Contos Minilua: O demônio do vestiário #9

E no post de hoje, você confere mais uma história aterrorizante. Melhor dizendo, enigmática ao extremo. Veja:

                                                            O Demônio do vestiário

by: Daniel Martins

Era mais uma aula chata de matemática. Estávamos aprendendo sobre equações de 2º grau, mas eu não conseguia me concentrar na aula.

Não conseguia parar de pensar na história que Deivid havia me enviado no Facebook, sobre uma famosa lenda da escola. Muitos alunos acreditavam que o vestiário abandonado era assombrado, tudo isso porque há alguns anos atrás três alunas foram encontradas mortas misteriosamente no vestiário, que hoje fica fechado, e a morte delas ainda é um mistério.

Apesar de o vestiário ficar sempre fechado, era possível ouvir barulhos estranhos sempre que eu passava em frente a ele, já que ele fica perto do ginásio da escola. E sempre que eu e meus três melhores amigos Deivid, Leandro e Matheus e vários outros alunos passávamos em frente a ele, era possível ouvir barulhos misteriosos como batidas na porta, arrastar de correntes, e até mesmo uma voz demoníaca e grossa que às vezes ouvia chamar o meu nome.

Como eu sempre fui muito fã de mistérios e coisas sobrenaturais eu tive a ideia de ir ate ao vestiário abandonado e descobrir se realmente tinha algo de anormal nele ou se era tudo coisa da minha cabeça.

- O que você acha da gente ir ate o vestiário mais tarde e descobrir se tem alguma coisa lá? – perguntei a Deivid.

- Fala sério? Você acredita nessas lendas idiotas de que o vestiário é assombrado, que tem um demônio lá dentro? Isso é historia pra botar medo em criança, você já tem 14 anos e ainda acredita nisso?

- Se você não acredita nisso então porque me mandou isso no facebook? Não me diga que você esta com medo de ir lá!

- Eu só te mandei aquilo porque todo mundo estava falando sobre a lenda, eu não acredito nessas besteiras e não tenho medo de nada. Se você esta querendo tanto ir ao vestiário abandonado, então vamos ir!

- Então tá. 19 horas em ponto a gente se encontra em frente ao vestiário abandonado.

- Mas o vestiário fica fechado. Como a gente vai entrar lá dentro?

- Eu fui à sala da direção hoje antes da aula pra pegar a minha prova de português e conseguir pegar a chave sem a dona ver.

- Então tá. Vou chamar o Leandro e o Matheus, vai ser legal pra botar medo neles…

- Combinado. 19 horas então.

Finalmente a aula já estava acabando, não tirava os olhos do relógio esperando o sinal bater pra eu ir embora. Quando ele finalmente bateu, eu sai correndo pra chegar rápido em casa.

Já estava anoitecendo. Era umas 18:45 quando eu cheguei na escola e fui imediatamente ate o vestiário. Ninguém havia chegado ainda então eu encostei os meus ouvidos na porta do vestiário e ouço uns passos fortes e uns barulhos estranhos, como se fossem garras arranhando as paredes, e uma voz demoníaca chamava o meu nome insistentemente. O meu coração começou a ficar acelerado e eu estava tremendo, eu sentia que o medo estava se espalhando por mim. Então uma mão tocou o meu ombro.  Eu levei um susto, ao me virar eu vi que era o Matheus que havia me assustado.

- Será que o Deivid e o Leandro vão vir? Eles ainda não chegaram - Eu disse preocupado e muito assustado.

- Eles devem vir, ainda não é 19:00h. Daqui a pouco eles chegam. – responde Matheus.

Pouco tempo se passa e Deivid e Leandro chegam rindo da minha cara de medo.

- Não acredito que eu vim aqui por que você acredita nessas lendas idiotas. É obvio que é tudo mentira! – Leandro diz ironicamente

Ainda com muito medo eu pego a chave do meu bolso. Tinha um monte de chaves então eu vou tentando um por uma, tremendo de medo do que poderia estar lá dentro. Depois de um monte de tentativas finalmente eu consigo abrir a porta.

