Contos Minilua: O shopping (parte IV) #76

E para participar, é muito simples: envie o seu texto para: [email protected]! A todos é claro, uma excelente leitura!




O Shopping

Parte IV

Por: Waldenis Lopes

Matilde estava na frente do Mendo. Apreensiva. Várias pessoas se encontravam lá também. Elas estavam tentando entrar, mas não estavam conseguindo. Por alguma razão desconhecida, todas as entradas e saídas estavam trancadas. Tanto as do subsolo como as da garagem.

O que estava acontecendo?

Lá dentro, as pessoas que saltaram depois de muitas outras acabaram não morrendo, pois os corpos recém-falecidos amorteceram a queda. Mesmo assim, elas buscavam incessantemente a morte, como se fossem algum tipo de zumbi.

— Breno… –Matilde andava de um lado pro outro, encarando a fachada verde do shopping e observando as janelas dos muitos escritórios que existiam ali.

As pessoas que não conseguiram entrar começaram a ficar revoltadas! Elas também queriam desfrutar do local, da inauguração! Uma delas ligou para a polícia. E um murmuro de reclamações começou. Alguém pediu silêncio, e pediu com uma autoridade tremenda que fez com que todos ali calassem a boca.

— Vocês não perceberam? Ouçam!

Todos colocaram seus ouvidos para funcionar. Eles se aproximaram da entrada principal. A porta era de vidro, mas por fora era espelhado. Quem estivesse lá dentro podia ver o movimento lá fora, mas quem estava lá fora, via apenas o seu próprio reflexo. Eram gritos de socorro! Meio abafados, mas dava para entender claramente que era isso.

— Será que o shopping está em chamas?! –perguntou um homem alto num tom de desespero.

— Acho que não, se não veríamos fumaça saindo pelas janelas… –respondeu uma mulher.

— Alguém já chamou a polícia? Tem algo errado aqui! –perguntou outra pessoa.

— Ela já está a caminho.

Batidas e mais batidas na porta. O pessoal de fora então decidiu tentar arrombar. Qual o motivo para aquelas pessoas estarem tão desesperadas?

Uma, duas, três tentativas. Com pedras, chutes, empurrando, e até mesmo com o banco que se encontrava ali fora… Nada. Parecia que aquela simples porta de vidro era feita de titânio.

Matilde abriu sua bolsa e retirou um terço. Ela começou a rezar pelo seu neto. Ela fechou os olhos, e depois os abriu olhando para a torre do Mendo que dava acesso aos escritórios. Uma pessoa, não, tinha mais que uma. Estavam se aproximando dos vidros transparentes da torre.

— Gente! Ali em cima! –Matilde pensou que eles acenariam pedindo ajuda… Mas não.

Quando o aglomerado de gente olhou para a torre, aquelas pessoas que haviam subido até lá se atiraram contra as vidraças. Vidraças que ao contrário das portas, eram frágeis e quebraram facilmente. Elas buscavam a morte, e conseguiram.

Uma expressão de incredulidade estampou o rosto de todos que observavam a cena. Uma por uma das pessoas que se jogaram, se espatifavam no chão. Ali, bem perto dos observadores.

E os gritos começaram a ecoar em frente ao Isadora Mendo!

Os três amigos, Breno, Caíque e Fabrício corriam em direção à praça central, no térreo. Eles precisavam chegar às escadas que davam acesso ao subsolo. As pessoas não se jogavam mais, todas que se encontravam dentro daquele estabelecimento - com exceção daquelas que Breno conhecia - já estavam mortas. Bem, não tão mortas assim. Algumas ainda agonizavam no chão, umas ainda inteiras, porém quebradas, não conseguiam levantar; outras com membros espalhados, cabeças abertas, olhos saltados… O horror se encontrava no rosto dos rapazes.

E não importava para onde eles olhavam, todo o shopping era branco. Mas por qual motivo?

Pisando em poças de sangue e desviando dos cadáveres, os amigos chegaram enfim na praça central. Eles ouviram gritos vindos de fora do estabelecimento, por quê? Na entrada principal, os sobreviventes estavam angustiados, batendo na porta com todas as forças. Breno notou que lá fora tinha muita gente, todas com uma expressão clara de horror e choque!

— O que houve lá fora?

— Quem liga, Breno?! Bora logo pro tal subsolo! –disse Fabrício, inquieto, pulando sem sair do lugar.

Breno e Caíque se aproximaram da entrada e observaram o outro lado. Corpos estavam no chão, esmagados…

— As pessoas que não morreram com a queda foram atrás da morte… Na torre daqui. –disse Caíque, e continuou — Vamos, Breno. Não podemos perder mais tempo.

Os que sobreviveram ali encararam Breno.

— Podemos ir com vocês?! Já vimos que não tem como sair daqui… –disse uma garota, de pele morena e cabelos cacheados.

— Podem sim.

— Para onde vocês estão indo? –perguntou um rapaz, de cabeça raspada e brinco na orelha.

— Pro único lugar seguro deste shopping. –respondeu Breno.

— E como você sabe disso? O que garante que lá é seguro? –retrucou o mesmo cabeça raspada.

— Só estou confiando em uma pessoa, Thiago.

— Fica quieto, cara! Vamos acompanhar os meninos. –disse a garota morena.

O grupo de cinco pessoas se juntou aos três amigos. Breno conhecia a todos, mesmo que fosse apenas um “bom dia” ou um “olá”. Antes de eles saírem de perto da entrada, Breno deu uma espiada lá fora e viu sua avó. “A senhora estava certa sobre este lugar” pensou ele. E viu que ela estava com um terço na mão. “Reze por mim, vó.”

Matilde sentiu a presença de seu neto e velozmente se aproximou da porta. Breno a viu se aproximando e olhou para o rosto dela. Uma pena que ela não poderia enxergá-lo por causa do vidro espelhado. Mas ele podia vê-la. Ela espalmou sua mão direita sobre o vidro, Breno fez a mesma coisa. Por um momento seus olhares se encontraram.

— Eu te amo vó… –balbuciou ele.

Matilde sorriu.

Andando mais um pouco eles chegaram às escadas que descem para o subsolo.

— Ô, Caíque… Essa sua medalhinha tem um nome? –perguntou Fabrício, curioso.

— É a medalha de São Bento. A oração que recitei para mandar de volta ao inferno o pé de garrafa está escrita nela. –respondeu ele.

— Escrita toda? E cabe?

— Não seu bobo… São apenas as iniciais em latim. Eu decorei a oração em Português. A mulher com quem eu sonhei pediu que eu a trouxesse e que não me separasse dela. Ela nos protegeu, não foi?

— Sim…

— Parece que esta oração faz parte do ritual romano de exorcismo.

— Super bacana, velho… É por isso que eu não vou me desgrudar de você!

Todos eles começaram a descer vagarosamente as escadas. Inesperadamente, passos apressados começaram a ecoar pelo piso do térreo. O grupo se estremeceu. As três garotas presentes se arrepiaram e se abraçaram. Os dois rapazes desceram como atletas as escadas. Caíque, Breno e Fabrício permaneceram. Quem estava vindo nessa pressa toda era Kelda.

— Breno! Te procurei por todo este lugar! Que doideira! Precisamos sair daqui! Venha comigo! Eu conheço uma passagem secreta! –disse ela, estendendo a mão para Breno e ignorando a presença dos dois amigos dele.

— Passagem secreta? Cê vai mesmo acreditar nessa piranhazinha feiticeira, Breno? –disse Fabrício, cruzando os braços e tentando encarar Kelda, sem sucesso.

— Fica quieto, Fabrício… Claro que vou com você, Kelda… Mas claro, com os meus amigos e com o pessoal que desceu as escadas! –disse Breno, num tom sarcástico.

— Pessoal? Que pessoal? Era pra todos estarem mortos…

Breno a interrompeu.

— Ahh… Então você não sabia que quem eu conheço não sente vontade de se “atirar morro abaixo”… Interessante. E quem garante, estimada Kelda, que você também não pularia se não me conhecesse?

Kelda se silenciou e permaneceu olhando Breno com aquele olhar castanho duvidoso.

— Eu vou te matar, Fabrício…

Fabrício se espantou.

