  7. Andressa Nascimento

    30 de julho de 2012 em 11:38

    “O conteúdo prateado de uma seringa é novamente injetado em meu braço. Minha força se acaba lentamente e vou perdendo os sentidos.Fecho os olhos e me rendo à escuridão.””Meu final: Quando acordo estou de volta ao meu quarto, com muitas dores por todo o corpo, como se tivesse sido espancado. Mas não tenho nenhum sinal de tortura, vou até o espelho para ver como estou. O resultado é espantoso!De repente meu celular toca, o som do aparelho parecia ensurdecedor, minha cabeça latejava. Quando atendi era o Max,- E ai Alex, a noite foi boa ontem né? Que você tomou? Cê tava doidão.Sem entender do que ele estava falando apenas respondi:- Como assim?- Cara você pegou geral, subiu na mesa, tirou a roupa e se eu não tivesse te tirado dali, quem teria te pegado era a policia. Aí eu te levei pra casa.Será que tudo aquilo que eu vivi foi apenas um sonho de um bêbado, eu estava tendo alucinações por causa de alguma coisa que eu tomei?Até hoje prefiro acreditar que minha bebida naquela noite foi batizada, e que eu tive uma noite de pesadelos. Mas e se realmente tudo que eu “sonhei’ realmente aconteceu, porque me deixaram vivo? Será que era para eu contar minha experiência. Ainda não descobri, apesar que depois daquele dia eu me senti diferente.”Agora faz mas sentido o final da historia

    • Arthur

      4 de agosto de 2012 em 10:37

      realmente agora tudo faz muito mais sentido

  8. Guilherme

    30 de julho de 2012 em 00:45

    tenso…

  9. Saulo Henzo

    29 de julho de 2012 em 19:34

    Texto muito grande, e ainda das 60 pessoas que leu duas não gostaram, portanto acho que tbm não vou gostar, não vou ler não gostei.

    • Schrwaizer

      31 de julho de 2012 em 15:24

      ALTO NÍVEL DE DISLEXIA DETECTADO. [img]http://www.corvo.xpg.com.br/wp-content/uploads/2012/04/dejavu.jpg[/img]

  10. Natanael Vieira

    29 de julho de 2012 em 14:48

    o minilua tá comendo meus pontos finais

  11. Natanael Vieira

    29 de julho de 2012 em 14:35

    Muito obrigado a primeira eu mesmo achei que ficou complicada de entender, mas essa eu não vi nada tão dificil de entender não o que foi que vcs não entenderam? deixa eu tentar explicar

  12. Crazy Stalker

    29 de julho de 2012 em 14:08

    Só eu entendi a historia? G_G Ficou divina!

  13. Weon Kenedi

    29 de julho de 2012 em 13:21

    Meh, impressão minha ou os textos ultimamente têm nos preparado para uma abdução alienígena?

  14. João Alves

    29 de julho de 2012 em 11:44

    vou mandar a historia do dragonborn

  15. Natanael Vieira

    29 de julho de 2012 em 08:25

    Obrigado a quem leu esse deu trabalho escrever vcs acharam que ficou confuso em que sentido? em que parte da historia?

    • Yamih-chan :3

      20 de setembro de 2013 em 16:43

      eu entendi tudo ‘-‘ deu pra imaginar cena por cena xD

    • Stefany Souza

      13 de abril de 2013 em 11:24

      Não ficou nada confuso. Eu entendi tudo =)

    • Selma Camila Barbosa

      2 de fevereiro de 2013 em 23:33

      Fiquei confusa no final, ou quer dizer não se tem bem um final…

  16. Charlie Brown

    29 de julho de 2012 em 03:21

    Já Não Gosto De ler Esses Textos Grandes, Quando Leio Não Entendo Nada 🙁

  17. mariaantnia

    29 de julho de 2012 em 01:44

    entendi quase nada, só ia entender se tivesse lido novamente, sempre acontece isso comigo tenho que ler 2 vezes, sou um pouco loira kkkk

    • Charlie Brown

      29 de julho de 2012 em 03:22

      Liga Naum…Você Não Foi a Única Que Não Entendeu !