Então entramos todos juntos no vestiário, ele estava muito sujo, cheio de poeira, tinha ate baratas andando lá dentro, afinal fazia muito tempo que ninguém entrava lá. Não havia absolutamente nada de anormal nele, nesse momento eu fiquei aliviado e desapontado ao mesmo tempo.

Quando a gente se preparava para ir embora a porta se fecha sozinha, Deivid vai ate a porta para tentar abri-la mas não adiantou, estávamos trancados dentro do vestiário. Nesse momento começamos a ouvir um passo vindo do final do corredor junto com um arrastar de correntes que fazia um barulho Horrível e macabro. Eu fiquei desesperado, com medo do que podia aparecer.

Deivid, Leandro e Matheus ficam espantados e nem se quiser conseguem dizer algo de tanto medo, no final do corredor ele aparece. Era a coisa mais horrível e tenebrosa que eu já vi na minha vida. Era tão horrível que não tenho palavras para descrevê-lo. Ele era todo escuro, seus olhos eram vermelhos como fogo, e ele tinha dentes enormes e afiados como de um tigre e uma calda preta além de garras enormes como de um urso, e ele andava arrastando três correntes.

Enquanto ele andava em nossa direção, soltava uma risada maligna e sua voz demoníaca dizia coisas que não faziam sentido. Nesse momento a gente tentava abrir a porta desesperadamente mas não conseguíamos. Eu paralisei e comecei a chorar enquanto meu coração estava a mil, eu sentei naquele chão imundo e sem conseguir fazer nada eu o via se aproximando. Deivid, Leandro e Matheus gritavam sem parar pedindo socorro enquanto isso minha vista ficava fraca e eu não conseguia ver quase nada, comecei a passar mal e fui paralisando aos poucos e então eu desmaiei.

Quando eu acordei já era quase meia noite minha cabeça estava doendo e quando me levantei eu vi o corpo dos meus amigos todos mutilados. Os pés e as mãos estavam arrancados e os órgãos todos pra fora, um banho de sangue. A cabeça deles havia sido arrancada e fincada no teto com uma estaca de madeira, a escola estava cheia de policiais e peritos que fotografavam toda a cena sem entender o que poderia ter feito aquilo.

No espelho estava escrito com sangue a seguinte frase:




"Vocês podem não acreditar que eu existo, mas eu acredito em vocês."

Um policial me leva pra fora do vestiário enquanto eu fico paralisado sem entender o que havia acontecido, quando eu saio pra fora estava cheio de repórteres, policiais e curiosos querendo saber o que havia acontecido. Entre eles minha mãe e as mães dos meus amigos.

Muito tempo se passou e ate hoje eu não consigo entender o que aconteceu. Ninguém acredita no que eu digo e eu não sei por que aquela coisa não me matou. Eu saí da escola e mudei de cidade para tentar esquecer o que aconteceu, a escola ainda está aberta, e o vestiário permanece fechado até hoje. Muita gente diz que quando passa em frente ao vestiário ainda é possível ouvir uma risada maléfica e barulhos estranhos.

Reaja! Comente!
  1. Carlos Eugenio

    14 de junho de 2015 em 11:27

    muito tenso a situação,deu ate calafrios!!

  2. Izael de Moura

    28 de setembro de 2013 em 00:52

    Sempre as cabeças são arrancadas pqp rs

  3. Yruan Brito

    23 de setembro de 2013 em 11:26

    Eu Acho que o demônio só não matou ela pq ela tava desmaiada,ai o demônio pensou que ela já estivesse morta.