— Como assim a conversa parou em mim? Você que é a louca de ficar correndo atrás de mim na rua com aquela faca! Você é pirada, otária! –dizendo isso ele se escondeu atrás de Caíque.

— Venha comigo, Breno… Agora.

— Me obrigue!

— Tá bom!

Um dos rapazes apareceu das escadas.

— Tá tudo seguro lá em baixo galera… Só que tem um velho escroto lá… Mas ele parece inofensivo!

Quando Kelda ouviu a palavra ‘velho’ avançou sobre Breno com uma faca. Antes de ela agarrar Breno, algo fez com que ela voasse para trás e caísse no chão.

— De onde ela tirou aquela faca? E quem fez isso com ela? –perguntou Fabrício, notando que já não estava mais atrás de Caíque.

O rapaz que havia subido para falar que estava tudo bem no subsolo; Caíque e Breno ficaram extremamente surpresos. Kelda estava no chão. A faca caída longe. E Fabrício estava com a perna levantada.

— Eu fiz isso? –perguntou ele.

— Aham, cara! Foi tipo tartarugas ninjas! Hahaha! –disse Caíque - Vamos descer, antes que ela levante.

— Voltem… Aqui…! –sentindo uma imensa dor no estômago, Kelda não conseguiria se levantar por alguns minutos.

— Parece que você nem notou o que fez, né Fabrício? –Breno descia na frente dos outros.

— Sei lá, véi… Depois que eu a vi tirando aquela faca pra te pegar eu apaguei. Quando notei ela já estava no chão.

— Isso se chama adrenalina! Ou medo e ação… Inconsciente e ‘vai láaa’… Ah, vai saber! –disse o rapaz que descia junto com eles, já se sentindo o companheiro de todas as horas.

— Eu, hein… –cochichou Fabrício.

Todos estavam no subsolo, enfim. As três garotas, os dois garotos e o trio de amigos. O subsolo era muito diferente do resto do shopping. Normalmente ele teria também outras lojas, elevadores e escadas rolantes. E não tinha nada disso. As escadas por onde desceram eram comuns, em caracol e largas. E a cor branca não predominava ali em baixo. Ela não existia.

— Beleza –começou Breno –Onde está o velho ‘escroto’ que você disse que tinha visto?

— Uai, moço! Ele tava ali agorinha!

— É verdade? –dirigiu-se Breno às garotas. Elas concordaram.

— Bem, isso não importa. Vou apresentá-los aos outros que não os conhecem.

Breno começou às apresentações.

Camila era a morena de cabelos cacheados. Ingrid era a baixinha de cabelos castanhos. Gisele era a garota mais alta. Gustavo era o rapaz que avisou que o subsolo estava tudo bem. E Juliano era o garoto de cabeça raspada e brinco na orelha que retrucou Breno quando o encontrou.

— Ótimo.

— E agora o que fazemos? –perguntou Juliano.

Breno passou as mãos nos seus cabelos castanhos e suspirou.

— Eu não sei.

— Talvez ele saiba! –disse Caíque, apontando para frente.

E lá estava ele. O tal velho que o Gustavo havia falado. Ele aparentava ter pouco mais de cinquenta anos. Ele estava sentado, numa cadeira flutuante e fantasmagórica. Por entre os pilares que davam sustentação ao prédio aquele homem vislumbrava uma parede na sua frente. Ele a olhava com doçura, como se estivesse vendo uma obra-prima.

Parecia louco. Um barulho e a voz de Kelda ressoaram no andar acima deles. Ela estava na entrada para o subsolo, mas não conseguia descer. O grupo ficou receoso.

— Não se preocupem meus jovens… A bruxa não pode adentrar no meu território.

— No seu território…? –indagou Breno.

As meninas estavam atrás deles, tremendo de medo e sussurrando “Eu acho que ele é um fantasma! Kyaahh!!” Gustavo e Juliano estavam pasmos e mudos. Fabrício segurava os seus joelhos, para que eles não tremessem tanto! Os únicos calmos ali eram Caíque e Breno.

— Ninguém que tenha empatia pela Isadora pode entrar aqui, no subsolo.

— Eu sei quem é o senhor… Já vi uma foto sua com meu pai! –disse Caíque, intrigado com aquela visão do além.

— Devo lhe dizer que se parece muito com ele, jovem. Olhos castanhos claros, nariz arrebitado e cabelos pretos. Sem falar no olhar esperançoso… Seu pai ainda é um empresário?

— Sim, ele é…

Breno interrompeu.

— Quem é ele, Caíque?

Quando Caíque iria responder, o homem se colocou a falar.

— Olá, Breno. Eu sou Augusto. Augusto Medeiros.

Breno ficou inexpressivo.

— Esse nome deveria significar alguma coisa?

— Minha vó falava de você, doido! –começou Fabrício - Você é o dono deste Shopping!

AUGUSTO MEDEIROS. O EMPRESÁRIO DE OURO.

— Ouro? Porque ouro? –perguntou Gustavo.

— Pelo fato de ele ter conseguido grande fama para o shopping ao colocar o nome da suicida nele… –disse Caíque. –Sua esposa assumiu suas dívidas depois da sua morte, sabia? Ela foi à falência e deixou a cidade. O shopping agora é propriedade da prefeitura… Bem, vamos ver se ainda será depois de tudo isso…

O tom de voz de Caíque era bastante sério. Augusto continuou ali, flutuando em sua cadeira. As garotas ainda estavam receosas na presença do fantasma. Fabrício então decidiu tirar uma dúvida.

— Como o senhor morreu, seu fantasma…?

— Não foi uma morte natural se quer saber… Quatro anos depois da inauguração do Mendo, eu me suicidei. Bem aqui, neste subsolo.

Todos ali se arrepiaram! Calafrios dominaram os corpos de cada um deles.

— O boato que circulava era que você havia sofrido um acidente! Fora daqui! –Caíque ficou deveras surpreso com aquela informação.

Augusto então ficou desolado. Virou a cadeira para o lado, e começou a encarar a mesma parede. Ele então começou a falar sozinho, ignorando a presença do grupo de jovens ali.

— Eu a amava… Mas eu a matei…

Olhos arregalados prestavam atenção naquela voz rouca e pouco simpática.

— Minha amante… Ela amava a cor branca… Por isso pintei todo o shopping de branco… Apenas branco… Menos aqui em baixo… –ele se virou para os jovens – Eu me passei por herói depois de ter dado o nome dela para este lugar. Foi o crime perfeito! Mal sabia eu que ela voltaria para me atormentar…

Melancolia.

— Isadora estava grávida… Ela havia mexido com feitiçaria para nos manter juntos… E eu a matei. Ela morreu com um sentimento de vingança, com ódio… Ela não merecia a morte, mas eu… Eu sim. Foi justo eu morrer.

Arrependimento.

— Todos os dias preso aqui eu me sinto arrependido. Mas de nada adianta já que estou morto.

Seu olhar encarou os jovens e parou em Breno.

— Seu nascimento aqui provocou um distúrbio para a mente de Isadora. Por ela se sentir o próprio shopping, ela pensa que é a sua mãe. Você precisa detê-la. Você precisa me libertar deste sofrimento… Não só a mim, como a seu pai, a sua mãe e a todas as almas aprisionadas neste lugar!

— Minha mãe?! –exclamou Breno.

— Sim…

A cadeira sumiu e ele se colocou de pé.

— Isadora tem uma aliada aqui, não tem?

— Sim… Como sabe? –perguntou Caíque.

— Há dezoito anos ela tentou contato com alguma bruxa ou algo parecido, mas sem sucesso. Mas com a força de seu ódio ela conseguiu lançar no coração de todos o desejo do suicídio. Um sentimento que perpetuou na sua mente durante a vida. E ela conseguiu outra vez isso hoje.

— O que temos que fazer…? –queria saber Fabrício.

— A senhorita Mendo sem dúvida está tentando se materializar com alguma magia negra dessa pessoa que a está auxiliando. Vocês precisam encontrar o local do ritual e destruir os meios que o fazem. Ela não pode se materializar.

— O banheiro…! –soltou Breno. –Só pode ser lá… Afinal, nos separamos quando ela foi para o banheiro… Então ela sabia o que iria acontecer.