  18. Zetsu

    29 de julho de 2012 em 01:32

    não tem nem fim bom nem mal e sem fim

  19. Adriano Hidden®

    29 de julho de 2012 em 00:42

    prefiro ler a Biblia do que isso ai…é mais curto e faz mais sentido 

  20. Anônimo

    28 de julho de 2012 em 23:43

    “Estou no meu quarto tentando dormir, mas um zumbido irritante  me impede” geralmente isso é um pernilongo `-´.

  21. Geraldo Campelo

    28 de julho de 2012 em 23:36

    “Subo uns 5 metros em direção à nave. Meus olhos já avistavam a copa
    das arvores. O ar estava calmo exceto pela nave a por meu corpo subindo.
    Tento gritar e fugir, mas é em vão.
    Passo pela abertura da nave e o raio cessa.”—essa narração ta estilo -Sexo Virtual-

  22. VAMPIRO DOIDÃO

    28 de julho de 2012 em 23:31

    porra quando o texto é curto todo mundo desce o pau por que é curto e quando o texto é longo todo mundo desce o pau também vai entender esse pessoalzinho ai.

    • John Lennon

      29 de julho de 2012 em 23:04

      Pra esse pessoal qualquer texto que tenha mais de 10 linhas é considerado muito longo.

  23. Pedro

    28 de julho de 2012 em 23:17

    [img]http://i.imgur.com/GuESD.png[/img]

  24. Raul Seixas

    28 de julho de 2012 em 23:15

    legal o texto=D

  25. Carol Nukenin

    28 de julho de 2012 em 23:11

    Eu teria tacado areia nos olhos brilhantes deles antes de fugir… 

  26. Sheldon Cooper

    28 de julho de 2012 em 23:10

    A historia e boa mas n gostei do final e ta bom da pra ver que eram ETS mas deveria mais explorar oque eram as criaturas !

  27. Um qualquer

    28 de julho de 2012 em 23:06

    Gostei, mas ficou meio sem sentido…

  28. Pein ©

    28 de julho de 2012 em 23:05

    Bem… Talvez eu não seja o único que ache que esse conto não tem pé nem cabeça… O final está estranho… O conto é sobre alienígenas???? Me perdi…

  29. Sabio

    28 de julho de 2012 em 22:58

    Ele fala muito em arvores, tem arvores até no quarto dele. Acho que ele gosta de arvores, então ele é o pica-pau ‘-‘

  30. Claire Redfield

    28 de julho de 2012 em 22:54

    Na união soviética o ET faz autopsia em você!

    • John Lennon

      29 de julho de 2012 em 22:54

      Não seria o inverso?

    • Raul Seixas

      28 de julho de 2012 em 23:22

      você anda lendo muita desciclopedia! (capitão óbvio)

      • Claire Redfield

        28 de julho de 2012 em 23:27

        Hehehe

  31. paulo g m

    28 de julho de 2012 em 22:51

    legal e bem poético 

  32. Sabio

    28 de julho de 2012 em 22:48

    Vou criar um texto sobre algum assunto, como envio alguem poderia me repassar tal informação sem qualquer fim lucrativo?

  33. Psycho The Cat

    28 de julho de 2012 em 22:45

    Amnesia, Síndrome do panico, Bipolaridade e uso de anfetaminas. Alienígenas não erram tanto. Isso foi delírio. 

    • Sabio

      28 de julho de 2012 em 22:47

      Isso foi vodka

      • Psycho The Cat

        28 de julho de 2012 em 22:50

        Não, foram DORGAS.

        • Sabio

          28 de julho de 2012 em 22:51

          Dorgas? Parei, agora sou escritor.