  4. Hagner

    16 de setembro de 2013 em 14:30

    só nao entendi se é ele ou ela as vezes se refere como ele as vezes como ela mas de resto gostei da historia pois na acredito sendo que seja verdade onde é esta escola conta ae se alguem souber

  5. Raquel Silva

    18 de abril de 2013 em 16:37

    Ok, a história foi boa, mas alguns erros de português realmente me incomodaram. Como: “agente”

  6. Stefany Souza

    13 de abril de 2013 em 12:30

    Essa historia é verdadeira? O.o

  7. Selma Camila Barbosa

    3 de fevereiro de 2013 em 00:15

    Gostei, mas queria que tivesse uma razão para a tal coisa não ter matado ela…

    • Izael de Moura

      28 de setembro de 2013 em 00:53

      Na verdade é ele.

  8. Anny Karolliny Duarte Teles

    21 de janeiro de 2013 em 12:46

    meu deus.. amei a história.. gostaria de saber o nome do colégio !! kkkk’ 

  9. Nikita Khrushchov

    6 de outubro de 2012 em 16:35

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKK Demônio burro, trocou “MAS” por “MAIS” KKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  10. Matheus Silva

    25 de setembro de 2012 em 20:55

    “Vocês podem não acreditar que eu existo, mais eu acredito em vocês.”
    acho q já vi esse filme.

  11. Thiago Nogueira

    6 de setembro de 2012 em 17:21

    nao me assustei, o melhor que eu vi aqui foi o do jeff

  12. Anônimo

    30 de agosto de 2012 em 00:59

    isso aí é mais um daqueles contos idiotas, que você acha em comunidades do orkut

  13. Patrick Lucena

    26 de agosto de 2012 em 22:00

    Eu entendi, o demônio não matou ele, pq ele acreditava que o demônio existia, e por isso o aviso no espelho acho.

  14. Lucas Caitano

    14 de agosto de 2012 em 15:28

    Pareçe so uma história de Terror
    mas se for vdd vei O.O

  15. Rafael Garcia

    10 de agosto de 2012 em 13:20

    Quase parei de ler quando apareceu ~Deivid~

  16. VanDrak SubZero

    9 de agosto de 2012 em 23:50

    Go go!!! Muito Bom XD . Só queria saber qual o motivo dele escapar… o demônio deveria ter dado um aviso…

  17. Gustavo Alexandre de Oliveira

    7 de agosto de 2012 em 12:28

    Preta**

  18. Gustavo Alexandre de Oliveira

    7 de agosto de 2012 em 12:27

    Uma tela presta cairia bem..

  19. Gustavo Vinicius

    6 de agosto de 2012 em 21:04

    essa e uma das historias mais mentirosas que eu ja vi, o cara mata 3 amigos dele  e ele sobrevive, kkkkkkkkkk, por favor ne

  20. Natanael Vieira

    6 de agosto de 2012 em 10:33

    Parabens, primo sua historia ficou muito boa *__* Publicaram meu conto tbem!!

    • Daniel Martins

      6 de agosto de 2012 em 13:43

      vlw manolo, seu conto tambem fico muito massa..

  21. gabrlm

    5 de agosto de 2012 em 19:35

    Adoro essas historias de terror que o minilua posta

  22. Patolino

    5 de agosto de 2012 em 13:29

    Muito bom esse conto, só faltou a tela preta

  23. Psycho The Cat

    5 de agosto de 2012 em 11:42

    Isso dá medo! [img]http://anselmoxavier.files.wordpress.com/2009/10/multa-gravissima.jpg[/img]

  24. Psycho The Cat

    5 de agosto de 2012 em 11:37

    Historia de crianças para crianças. 8-(

  25. jeff zika Mc

    4 de agosto de 2012 em 23:44

    Na cama te esculacho! 

  26. Slayer D

    4 de agosto de 2012 em 23:20

    Foodaa   , so achu que precisa de uma continuaçao , como o doidão ae ensima disse , mais ta fodon curti ..

    • Slayer D

      4 de agosto de 2012 em 23:22

      razão –  continuaçao //

  27. Um qualquer

    4 de agosto de 2012 em 23:03

    Interessante o conto, só tem um probleminha…. porque a tal coisa matou os amigos do cara e não o matou? Tinha que ter alguma razão.