— Vocês ficaram loucos? –começou Juliano — Querem peitar um fantasma cheio de ódio desfazendo a sua macumba? Isso é impossível! Devemos encontrar um jeito de sair daqui, depressa!

— Oh, Zé! –Camila colocou as mãos na cintura e apontou para a cara de Juliano - Você por acaso não notou que NÃO tem como sair daqui? Que talvez a única saída seja enfrentar essa maluca do shopping, aí?!

— O que acontece se ela se materializar, senhor? –indagou Ingrid, com as mãos unidas encostadas no peito.

— Ela carregará todos, inclusive “seu filho” Breno… Para o inferno.

Aquilo os atingiu como uma bomba atômica tão potente que devastou a mente deles. O desespero tomou de conta do ambiente. Juliano se irritou e puxou Gisele pelo braço.

— Vamos sair daqui, meu bem! Não podemos fazer nada para ajudar! –e foi subindo as escadas, puxando sua namorada.

— É perigoso! –gritou Caíque.

— Perigoso uma ova! Perigo é ficar aqui com vocês planejando algo impossível de se fazer! Eu não quero morrer!!

Os dois chegaram ao térreo. Um vento assombroso que soava como vozes em sofrimento ecoou pelo local. Um grito agudo, de Gisele. Barulho de correntes ou algo metálico surgiu depois disso. Um “não” ensurdecedor saiu dos lábios de Juliano.

O grupo que permaneceu no subsolo se aproximou da escada. Olharam para cima. Uma cabeça desceu rolando. Ensanguentada. Desfigurada.

Adeus, Juliano.

Ingrid desmaiou. Camila caiu para trás. Fabrício procurou se sentar para não cair de tanto horror. Breno, Caíque e Gustavo se entreolharam e começaram a gritar. Eles corriam de um lado pro outro sem saber o que fazer.

— Eu disse que era perigoso! –gritou Caíque.

— Quem será que fez isso com eles? –gritou Breno.

— Eu nunca quis tanto a minha mãe como agora! –gritou Gustavo.

— A bruxa deve ter trago algum demônio ou algo parecido –disse Augusto, cruzando os braços —Vocês poderiam parar de gritar agora, meus jovens? Existe uma saída para isso.

Caíque parou e olhou para a sua medalha.

— É mesmo… Eu tenho isso. –e olhou para Augusto.

— Exatamente.

— Eu sonhei com uma moça, e ela disse para eu trazer isso. Eu já sabia do poder da oração desta medalha. E também acordei sabendo de fatos deste lugar… A moça do meu sonho… Ela…

— Ela é minha filha. –disse Augusto. –Ao contrário de mim e dos outros, ela não se matou. Ela usou de suas últimas forças para dar a luz ao seu primeiro filho, que ela já amava demais.

O olhar de Breno se perdeu ao ouvir aquilo.

— Miriam é um espírito bondoso. Ela morreu em paz. Mas está aprisionada aqui, como todos os outros.

Uma figura se aproximava da penumbra daquele subsolo. De vestido florido, com sapatilhas azuis e com as mãos entrelaçadas.

— Ela é uma alma inocente. Ela é bondosa. E ela só surgiria quando uma parte dela aparecesse no shopping. Quando um pedaço de seu coração entrasse aqui.

Os olhos de Breno se encheram de lágrimas. Realmente, ele tinha puxado os olhos de sua mãe; azulados e amendoados.

— Mãe!!?

— Breno, meu filho… Você se tornou um belo rapaz.

Sem abraços. Sem beijos. Apenas lágrimas e sorrisos. Breno estava feliz e triste ao mesmo tempo. Como ele queria poder tocar no rosto de sua mãe, poder sentir aquele colo, nem que fosse por alguns breves segundos. Mas era impossível. Ela era incorpórea. Porém, a troca de olhares já diziam tudo.

— Me perdoe, Breno…

— Não me peça perdão… Eu entendo.

Fabrício também estava chorando, até mais que Breno.

— Que coisa mais linda, caralho!

— Eu sonhei com você! –disse Caíque.

Miriam era jovem e bonita. Na casa dos vinte e poucos anos. Ela tinha cabelos ondulados bem escuros, o que ajudava a destacar seus belos olhos cor de céu.

— Eu pedi tanto a Deus que Breno tivesse um amigo como você! Alguém espiritualizado. Alguém cristão. Só assim eu poderia entrar em contato para que trouxesse a medalha.

— O que devemos fazer, mãe…?

— Todos aqui estão dispostos a cooperar? –Miriam os encarou.

— Pode ser só nós três –disse Fabrício –Pode dar certo se for só nós…

Caíque o interrompeu.

— Fabrício, você é um cagão! Não pode ver assombração que já começa a tremer!

— Eu gostaria de ajudar! –se prontificou Gustavo.

— Tem algo que você precisam fazer antes de subir até lá. –começou Miriam – Vocês precisam se despir de todo o medo e receio. Vocês precisam encontrar a fé nas suas almas, nem que seja um pouco dela. E também, vocês precisam enfrentar a si mesmos…

— Eu sempre fui ateu… Ver essas coisas agora me faz querer apenas fugir… Mas eu não tô a fim de morrer. Topo qualquer parada. –disse Gustavo, dando alguns passos em direção a Miriam.

— As garotas ficam.

— Mas, Breno!

— Vão ficar, Camila! Você e a Ingrid. Isso tudo começou por causa de mim. E os homens resolverão essa parada.

A pele morena de Camila ficou avermelhada. Aquela frase a deixou sem jeito.

— Caíque, o poder não está na sua medalha, o poder passa através dela, ela é apenas um canal, um símbolo de fé. A verdadeira força está no interior de cada um de vocês. O mal não suporta o bem. O mal não suporta aqueles que creem. É por isso que vocês precisam passar por esta prova, para que não sejam pegos e nem manipulados por ele quando saírem daqui.

— E que tipo de prova é essa? –Fabrício e os outros três rapazes se colocaram em fila, um do lado do outro.

— Vocês agora, visitarão seu interior… Sentem-se.

Eles se sentaram no chão.

— Fechem os olhos e se concentrem. Visitem seus corações e encarem seus próprios medos e angústias. Não se deixem levar pela raiva e nem por outros sentimentos negativos. Encarem o seu eu das trevas.

ESTÁ NA HORA DE LUTAREM CONTRA OS SEUS DEMÔNIOS!

Continua…

Reaja! Comente!
  1. Raimundo Fagner

    7 de junho de 2013 em 15:23

    MUITO LEGAL!! LEIAM TAMBEM ” O AMULETO” TÁ MASSA DEMAIS!!!

  2. [email protected]

    25 de abril de 2013 em 08:10

    Jeff , so entro no minilua pelo celular , e a quinta parte nao esta postada , ele pula do conto 76 para o 78 , gostaria de saber se o final ja foi postado !

  3. Taieli Fajardo

    23 de fevereiro de 2013 em 13:36

    Ando meio sumida do Minilua, mas voltei hoje e vi esse seu “contão”! KKK … Waldenis, parabéns, ótimo conto viu? (assim como todos os outros que você mandou pra cá) continue assim, tô ansiosa para a última parte! XD

    • Waldenis Angélico

      23 de fevereiro de 2013 em 15:44

      Valeu, Taieli! Talvez hoje a última parte seja postada! E terá as ilustrações dos três amigos principais! Aguarde! =D

      • Taieli Fajardo

        23 de fevereiro de 2013 em 19:32

        Que bom! Suas ilustrações também são lindas 🙂

  4. Furude Rika :]

    22 de fevereiro de 2013 em 23:24

    Muito legal :]
    Pena que já vai acabar,Queria que tivesse mais partes ‘-‘

    • Waldenis Angélico

      23 de fevereiro de 2013 em 15:46

      A última parte será bem extensa! Hahaha’ Leia ela bem lentamente e aproveite!! ^^

  5. FernandA Fefe

    20 de fevereiro de 2013 em 20:39

    Otimo conto,parabens

  6. Selma Camila Barbosa

    19 de fevereiro de 2013 em 15:22

    Fiquei uns dias sem entrar no Minilua e nem sabia que já tinha saído a quarta parte…

    Tô quase arrancando os dedos de nervoso! 😀
    Podia ser um livro, né?
    Amei muito mesmo! Parabéns Waldenis!!! 😀
    • Waldenis Angélico

      19 de fevereiro de 2013 em 17:55

      Obrigado, Selma! E sim! Poderia ser um livro, pois está extenso demais xD

      Kkkkkkk’ Espero te surpreender no final! Terá também  ilustrações dos três protagonistas!
  7. Misa Yagami

    18 de fevereiro de 2013 em 19:16

    adoreii? >< keria ki demorasse um pouco para acabar pq tô gostando muuito do conto!!!^^

    • Waldenis Angélico

      18 de fevereiro de 2013 em 19:24

      Obrigado, Misa! espero poder te surpreender na parte final! Ela já está pronta e está um pouco mais extensa! Espero que isso não seja ruim!