  34. Shany Bell

    28 de julho de 2012 em 22:40

    Gostei! A história ficou Muito boa! a única coisa que me encomodou um poukinho foi q o autor usou o presente ao escrever a história >

    • Sabio

      28 de julho de 2012 em 22:55

      O passado está presente é só isso que eu sei… Desses forte colossais só um dele vai ser REEEIII!!!!

  35. Pedrero Enderson

    28 de julho de 2012 em 22:38

    Injetaram adamantium nele?

  36. Leader Of Leaders

    28 de julho de 2012 em 22:36

    Nossa meu perfil atualizo o nick em 1 segundo :D. tentei criar uma conta com esse nick e faz uma semana que nao muda (d)

  37. Nosferatu Alucard

    28 de julho de 2012 em 22:34

    essas creepypastas dos leitores sempre me surpreendem! #vampirobebao 

    • Asafe Gonzaga

      8 de agosto de 2012 em 11:07

      esse conto não é um creepypasta

  38. Nereida

    28 de julho de 2012 em 22:34

    Os aliens invadiram o quarto dele e injetaram um líquido prateado nele e ele desmaiou. Quando acordou ele estava na nave deles. Ele decidiu fingir dormir para ouvir o que fariam com ele. Ele se assutou quando disseram que iam dissecar ele. Deu um jeito de fugir sabe-se lá como. E depois ele foi abduzido de novo. Foi isso que entendi, tá certo?

  39. Jaci Moraes

    28 de julho de 2012 em 22:33

    Gosttei…. 🙂 Mtto Beem Elaborado 🙂

  40. Psycho The Cat

    28 de julho de 2012 em 22:32

    Muita coisa… 

    • Jaci Moraes

      28 de julho de 2012 em 22:34

      Ah Meew Para de Preguiçiinha!! O Textto é Moo Legal,Vale a Pena.. 😉

      • Psycho The Cat

        28 de julho de 2012 em 22:49

        Deemonstra muiita persoonaliade o seeu tiipo de escriita, legaal. 8-D

        • Jaci Moraes

          28 de julho de 2012 em 23:01

          Ah Mtto Obg,Diferentte de Muittas Pessoas qq Falaram Mal Aqq’ 🙁  🙂

          • Harima Kenji

            28 de julho de 2012 em 23:02

            Desculpe cair do céu … mais qual a razão para vc fazer isso?

        • Rodrigo Cab

          28 de julho de 2012 em 22:53

          Naa verrdaade é mall de Paarkinsonn msm.

          • Psycho The Cat

            28 de julho de 2012 em 22:59

            [img]http://i1147.photobucket.com/albums/o548/DiegoAPRD00683/haaa1.jpg?t=1340245916[/img]

      • Psycho The Cat

        28 de julho de 2012 em 22:46

        Eu acabei de ler agora. 😎

  41. Zóio verde

    28 de julho de 2012 em 22:32

    Ó meu zóio brilhante aqui

  42. nightmare zero

    28 de julho de 2012 em 22:30

    não entendi o final

    • Otaciano Luiz

      31 de julho de 2012 em 10:56

      Nem eu

  43. Fernanda Baptista

    28 de julho de 2012 em 22:30

    Li, mas não entendi bem o final. Bem vindo de volta… Ele tinha escapado dos aliens antes ou eu que fiquei confusa demais? o_o

    • Bruno Leoterio

      30 de julho de 2012 em 16:49

      O ministério da saúde adverte, ver o minilua pode causar uso de drogas… kkkkkk

    • Carol Nukenin

      28 de julho de 2012 em 23:00

      Parece que ele escapou da nave, mas não disse como fez isso… Daí ele tava fugindo e lembrando do que aconteceu. Os ET’s pegaram ele de novo, por isso o “bem vindo de volta”… Eu entendi assim… não sei se é isso…=

      • Yamih-chan :3

        20 de setembro de 2013 em 16:44

        rbm entendi isso

        • Yamih-chan :3

          20 de setembro de 2013 em 16:45

          tbm*

  44. Lucas Sassa Diogo

    28 de julho de 2012 em 22:27

    toma na cara

79 Comentários
Topo