    • Daniel Martins

      5 de agosto de 2012 em 10:46

      como o Jeff disse o conto é enigmatico, tente tirar suas conclusoes… xD

  28. Claire Redfield

    4 de agosto de 2012 em 22:54

    Os contos agora envolvem Facebook…

    • Daniel Martins

      5 de agosto de 2012 em 10:42

      quis deixar o conto mais moderno.. kkk

  29. Carol Nukenin

    4 de agosto de 2012 em 22:38

    E Ele não foi o principal suspeito do crime??? Que decepção, galera do CSI…

    • jeandeassis

      4 de agosto de 2012 em 22:44

      eu já sabia que era ele!CSI são noobs,L trabalha sozinho e já os supera![img]http://mariacrisnascimento.files.wordpress.com/2010/06/ryuzaki1.jpg[/img]

  30. GO TO SLEEP

    4 de agosto de 2012 em 22:14

    Satanás é você ? GO TO SLEEP!

  31. Coringa

    4 de agosto de 2012 em 22:00

    “Sou da selva,sou leão,sou de mais pro seu quintal”

  32. Pedro

    4 de agosto de 2012 em 21:48

    AINDA NÃO É 19 AINDA NÃO É 19 AINDA NÃO É 19 AINDA NÃO É 19 AINDA NÃO É 19 AINDA NÃO É 19 AINDA NÃO É 19 AINDA NÃO É 19 AINDA NÃO É 19 AINDA NÃO É 19 AINDA NÃO É 19 AINDA NÃO É 19 AINDA NÃO É 19 AINDA NÃO É 19 AINDA NÃO É 19 AINDA NÃO É 19 AINDA NÃO É 19 AINDA NÃO É 19 QUANDO EU SAÍ PRA FORA QUANDO EU SAÍ PRA FORA QUANDO EU SAÍ PRA FORA QUANDO EU SAÍ PRA FORA QUANDO EU SAÍ PRA FORA QUANDO EU SAÍ PRA FORA QUANDO EU SAÍ PRA FORA QUANDO EU SAÍ PRA FORA QUANDO EU SAÍ PRA FORA QUANDO EU SAÍ PRA FORA QUANDO EU SAÍ PRA FORA…

    • Bruno Melo

      4 de agosto de 2012 em 21:53

      [img]http://img152.imageshack.us/img152/8608/134377977948s.jpg[/img]

  33. Black King Mello

    4 de agosto de 2012 em 21:27

    O nome desse conto deveria ser: “Amigo é amigo, fdp é fdp #5″… xD

  34. jadecalixto

    4 de agosto de 2012 em 21:21

    Gostei, muito criativo.

  35. Zetsu

    4 de agosto de 2012 em 21:20

    sinistro…..

  36. Saskez

    4 de agosto de 2012 em 21:12

    para min demonios não passão de trolladores vindos da dimensão do plano astral negro para encher a paciencia dos pobres humanos . . .

  37. Lucas Nascimento

    4 de agosto de 2012 em 20:45

    A estória é boa, mas em certas passagens o autor usa o passado para descreve-la, como se tivesse contando um relato. Em outras, ele usa do presente, como se o fato estivesse acontecendo naquele exato momento. Precisa melhorar só isso e um pouco mais de personalidade para os personagens. 

    • Jeff Dantas

      4 de agosto de 2012 em 20:46

      Concordo, mas é uma questão de tempo tb, e de treinamento. ^^

      • Daniel Martins

        4 de agosto de 2012 em 21:00

        verdade nem havia reparado nisso e tambem eu repeti muitas palavras, é q eu nao tenho muito o costume de ler e nao escrevo muito kkk, mais de qualquer forma com o tempo eu vo melhorando e q bom q vcs gostaram do conto xD

  38. LOUCO

    4 de agosto de 2012 em 20:32

    alguem de vcs viram a TWILIGHT?

  39. Robson Hunter

    4 de agosto de 2012 em 20:31

    não deveria ser a tela preta??