  8. From Hell

    18 de fevereiro de 2013 em 13:50

     o conto, que se caracteriza por ser uma narrativa curta, no qual o espaço e o tempo são reduzidos, com também, apresenta poucos personagens. “


    Já ta na hora de mudar o nome do post né Jeff ^^
    “Histórias gigantescas Minilua”
    • Waldenis Angélico

      18 de fevereiro de 2013 em 14:54

      É porque esse é um contão! Kkkkkkk’ 

      • From Hell

        18 de fevereiro de 2013 em 14:57

        To vendo msm,vai ter mais quantas mil partes?

        • Waldenis Angélico

          18 de fevereiro de 2013 em 14:59

          Só vai até a quinta. Quinta e última (AEEEEEEEHH)

          • From Hell

            18 de fevereiro de 2013 em 15:00

            AEEEEEEEEEEWWWW

            Parabéns u.u
            tomara que todo mundo morra no final,e que o mamute volte a fumar
            • Waldenis Angélico

              18 de fevereiro de 2013 em 15:01

              Kkkkkkkkkkkkkkk’ Você nem leu né? 

              • From Hell

                18 de fevereiro de 2013 em 15:04

                Eu só li uns 5 contos desde que esse post foi criado u.u

                gosto de ler os comentários
                que costumam ser
                ain esse conto foi clichê,ai o final foi obvio,ai vo dar a bunda e ninguem vai ver,ain quero chama atençao vo inventa uns erros gramaticais inexistentes  u..u
                • Waldenis Angélico

                  18 de fevereiro de 2013 em 15:05

                  Kkkkkkkkkkkkkkkkk’ Só de boa então. 

    • Wanda Lavínia

      18 de fevereiro de 2013 em 14:27

      Podendo ter até mais que 5.000 palavras e ser divido em partes. O que caracteriza um conto não é a sua extensão, mas sim a forma como ele é contado. O conto é escrito para ser denso, com os fatos acontecendo de uma forma lógica, podendo ou não ter muitos personagens, sendo que alguns não interfiram muito na história. Num conto as ações transcorrem num tempo maior, os personagens são caracterizados há maior densidade dramática e freqüentemente um conflito, resolvido em desfecho. O nome do post não deve mudar, histórias grandes não deixam de ser contos. Pesquise direito antes, querida. É muito fácil falar sem conhecer. 

      • From Hell

        18 de fevereiro de 2013 em 14:35

        ps:Não use querida de novo,esse é um termo falso usado por mulheres,jesus não gosta disso uhum u.u

        mto feio mtoo feio
        parece que vc ta me chamando pra briga
        • Wanda Lavínia

          18 de fevereiro de 2013 em 14:40

          Não quero briga Jessica. Só quero elucidar que existe muitas formas para se escrever um conto. 

      • From Hell

        18 de fevereiro de 2013 em 14:32

        Isso não é um conto,contos são + narrados,ai tem enormes dialogos

        chapeuzinho vermelho eh um conto.
        • Wanda Lavínia

          18 de fevereiro de 2013 em 14:39

          Hahaha! São vários os estilos de contos! Dos infantis (Chapeuzinho) até os mais sérios (como a Odisséia de Homero). Os diálogos fazem parte de qualquer narrativa e são quase que indispensáveis para se montar um enredo. Mas se você prefere continhos infantis, fique a vontade. Quando ler algo sério venha falar comigo.

          • Bolacha recheada

            18 de fevereiro de 2013 em 14:47

            e eh TREEEETAAAAAA 

            a From Hellmans com a fake do Lobato!!!!!!!!!! briga d molier pucha cabelo das umas uinhadaas femininas e se matem haoooo
            • Waldenis Angélico

              18 de fevereiro de 2013 em 14:49

              Que discussão besta essa Lavínnia começou! Kkkkkkkkkk’

              É sério que ela é fake do Lobato? Caracas!! Kkkkkkkkkkkkk’
              • From Hell

                18 de fevereiro de 2013 em 14:55

                Eh discussão besta u.u.hey faça sua numa versão pocket pra eu ler u.u

                tipo com 2 paginas heuheuehue ou faça um filme xD
                • Waldenis Angélico

                  18 de fevereiro de 2013 em 14:58

                  Eu tenho dois contos curtos aqui no site. O Inoxidável e A primeira vez. Se quiser ler. Eles não tem continuações. Não são grandes sagas! Kkkkkkkkkk’

              • Bolacha recheada

                18 de fevereiro de 2013 em 14:53

                vai dar mole pra homi cara heuheuhe como eu so uma bolacha entao nao tenhu sexo e num to nem ai

                • Waldenis Angélico

                  18 de fevereiro de 2013 em 14:54

                  Kkkkkkkkkkkk’ Mas e aí bolacha. Leu o conto? 

            • From Hell

              18 de fevereiro de 2013 em 14:48

              ela eh fake?

              q pior
              (droga nao consigo arrumar meu nome…)
              • Bolacha recheada

                18 de fevereiro de 2013 em 14:51

                heuehuehueh ela eh o luciano lobato. e vc me coinhese des de o comesso do ano pasado mais nao vai saber qem sou pq esa uma conta fake minha huuu

                • From Hell

                  18 de fevereiro de 2013 em 14:59

                  conheço muita gente u.u

                  odeio todos
                  • Bolacha recheada

                    18 de fevereiro de 2013 em 15:00

                    vc nao costumava me odiar no comesso do ano pasado mais ate hoje nem entro mais com minha conta originau memo. entao sem laços de amisade heuheu

                    • From Hell

                      18 de fevereiro de 2013 em 15:08

                      rum ¬¬

                • Waldenis Angélico

                  18 de fevereiro de 2013 em 14:52

                  Luciano usando fake só p criticar os outros! kkkkkkkkkkkk

          • From Hell

            18 de fevereiro de 2013 em 14:42

            eh engraçado o fato de vc fazer pequenas provocações,mas irei ignora-las.

            se vc gostou do conto,bom otimo pra vc,comente no seu canto,meu comentário foi direcionado ao moderador,e meu desejo é que ele responda, não que uma garota pseudo intelectual se intrometa e responda por ele.
  9. Shun

    18 de fevereiro de 2013 em 13:11

    Cada vez que eu entro aki no Minilua tá diferente, mas a porra dos avatares não aumentam né Ò_Ó

    • Shun

      18 de fevereiro de 2013 em 13:11

      E foda-se a porra da concordância verbal tbm

      • WAAAZAAAP

        18 de fevereiro de 2013 em 13:15

        minilua troll  kkkkkkkkkkk

        e calma ai shun diliça…rsrsrsr
        • Shun

          18 de fevereiro de 2013 em 13:18

          kkkk tá bom, já tô calminho… nem vou precisar de maracujina

  10. Lenalee

    18 de fevereiro de 2013 em 12:42

    Muito legal!!! Quero ver logo a quinta parte!!! ^^

  11. Choi Yuuki

    18 de fevereiro de 2013 em 12:08

    Li as partes postadas do conto até agora e estou gostando. Ansiosa pelo final. x)

    • Waldenis Angélico

      18 de fevereiro de 2013 em 14:45

      Valeu Lady! Espero surpreender no final! ; )

    • WAAAZAAAP

      18 de fevereiro de 2013 em 13:03

      eae yuuki, sdds de vc, me aceita lá no skype, Flw´s

      • Bardock

        18 de fevereiro de 2013 em 13:05

        Falando em Skype, ela não me aceitou tbm. u.u

        • Choi Yuuki

          18 de fevereiro de 2013 em 13:13

          Oxe, você me mandou no meu Skype desativado, então. xD

           

          • Bardock

            18 de fevereiro de 2013 em 13:18

            Quer que eu mande denovo? e.e

            • Choi Yuuki

              18 de fevereiro de 2013 em 13:21

              Mas se você mandar no errado, não adianta. xD

              Procura por sake_yuuki.

              • Bardock

                18 de fevereiro de 2013 em 13:25

                Acho que agora foi. xD

        • WAAAZAAAP

          18 de fevereiro de 2013 em 13:10

          pois é cara 

          muito loko isso
          • Shun

            18 de fevereiro de 2013 em 13:16

            Ela não me aceitou tbm 

          • Choi Yuuki

            18 de fevereiro de 2013 em 13:11

            Eu já te aceitei. Agora a pouco. ^^

            • WAAAZAAAP

              18 de fevereiro de 2013 em 13:16

              entao blz miss, como vai a vida ai ???

              • Choi Yuuki

                18 de fevereiro de 2013 em 13:23

                Vai andando, sabe. Pro futuro. ^^

                • WAAAZAAAP

                  18 de fevereiro de 2013 em 13:31

                  ah vá

                  pensei q tava voltando pro passado
    • Eric Cartman

      18 de fevereiro de 2013 em 12:43

      É uma puta falta de sacanagem!

    • Drubscky

      18 de fevereiro de 2013 em 12:11

      Yuuki Eu Amo Você !!111!11!!!!1!onze rçrçrçr

      JEAN TU NÃO MERECE ELA , FLW’S.
      #PARTIU 
      rçrçrçr
      • Choi Yuuki

        18 de fevereiro de 2013 em 12:51

        Obrigada por me lembrar de algo que não queria lembrar. =D

        Também te amo Gaudêncio, seu lindo. xD ehauheauehau

    • Bardock

      18 de fevereiro de 2013 em 12:09

      E ae Yuuki. 😀
      Tava sumida vc. .-.

      • Choi Yuuki

        18 de fevereiro de 2013 em 12:50

        Sumida? Nem! Ocupada. xD Tô voltando aos poucos pro Minilua, ando sem tempo. =(

        • Bardock

          18 de fevereiro de 2013 em 12:53

          Anda fazendo o que? Se me permite perguntar. 😛

          • Choi Yuuki

            18 de fevereiro de 2013 em 12:57

            Várias coisas. Cuidando dos sobrinhos, jogando rpg direto porque eu peguei uma missão importante no jogo, e escrevendo, terminando na realidade, uma treeshot. Mas agora que começou as aulas vou parar com metade disso. x)

            • Bardock

              18 de fevereiro de 2013 em 13:03

              Volta as aulas é tenso. e.e’
              Bom, pelo menos vc faz coisas que gosta de fazer. o/

              • Choi Yuuki

                18 de fevereiro de 2013 em 13:10

                Muito tenso. Pelo menos, estou terminando a escola. =D

                Oxe, tu não faz? =S

                • Bardock

                  18 de fevereiro de 2013 em 13:16

                  Agora que eu vi, do jeito que eu digitei ficou parecendo que só faço coisas que eu não gosto. 😛
                  Tbm estou terminando, mas depois tem a faculdade ainda. e.e
                  Faço sim, tipo conversar com a Mandy (Se bem que faz mais de uma semana que não nos falamos..), jogar, ficar olhando pela janela, e etc. ;D (Esse ultimo é quasecomonão fazer nada. e.e)

  12. PATROCINADOR

    18 de fevereiro de 2013 em 11:57

    MINILUA E SEU POSTS.

    ÚLTIMA POSTAGEM: AH 1 ANO ATRÁS
  13. Finn

    18 de fevereiro de 2013 em 11:43

    eu zo patral nau funsionaryo
    meu estillo de vida é foda
    zó pego as melhores e ando sempre na moda
    bacana eu tiro é onda, olha olha olha só
    O baile do Andara no Rio é o melhor
    A nossa roupa é da edi rardi, riu Locau ou da Armani
    O bonde tem um Audi, um Veloster e um Megane
    Eu to portando a Captiva com som de duzentos mil
    Estilo panicat me deu mole quando viu
    Elas tão doida, tão louca,
    Olha só como elas curte
    Whisky, Big Apple, Red Bull e Absolut
    Elas tão doida, tão louca,
    Olha só como elas curte
    uisi, Big Apple, Red Bull e Absolut
    Eu sou patrão não funcionário
    Meu estilo de vida é foda
    Só pego as melhores e ando sempre na moda
    Bacana eu tiro é onda, olha olha olha só
    O baile do Andara no Rio é o melhor
    Eu sou patrão não funcionário
    Meu estilo de vida é foda
    Só pego as melhores e ando sempre na moda
    Bacana eu tiro é onda, olha olha olha só
    O baile do Andara no Rio é o melhor
    A nossa roupa é da Ed Hardy, Rio Local ou da Armani
    O bonde tem um Audi um Veloster e um Megane
    Eu to portando a Captiva com som de duzentos mil
    Estilo panicat me deu mole quando viu
    Elas tão doida, tão louca,
    Olha só como elas curte
    Whisky, Big Apple, Red Bull e Absolut
    Elas tão doida, tão louca,
    Olha só como elas curte
    Whisky, Big Apple, Red Bull e Absolut
    Eu sou patrão não funcionário
    Meu estilo de vida é foda
    Só pego as melhores e ando sempre na moda
    Bacana eu tiro é onda, olha olha olha só
    O baile do Andara no Rio é o melhor  (8~ sonzão bolado da manhã o.o
    • Drubscky

      18 de fevereiro de 2013 em 11:50

      ese hit mereze un oscar de melior mussika do ano

      • Finn

        18 de fevereiro de 2013 em 11:55

        Sim, escutando esse pancadão e jogando poquemoum, tem como ser mais vida looka, véi?

        • Drubscky

          18 de fevereiro de 2013 em 12:04

          Sim véi , tem que tomar coca cola pow , tem maconha na coca , dai noix e vida loka tendeu ? 

          Se a gente vender coca , a jente estarea trafecando drogas tendeu ?
          eu axo q ten maconha na coca rçrççrr
          nen teno serteza rçrçr
          • Finn

            18 de fevereiro de 2013 em 12:10

            Sei comu é mano, já fiquei na fila de uma iscolinha esperei a noite toda vi uma cocota ficar lokona de koka, koka é daora, mas nem tem aqui, nessa casa não se bebe koka, só Dolly com Guaravita, koka siguinifica alô diabu, nunca viu isso na koka não, véi?rçrçrç

            • Drubscky

              18 de fevereiro de 2013 em 12:43

              Eo tenho koka só pra vende com os maconhero satanista ta ligado ?

              Dole com guerevita é massa rçrçr
              • Finn

                18 de fevereiro de 2013 em 12:53

                Sim, dole com guaravita é bolado

                tu só vende para os magot maconhero satanista pq? =o
                • Drubscky

                  18 de fevereiro de 2013 em 18:17

                  Porque a Vida é Loka Nego , E nela to só de Passagem.

  14. Metalborn (saudades do ano passado)

    18 de fevereiro de 2013 em 10:21

    Mudaram de novo o layout do site? .-.
    Por que? .-.

    • Drubscky

      18 de fevereiro de 2013 em 10:47

      Porque a Vida É Loka Negooo e Nela eu to só di Passaji. rçrç

      • Tachibana Kanade

        18 de fevereiro de 2013 em 10:48

        Isso não tem nada a ver coma pergunta.

        • Drubscky

          18 de fevereiro de 2013 em 10:52

          Não vou comer a pergunta ok ? não estou com tanta fome assim , rçrççrçr.

          • Tachibana Kanade

            18 de fevereiro de 2013 em 10:54

            Beleza,come uns biscoitinhos então.

            • Drubscky

              18 de fevereiro de 2013 em 10:59

              Não Valeu , Eu prefiro uma Passa Tempo , Gosto de ver os bichinho desenhado na bolacha , rçrçr.

  15. Tachibana Kanade

    18 de fevereiro de 2013 em 09:40

    Estão mudando mais de layout do que puta muda de namorado.