    • Jeff Dantas

      4 de agosto de 2012 em 20:32

      Então, Robson. É que não tenho acesso a ela. :'(

      • Robson Hunter

        4 de agosto de 2012 em 20:33

        ah entendi, eu estranhei, pelo titulo, e não “ter” a tela preta 

  40. Marcos Vinícios

    4 de agosto de 2012 em 20:30

    “Eu fico desesperado, com medo do que podia aparece” ficou meio sem nexo essa fase no texto .. nao seria eu” fiquei” em vez de eu fico? 

    • Jeff Dantas

      4 de agosto de 2012 em 20:34

      Oi, Marcos. Em que período vc encontrou o erro? Em qual parte do texto? ^^

      • Marcos Vinícios

        4 de agosto de 2012 em 20:38

        bom o texto ja aconteceu entao tah no passado e não no presente… então o certo e eu fiquei e não eu fico.. o erro tah  neste paragrafo: Quando agente se preparava para ir embora a porta se fecha sozinha, Deivid vai ate a porta para tentar abri-la mais não adiantou, estávamos trancados dentro do vestiário. Nesse momento começamos a ouvir um passo vindo do final do corredor junto com um arrastar de correntes que fazia um barulho Horrível e macabro. Eu fico desesperado, com medo do que podia aparecer. 

        • Jeff Dantas

          4 de agosto de 2012 em 20:40

          Obrigado, Marcos. Foi um descuido meu. Agora sim, tudo certinho. ^^

          • Marcos Vinícios

            4 de agosto de 2012 em 20:49

            por nada…

  41. Goku

    4 de agosto de 2012 em 20:23

    Jeff tem q entrar na seção assustador. çoç

    • Jeff Dantas

      4 de agosto de 2012 em 20:26

      Em breve, eu prometo. ^^

  42. Lord Belial

    4 de agosto de 2012 em 20:23

    Era a coisa mais horrível e tenebrosa que eu já vi na minha vida. Era tão horrível que não tenho palavras para descrevê-lo. Esse cara me descreveu perfeitamente.

  43. Sheogorath, Prince of Madness

    4 de agosto de 2012 em 20:22

    Existe tanta coisa, que daqui a pouco vão criar o demônio do pudim.

  44. Adriano Hidden®

    4 de agosto de 2012 em 20:21

    porque sempre associam demônios com coisas ruins? isso é bulem!… tenho dó de Satan, pois é ele que terá que conviver com bilhões de seres humanos no inferno..

    • Sheogorath, Prince of Madness

      4 de agosto de 2012 em 20:23

      É verdade, tem gente que diz que viver no inferno é melhor que viver na Terra.

      • samsung

        5 de agosto de 2012 em 10:52

        tem gente que diz … kkkkkkk , quem foi lá pra dizer isso?

        • Sheogorath, Prince of Madness

          5 de agosto de 2012 em 18:23

          Pessoas que vivem na Terra, né espertão, é uma “especulação” que o humano tornou a vida na Terra pior que no inferno.

  45. Charlotte Scarlet

    4 de agosto de 2012 em 20:19

    Esta história me lembrou de quando eu estava na 7° série, uma vez estava eu e uma amiga minha em no corredor em frente a nossa sala de aula, ela estava me contando sobre filmes de terror que ela havia assistido e o trinco da porta da nossa sala começou a mexer sozinho, como se alguém estivesse tentando abrir, no começo nós levamos na brincadeira, mas o trinco não parava de mexer, até que a porta da sala do lado deu um baque, como se alguém tivesse chutado a porta, daí nós duas saímos correndo igual locas de medo, rsrsrsrsrsrs, até ninguém acredita nessa história, dizem que aquela sala é cheia de espiritos porque fizeram a brincadeira do copo nela, só não sei se é verdade. ‘-‘