    • Mio-chan

      18 de fevereiro de 2013 em 15:02

      Verdade , eu preferia o layout antigo

    • Matheus S.

      18 de fevereiro de 2013 em 10:19

      bela comparação…

      • Tachibana Kanade

        18 de fevereiro de 2013 em 10:29

        Obrigada.=)

  16. SerjTankian

    18 de fevereiro de 2013 em 09:39

    merda, nem espera o ep final pra morrer gente do grupo dele…

  17. Valber Phoebus

    18 de fevereiro de 2013 em 09:34

    Opa. Esse conto tá muito bom. Parabéns aí pro autor. o/

  18. Matheus S.

    18 de fevereiro de 2013 em 08:50

    lefal…mudaram o layout

  19. Wanda Lavínia

    18 de fevereiro de 2013 em 08:27

    Intrigante… Muito intrigante…
    Vou parar de bancar ‘a crítica literária’ porque o Waldenis me deu um esporro nos comentários da segunda parte do Orfanato. Só por isso não vou falar o que achei desta parte.

    • Matheus S.

      18 de fevereiro de 2013 em 08:54

      vc dar sua opinião se quiser….ñ pelo que os outros dizem…..e a luz vai comentar aki daki a 5 minutos

  20. Bardock

    18 de fevereiro de 2013 em 06:44

    Layout da pagina inicial mudou, que dahora.

  21. Pensador Alternativo

    18 de fevereiro de 2013 em 01:49

    Aprende-se através do conto que na sua roda de amigos, pelo menos um deve ser espiritualizado, caso você não seja. rsrsr. Ótimo conto waldenis! ;D

    • Waldenis Angélico

      18 de fevereiro de 2013 em 08:18

      Exatamente isso! Valeu cara!

  22. Otavio Soares

    18 de fevereiro de 2013 em 01:40

    Ta dando raiva, todas as partes do conto tem um monte de chato que fica comentando que não leu, ou nem vai ler a historia. Entao pra que comentar uma idiotice dessas? Ve se cresce, e ve se le um pouco pra variar!

    Quanto à historia, apesar de eu ser ateu e achar religiao uma bobagem, a trama ta bem interessante e pena que a proxima parte vai demorar mais um pouco pra sair.
    • Litzen Vampiro

      18 de fevereiro de 2013 em 01:54

      pois é a historia esta interessante quanto aos humanos comentando que não leram, bom provavelmente para terem comentarios que não falem sobre a historia!

  23. Rodolfo

    18 de fevereiro de 2013 em 01:01

    … conto maneiro … vou ler pros meu decendentes nas outras dimensoes , quando for ensinar eles as minhas capirotagens

  24. Nokia

    18 de fevereiro de 2013 em 00:53

    rockeiro que é rockeiro morre batendo punheta no banheiro (8′

  25. Metalborn (saudades do ano passado)

    18 de fevereiro de 2013 em 00:22

    Depois de um texto desse tamanho que eu não vou ler parte nenhuma desse conto mesmo *yaoming*

  26. Emily braz

    18 de fevereiro de 2013 em 00:08

    o conto  ta maneiro porem muito longo … jeff posta logo a ultima parte … to curiosa 

  27. Finn

    18 de fevereiro de 2013 em 00:08

    Leio amanhã, luz caindo toda hora, gato é foda mesmo…

  28. From Hell

    17 de fevereiro de 2013 em 23:56

    Não li e não o lerei outra vez

  29. Matheus S.

    17 de fevereiro de 2013 em 23:32

    xat.com/minilokos

  30. João Fernandes

    17 de fevereiro de 2013 em 23:00

    Tá ficando cada vez melhor!

  31. João Fernandes

    17 de fevereiro de 2013 em 22:59

    Lá dentro, as pessoas que saltaram depois de muitas outras acabaram não morrendo, pois os corpos recém-falecidos amorteceram a queda. “

    Cara.i! Eu tinha comentado exatamente isso no último post do Shopping!
    • Waldenis Angélico

      18 de fevereiro de 2013 em 08:20

      Hahahaha’ É sério? Pois é cara! Tudo uma questão de lógica! 

  32. Noob Saibot

    17 de fevereiro de 2013 em 22:47

    Acho que eu sou o único que não leu nenhuma parte.

    nunca leio essa parada de contos… sou mais turma da mônica…
    • Spike Spiegel (antigo Tyler Durden/Damien Thorn)

      17 de fevereiro de 2013 em 22:57

      Somos 2…

    • Waldenis Angélico

      17 de fevereiro de 2013 em 22:51

      Não seria pq vc tem medo? Hahaha

      • Noob Saibot

        17 de fevereiro de 2013 em 22:53

        sem colocar adjetivos….

        é apenas uma fobia.
         IOAEIOAIOEIOAEIO
        • Waldenis Angélico

          17 de fevereiro de 2013 em 22:54

          Hahahaha Saquei!!

  33. Matheus S.

    17 de fevereiro de 2013 em 22:40

    revelação da noite: poison é homem

    • WAAAZAAAP

      18 de fevereiro de 2013 em 13:00

      NA HISTORIA DO PERSONAGEM “POISON” DIZ Q É OU ERA UM TRANSSEXUAL 

      ENTÃO EU JA DESCONFIAVA DISSO AI
    • Drubscky

      18 de fevereiro de 2013 em 10:57

      Meu Deus , eu tinha cantado essa bicha , e ainda por cima ele me mandou um “S2” , e pro Lobato também , eu pensei que fosse molier , STOU BOLADO COM A CITUAÇÃO.

      • Matheus S.

        18 de fevereiro de 2013 em 12:04

        conheço um noob saibot que passou por isso

    • SerjTankian

      18 de fevereiro de 2013 em 09:42

      isso não é surpresa, a poison do jogo tb é homem… e ele tava falando que não era mulher algumas vezes…

    • Shun

      17 de fevereiro de 2013 em 22:46

      Que porcaria ¬¬

      • Waldenis Angélico

        17 de fevereiro de 2013 em 22:47

        Quem é Poison? Kkkkkkkkkkkk’

        • Lucas

          17 de fevereiro de 2013 em 22:49

          • Matheus S.

            17 de fevereiro de 2013 em 22:59

            agr L responde….oq vc tava fazendo olhando o perfil da mina que na vdd é mino ? vc pranejava sua proxima vitima ?

            • Lucas

              17 de fevereiro de 2013 em 23:02

              Não , o Seth que me mostrou. ‘-‘

        • Shun

          17 de fevereiro de 2013 em 22:48

          É uma usuária que me chamou de lindo, e eu pensava que era mulher Ò_Ó

          • Matheus S.

            17 de fevereiro de 2013 em 22:52

            um usuario*

          • Waldenis Angélico

            17 de fevereiro de 2013 em 22:50

            O__O Puxa… Revelações…

    • Sanji

      17 de fevereiro de 2013 em 22:42

      Vish :S

  34. matheusdospraseresferreira

    17 de fevereiro de 2013 em 22:38

     Na parte de enfrentar seus demônios, bem no fim, eu senti um pouquinho de Naruto, quando ele vai pra cachoeira da verdade… huaauh Mas tá bem maneiro, eu não conseguiria fazer algo assim,até porque eu não tentaria. rsrs

  35. Super

    17 de fevereiro de 2013 em 22:33

    Mas.. Mas e se realmente  for real? 

    tudo isso realmente aconteceu, e o waldenis apenas mudou as características dos personagens! 
    VAI TER QUE EXPLICAR ISSO CARA!!! 
    • Waldenis Angélico

      17 de fevereiro de 2013 em 22:43

      Parece real pra você, Anônimo? ^^

    • Ana Caroline

      17 de fevereiro de 2013 em 22:33

      Vish O.o

  36. jeff zika Mc

    17 de fevereiro de 2013 em 22:30

    Vai começar o sarra sarra

  37. Ariane (brace yourselves, winter is coming)

    17 de fevereiro de 2013 em 22:25

    Eu já li pq o Waldenis é um fofo e me mandou o conto quando terminou de escrever. Morram de invejaaaaaaaaaaa

    • Bardock

      17 de fevereiro de 2013 em 22:28

      Nossa, que legal. (-.-)

    • Lucas

      17 de fevereiro de 2013 em 22:28

      Pra que eu morreria de inveja? .-.

    • Greg

      17 de fevereiro de 2013 em 22:27

      è por que vc é xerosa, eu tambem faria isso

    • Waldenis Angélico

      17 de fevereiro de 2013 em 22:26

      Óia os segredos, Ariane!! Kkkkkkkkkkkkk’

  38. Lucas

    17 de fevereiro de 2013 em 22:24

    Só vou ler esse conto quando acabar , assim é bem fácil pra ler.

  39. Lobo Alfa

    17 de fevereiro de 2013 em 22:21

    acho que vou rever todas as partes de uma vez 

    • Wagner

      17 de fevereiro de 2013 em 22:26

      Acho melhor assim. Fiz desse jeito no outro conto do Waldenis e gostei =)

      • Waldenis Angélico

        17 de fevereiro de 2013 em 22:28

        Oba! Faça isso mesmo! =D

  40. WAAAZAAAP

    17 de fevereiro de 2013 em 22:18

    Parabéns Waldenis!!!

    Será q acaba na parte 5????
    • Waldenis Angélico

      17 de fevereiro de 2013 em 22:21

      Pode deixar que acabará sim! Mesmo que seja mais longa a narrativa!!

      • jeff zika Mc

        17 de fevereiro de 2013 em 22:25

        Eae Waldenis Angélico(Like a angel),Vai fazer um livro ?

        • Waldenis Angélico

          17 de fevereiro de 2013 em 22:26

          Eu já fiz meu caro! Este conto já não é o suficiente? Hahahaha’

          • jeff zika Mc

            17 de fevereiro de 2013 em 22:29

            Vende livro doido,ganhar uma graninha 

            • Waldenis Angélico

              17 de fevereiro de 2013 em 22:30

              Não é uma má ideia! Poderia ser uma coletânea de contos! Um livro com uma história só deve ser muito estressante.

              • jeff zika Mc

                17 de fevereiro de 2013 em 22:33

                Tenta a sorte ae cara,mas lembra de nos depois :/ 

                • Waldenis Angélico

                  17 de fevereiro de 2013 em 22:38

                  “A todos os leitores do Minilua, o meu sincero agradecimento!” O que vc tá achando da história?

                  • jeff zika Mc

                    17 de fevereiro de 2013 em 22:41

                    Ta de boa 😛 

                    • Waldenis Angélico

                      17 de fevereiro de 2013 em 22:43

                      Só dibobs então u_u/

  41. Shun

    17 de fevereiro de 2013 em 22:13

    Um velho de 50 e poucos anos? como assim?

    Quando falou velho, eu imaginei um véi pelancudo de uns 90 e pouco quase morrendo… aí me vem com essa de um cara que tem nem 60, osh.
    • Waldenis Angélico

      17 de fevereiro de 2013 em 22:18

      Explicarei isso na ultima parte. Ora, um fantasma guarda a sua aparência daquele ultimo sentimento que sentiu em vida. E isso muda a sua aparência.

  42. Luz (Aloka!)

    17 de fevereiro de 2013 em 22:11

    Aloka, gentem!!

    Ansiosíssima para o final deste conto que está sendo perfeito até agora!!
    O Waldenis tá de parabéns mais uma vez!!
    Espero que ninguém morraa!!!
    • jeff zika Mc

      17 de fevereiro de 2013 em 22:23

      Todos morrem no final.

    • Waldenis Angélico

      17 de fevereiro de 2013 em 22:21

      Obrigado Luz! Já morrer… Não posso garantir nada!! Kkkkkkk’

      • Luz (Aloka!)

        17 de fevereiro de 2013 em 22:23

        Não mate os mocinhos!!!!!!!!!! Please!!!!!!!!

        D:
  43. Ana Caroline

    17 de fevereiro de 2013 em 22:11

    Gostei , esperando ansiosamente a parte 5 =|

  44. Truta Limão

    17 de fevereiro de 2013 em 22:10

    Eu fiquei com preguiça de ler, vou ler amanhã

  45. Lord Geo Dampierre

    17 de fevereiro de 2013 em 22:10

    to vendo que vai ter mais capitulo que a bíblia

  46. Greg

    17 de fevereiro de 2013 em 22:09

    Só não lerei porque não li a parte 1,2 e 3 também 

  47. jeandeassis

    17 de fevereiro de 2013 em 22:04

    O nome do conto me fez lembrar de uma fase do Left for Dead 2. .-.

  48. DeadPool®

    17 de fevereiro de 2013 em 22:03

    Queria que tivesse uma maneira de tirar a tela escura para que não fique forçando a minha visão ;-;

    • Wagner

      17 de fevereiro de 2013 em 22:22

      Ou experimenta desativar o JavaScript

    • Wagner

      17 de fevereiro de 2013 em 22:14

      Bloco de notas

      • DeadPool®

        17 de fevereiro de 2013 em 22:23

        Mas eu quero ler online, se não eu tenho que ficar formatando ;-;

  49. Gusttavo Lima e você

    17 de fevereiro de 2013 em 22:02

    Chega mais perto
    Vai quero te encontrar
    Quero saber onde você está
    Chega mais perto
    Vai quero te ouvir falar
    Falar de amor, pra quem não sabe amar
    Não quero mais saber de nada
    Nem mesmo te deixar e fugir na hora errada
    Entenda a melhor saída
    É te ter de vez na minha vida

    Tá afim de um romance, compra um Livro
    Se quer felicidade vem me ver de novo
    Mas se quer amor…
    Mas se quer amor!

    Chega mais perto
    Vai quero te encontrar
    Quero saber onde você está
    Chega mais perto
    Vai quero te ouvir falar
    Falar de amor pra quem não sabe amar
    Não quero mais saber de nada
    Nem mesmo te deixar e fugir na hora errada
    Entenda a melhor saída
    É te ter de vez na minha vida

    Tá afim de um romance, compra um Livro
    Se quer felicidade vem me ver de novo
    Mas se quer amor…
    Mas se quer amor!

    Tá afim de um romance, compra um Livro
    Se quer felicidade vem me ver de novo
    Mas se quer amor…
    Mas se quer amor!

  50. jeandeassis

    17 de fevereiro de 2013 em 22:01

    akk.li/pics/anne.jpg

    • João Fernandes

      17 de fevereiro de 2013 em 23:03

      Ai, meus olhos! Essas cores pulsando fazem eles doerem!

    • Matheus S.

      17 de fevereiro de 2013 em 22:26

      enviado do satanás…merece morrer queimado

    • Bardock

      17 de fevereiro de 2013 em 22:14

      Dahora a vida…

    • jeandeassis

      17 de fevereiro de 2013 em 22:02

      Droga. ‘-‘

      • Mila

        17 de fevereiro de 2013 em 22:10

        Céus, eu tive um treco aqui

        • jeandeassis

          17 de fevereiro de 2013 em 23:25

          Kkkkkkk

  51. Jeff Dantas

    17 de fevereiro de 2013 em 21:58

    E em breve, a parte V…Imagino q o final..hehehe

    • Gusttavo Lima e você

      17 de fevereiro de 2013 em 22:01

      O que é imortal 

      Não morre no final 
  52. Vini LP

    17 de fevereiro de 2013 em 21:55

    Oi e tchau 

    • Lucas

      17 de fevereiro de 2013 em 22:16

      Tudo fake seu, né Vini Lp. ¬¬ (menos o DeadPool)

      • DeadPool®

        17 de fevereiro de 2013 em 22:22

        É bem provável…

        • Vini LP

          17 de fevereiro de 2013 em 22:23

          São tudo fake nosso Lobato kkkkkk

          • DeadPool®

            17 de fevereiro de 2013 em 22:24

            Não sou fake do Lobato, caro Sr. Lobato, tenho estilo próprio HU3 HU3

      • Heike Masaomi

        17 de fevereiro de 2013 em 22:21

        Eu também não sou fake dele 

      • Matheus S.

        17 de fevereiro de 2013 em 22:20

        vc tbm é fake dele sr. L the killer

        • Vini LP

          17 de fevereiro de 2013 em 22:23

          … até você é meu fake 

          • Matheus S.