    • Daniel Martins

      4 de agosto de 2012 em 20:56

      kkkkkkkkkkkk na verdade antigamente o vestiario da minha escola era assombrado, agente ouvia uns barulhos estranhos, quando agente entrava la a porta fechava sozinha todo mundo falava q via um cara de preto la dentro, eu fiz o conto inspirado nisso…

      • Charlotte Scarlet

        4 de agosto de 2012 em 21:09

        nossa! ‘-‘ muito legal! eu to faz um século querendo enviar uma história minha mas eu tenho preguiça rsrsrsrsrs, a hist´roa já está pronta na minha cabeça! só falta passa pro computador! rsrsrs

      • jeandeassis

        4 de agosto de 2012 em 21:07

        daniel,aposto 10 reais que era esse cara aqui > >

        • jeandeassis

          4 de agosto de 2012 em 21:11

          merda,não apareceu,tentar denovo…

      • Jeff Dantas

        4 de agosto de 2012 em 21:02

        Muito cuidado nessas horas. ^^

        • Jeff Dantas

          4 de agosto de 2012 em 21:28

          A propósito, este da foto sou eu. hahaha

    • Lord Belial

      4 de agosto de 2012 em 20:27

      sim tem alguns espíritos lá até eu vou la visitar meus parentes(demônios) as vezes

    • Jaci Moraes

      4 de agosto de 2012 em 20:27

      Viish Teem qq’ Veer Issoaê!! 🙂

      • Charlotte Scarlet

        4 de agosto de 2012 em 20:31

        rsrsrsrs, também tem uma história de que uma aluna depois de brincar com a brincadeira do copo na sala o professor começou a brigar com ela, então ela saiu da sala e quando ela saiu pra fora a porta bateu sozinha atrás dela e que os alunos que estavam dentro da sala viram um tipo de um bicho indo atrás dela, mas essa eu também acho que é lorota! eu já joguei o jogo do compasso varias vezes na sala, e ela não ficou assombrada! rsrsrsrsrsrs

        • Nathan Barros

          4 de agosto de 2012 em 20:52

          véi,véi,véi saiu ´pra fora de nv?? X_x to morrendo aqui .. véi sério parem com esses erros .. é que sou alergico a erros gramaticais e se continuarem meus orgãos internos vao sair pra fora.

          • Charlotte Scarlet

            4 de agosto de 2012 em 21:04

            (sarcasmo mode on) Oh! minhas humildes desculpas ao Senhor, pelo meus terríveis erros gramaticais! imagino que o senhor deva ser algum renomado professor de português para fazer uma tão perfeita correção a esse meu pequeno e fútil comentário! (sarcasmos mode off) ¬¬’  mas acredito que alguém que escreva tantos “véi” na mesma sentença, e abreviações nomo “nv” e que se esquece de acentuar uma simples palavra como “alérgico” e que se esquece do ~ em “vão” não tem nem se quer o direito de pensar em corrigir alguém!

            • VanDrak SubZero

              9 de agosto de 2012 em 23:47

              FATALITY… Charlotte Wins!!

            • samsung

              5 de agosto de 2012 em 10:50

              Charlotte Scarlet:  Win

  46. Baphomet

    4 de agosto de 2012 em 20:15

    Não sei o porque, mas não gostei..

  47. Jaci Moraes

    4 de agosto de 2012 em 20:15

    Gostteiii 🙂 Mee Leembra Mtto uma Lenda qq o Povo Contta na Miinha Escoola Tbm no Vesttiariio de Educação Fisiica,Falam qq Uns 5 Anos Attras uma Meniina Teeve uma Overdose,Ela Tenttava Pediir Ajuda,Mas Como Esttava Soziinha Ngm Ouviiu e Ela Acabou Morrendo,e Hoje Falam qq se Vs Foor Soziinha no Banheiro..Daa p Ouviir Ela Pediindo Por Ajuuda…

    • Selma Camila Barbosa

      3 de fevereiro de 2013 em 00:11

      Tenho medo de estudar na sua escola…

    • Charlotte Scarlet

      4 de agosto de 2012 em 20:21

      Nossa que maneiro!