            17 de fevereiro de 2013 em 22:27

            sou nada…o lucianus ai que tem mas fake que o shun…alias todas as garotas daki são fakes do shun

        • Vini LP

          17 de fevereiro de 2013 em 22:22

          Todos aqui são meus fakes 

      • Oogami Rei

        17 de fevereiro de 2013 em 22:20

        Eu não sou fake não L

        Disso todos sabem 
      • Yuuki Tenpouin

        17 de fevereiro de 2013 em 22:19

        Eu também não sou 

      • Rui Hachiouji

        17 de fevereiro de 2013 em 22:18

        Eu também não sou fake 

    • DeadPool®

      17 de fevereiro de 2013 em 22:03

      EAE LOBATO

      • Oogami Rei

        17 de fevereiro de 2013 em 22:05

        E ae Lobato 

        • Narrador Sessão Da Tarde

          17 de fevereiro de 2013 em 22:06

          E ae Lobato 

          • Heike Masaomi

            17 de fevereiro de 2013 em 22:07

            E ae Lobato 

            • Chester Bennington

              17 de fevereiro de 2013 em 22:07

              E ae Lobato 

              • Faustão

                17 de fevereiro de 2013 em 22:09

                Quem sabe é o Lobato ao vivó bixó 

                • Lelouch Vi Britannia

                  17 de fevereiro de 2013 em 22:09

                  E ae Lobato 

                  • Chatão Bueno

                    17 de fevereiro de 2013 em 22:10

                    E ae Lobato 

                    • Rui Hachiouji

                      17 de fevereiro de 2013 em 22:11

                      Vish 

                      Alguém nesse site não é o Lobato ?
                    • Sakura Sakurakouji

                      17 de fevereiro de 2013 em 22:12

                      Acho que ele é todos aqui 

                    • Yuuki Tenpouin

                      17 de fevereiro de 2013 em 22:14

                      Vocês são loucos demais pra ficarem falando sozinhos =^.^=

  53. Mila

    17 de fevereiro de 2013 em 21:54

    E aí minilunáticos! Vale a pena perder tempo aqui?

    • The Dead

      17 de fevereiro de 2013 em 22:04

      prepare-se pros pedreiros…

      gata você é gata
      • Mila

        17 de fevereiro de 2013 em 22:07

        Sou a Gata dos Canais haha

        • Drubscky

          18 de fevereiro de 2013 em 10:51

          Oi Xerosa , seja bem vinda aqui  😀 Agora que já me apresentei , vou cantar Ocê :

          Gata você é Gata , rçrçr
          • Mila

            18 de fevereiro de 2013 em 16:21

            E aí xeroso, obrigada 🙂

          • Tachibana Kanade

            18 de fevereiro de 2013 em 10:52

            Gaú não perde uma.

            • Drubscky

              18 de fevereiro de 2013 em 11:01

              Não mesmo rçrç

              Mais e você ? Não lhe vejo cantando os cara. rçr
              E Já acabou o Carnaval , Chega de Moleza Kanade 😀
    • Bardock

      17 de fevereiro de 2013 em 21:59

      Depende de vc. 😀

    • Gusttavo Lima e você

      17 de fevereiro de 2013 em 21:59

      AH LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEKLEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEKLEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEKLEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEKLEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEKLEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEKLEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEKLEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEKLEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK LEK

      • Mila

        17 de fevereiro de 2013 em 22:03

        Que é isso?

    • Lucas

      17 de fevereiro de 2013 em 21:58

      Não , sai mais rápido que puder, ou se não…. 

      • Mila

        17 de fevereiro de 2013 em 22:01

        Se não?

        • Lucas

          17 de fevereiro de 2013 em 22:01

          ….Se não você não consegue sair daqui.

          • Mila

            17 de fevereiro de 2013 em 22:05

            Então acho que já era. Minilua já me cativou 🙂

            • Lucas

              18 de fevereiro de 2013 em 00:14

              Já que vai ficar aqui , então…………seja bem vinda ao minilua!!! ^^ 

              • Mila

                18 de fevereiro de 2013 em 16:22

                Valew 😀

      • Wagner

        17 de fevereiro de 2013 em 21:59

        Véi… Pior que é verdade ‘-‘

  54. Gusttavo Lima e você

    17 de fevereiro de 2013 em 21:51

    Normal Normal 

    Mamãe passou açúcar em mim 
  55. Mila

    17 de fevereiro de 2013 em 21:50

    Vou ler ainda  parte 1,2 e 3. Depois leio essa

    • Wagner

      17 de fevereiro de 2013 em 21:52

      Gostava da Nymeria =(

      • Mila

        17 de fevereiro de 2013 em 21:52

        Ela ainda tá viva!

  56. Jeff Dantas

    17 de fevereiro de 2013 em 21:49

    • Altair Ibn-La'Ahad

      18 de fevereiro de 2013 em 00:39

      me lembrou silent hill

      bons tempos aqueles em q eu andava por aquela cidade em busca de vingança
      OH, WAIT! O.o
    • Waldenis Angélico

      17 de fevereiro de 2013 em 22:00

      Caraca, Jeff! Exatamente assim as escadas para o subsolo!! Hahahaha’

      • Jeff Dantas

        17 de fevereiro de 2013 em 22:05

        Sinistras, não? Eu gostei logo de kra…haaahahahaha

        • João Fernandes

          17 de fevereiro de 2013 em 22:58

          Me lembra uma escada que tinha no final do Resident Evil 3.

    • Lucas

      17 de fevereiro de 2013 em 21:56

      Deve ser legal descer de skate nesse lugar. e_e

    • Bardock

      17 de fevereiro de 2013 em 21:53

      Parece a capa de um jogo de terror, só falta o logo.

    • Wagner

      17 de fevereiro de 2013 em 21:53

      Me lembrou de “Histórias de Fantasmas” . Era um desenho que passava na antiga Cartoon. Era Muito bom

      • Shiemi Chan

        19 de fevereiro de 2013 em 22:06

        Vagner Achei que fosse só eu que assistia esse Anime xD Pena que parou de passar :/

        • Wagner

          20 de fevereiro de 2013 em 10:09

          Vagner ;-;

    • 3 Hits

      17 de fevereiro de 2013 em 21:52

      meu antigo colegio em teresina tinha um tuneo que ligava os dois predios, q a entrada era mais ou menos assim, era tenso.

  57. Bardock

    17 de fevereiro de 2013 em 21:47

    Depois que eu ler a parte 2 e 3, eu leio essa. o/

  58. Narrador Sessão Da Tarde

    17 de fevereiro de 2013 em 21:44

    Nesse Shopping do barulho essa turminha pra lá de maluca vai aprontar as mais loucas confusões e enfrentar perigos de outro mundo nessa  misteriosa aventura que promete ser coisa de cinema !

    • Greg

      17 de fevereiro de 2013 em 22:31

      E ae Vault

  59. Shun

    17 de fevereiro de 2013 em 21:43

    Eita porra, essa imagem de sangue… gosto não, só vejo sangue em animes tipo CDZ

    • Bardock

      17 de fevereiro de 2013 em 21:46

      Nem tem tanto sangue assim, nunca vi ninguém perder o braço lá. u.u
      E orelha não vale. xD

      • Shun

        17 de fevereiro de 2013 em 21:49

        Mas é por isso mesmo que eu não tenho medo, é apenas um desenho e não tem muito sangue, apesar de a parte da olhera ser meio sinistra, e quando eles atingem o coração também (aparece a mão entrando no peito O_O)

        • Mila

          17 de fevereiro de 2013 em 21:52

          Idiotas virão corrigir que é Anime, não desenho

          • Shun

            17 de fevereiro de 2013 em 21:54

            Pois é, parece que não sacam que anime é desenho também, só que japonês… desenho japonês 🙂

  60. Wagner

    17 de fevereiro de 2013 em 21:43

    Não lerei porque ainda não li a parte III U_u

  61. 3 Hits

    17 de fevereiro de 2013 em 21:42

    Waldenis escreve muito bem, deve ta legal, mas tenho q ler as outras partes primeiro

  62. Eevee

    17 de fevereiro de 2013 em 21:41

    Ebaaaaaaaaaa 

241 Comentários
Topo