    • Jeff Dantas

      4 de agosto de 2012 em 20:17

      Nossa, que interessante! E aí, vc não ficava com medo? ^^

      • Lord Belial

        4 de agosto de 2012 em 20:29

        o minilua devia juntar uma galera para desvendar estes misterios isso seria muito show.

        • Paulo Henrique

          4 de agosto de 2012 em 21:05

          entao to dentro,amo esses misterios,a maioria das vezes q acordo na noite eu vejo coisas sinistras no meu quarto,e quando pisco nao esta mais la

      • Jaci Moraes

        4 de agosto de 2012 em 20:26

        Naao 🙂 Naao Consiigo tter Meedo Dessas Coisas u.u 🙂

  48. Vinicius Eduardo neves

    4 de agosto de 2012 em 20:14

    sem tela preta n tem graça

    • Estela Diniz

      19 de março de 2013 em 19:07

      aki no meu pc deu tela preta sim!!!

    • Jeff Dantas

      4 de agosto de 2012 em 20:15

      Já conversei com a direção, e estou providenciando. ^^

  49. Carolina Monteiro

    4 de agosto de 2012 em 20:14

    Muito foda a historia, mas se ao menos tivesse a tela preta ficaria bem melhor… 

  50. jeandeassis

    4 de agosto de 2012 em 20:08

    muito legal a historia,queria que acontece-se isso comigo algum dia da minha vida!!(detalhe : só não fui o Frist porque queria comentar algo com lógica,e queria ler a historia antes de comentar)!

    • Jeff Dantas

      4 de agosto de 2012 em 20:29

      [img]http://2.bp.blogspot.com/-6OCXeyws0Kc/T_WY-lFQgvI/AAAAAAAAAQ0/Vh1aWSDvDvw/s1600/5567demonio.jpg[/img]

      • jeandeassis

        4 de agosto de 2012 em 20:35

        Ôpa se fosse essa succubus,eu me entregava facilmente!! Kkkkkk (inferno ai vou eu)

        • Vegeta

          4 de agosto de 2012 em 23:07

          Me espera que eu voh contigo! 

  51. Jeff Dantas

    4 de agosto de 2012 em 20:08

    No geral, eu gostei bastante do conto. Mas é claro, evitaria alguma repetições. Entre elas, a da palavra “vestiário”. ^^

    • Wagner

      4 de agosto de 2012 em 20:32

      Sem falar no “mais” (sendo que deveria ser “mas”), agente e calda…

    • Antonio Filho

      4 de agosto de 2012 em 20:14

      Sem falar no “[…] quando eu saio pra fora […]” kkkk

      • John Lennon

        6 de agosto de 2012 em 15:48

        Um pleonasmo.

  52. Danrley Silva

    4 de agosto de 2012 em 20:08

    medo u.u

  53. laxcantloarruda

    4 de agosto de 2012 em 20:07

    Parem com esse ÇoÇ

    • Jeff Dantas

      4 de agosto de 2012 em 20:09

      É sério, galera. Se continuar assim, terei que deletar todos os coments relacionados. 

      • Sou maggotinho Seu amiginho

        5 de agosto de 2012 em 07:36

        Apaga sasporra tutooooooooooo jeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeff….u.u

      • Goku

        4 de agosto de 2012 em 20:12

        çoç não tem nada de mais e apenas uma expressão q eu gosto de usar de varias formas e uma delas e a de aprovação

        • Jaci Moraes

          4 de agosto de 2012 em 20:17

          Ah Siim 🙂

          • Goku

            4 de agosto de 2012 em 20:19

            vamos minha linda seja adepta dele tambem é legal =]

            • Jaci Moraes

              4 de agosto de 2012 em 20:20

              HAHAHA’ Naao Amr,Mtto Obriigada 🙂

              • Goku

                4 de agosto de 2012 em 20:22

                vamos diga, vamos 🙂

106 Comentários
Topo