Contos Minilua: Dolls Maker #138

Sim, e desde já, contamos com a sua participação. O e-mail de contato: [email protected]! A todos, uma excelente leitura!



Dolls Maker

Por: Juliana Lopes

Era o cara dos sonhos. Gentil, educado, um verdadeiro lorde. Nunca foi em sua casa pois ele morava sozinho e “não ficava bem pra uma moça de família ir na casa de um homem solteiro”. Ela amava isso nele, mas também estranhava. As vezes queria ir mais longe mas ele sempre muito respeitador não permitia. Se acostumou com isso enfim.

As amigas perguntavam, instigavam e ela sempre escapava das respostas. Não queria decepcioná-lo, mas um dia não aguentou e pediu para ir em sua casa.

- Ainda não amor… – ele dizia. – Um dia vamos ficar juntos para sempre.

- Mas amor… Eu confio em você. Sei que nunca fará nada que eu não queira. Me deixe ver pelo menos como é…

Passou a noite insistindo mas não houve jeito. Ele a deixou na porta de casa para ter certeza que ela não o seguiria depois e assim passaram-se os dias.

Ela se irritou. Em um dia de feriado, levantou cedo e foi. Sabia que ele estaria em casa afinal, no dia anterior houve uma festa da empresa. Sabia onde era mas nunca tinha entrado e nesse dia tocou a campainha e fez praticamente uma vigília do lado de fora. Ele ligou para ela, pediu que fosse embora, mas ela não queria conversa. Nem as dores de cabeça que ele sentia devido a leve ressaca foram suficientes e então ela entrou.

Viu vários papéis e anotações sobre a mesa de centro e alguns aparelhos cirúrgicos sobre o sofá. Ele a olhava com aquela cara que as pessoas fazem quando estão com dor e ela não reparou quando ele trancou a porta.

- Pronto. Você queria entrar. Entrou. Satisfeita?

- Nossa amor. Pra quê tanto mistério? E por que esses aparelhos se você nem é médico?

- Você pergunta demais… Quer saber coisas demais.  - Agora ele estava próximo da mesa e recolhia e organizava alguns papéis.

- O que você está me escondendo?

- Isso.

Ele lhe deu os papéis e foi para a cozinha. Ela notou que ele tinha anotado toda a sua rotina e medidas do corpo, desde o peso ao tamanho do pulso e comprimento do cabelo. Quando ele voltou, ela sentiu apenas uma forte dor de cabeça e não viu mais nada.

Ao acordar viu um taco de beisebol no chão e sentiu um lado da cabeça latejar. Com a consciência retomada percebeu que estava amarrada em uma cadeira e ele estava sentado em outra a sua frente. Ele olhava para ela com olhos famintos e inquietos, olhos grandes de um bicho que está prestes a atacar.

dolls

- Você sabe o que são os Dolls Makers?

- O que está acontecendo?

Dolls Makers, são uma organização que produz bonecas sexuais. Porém, só quem tem muito dinheiro mesmo consegue adquirir o material deles afinal, o processo de fabricação é longo, mas o material é de excelente qualidade.

- Do que você está falando?

- Preste atenção meu amor, senão você se perde… Eu pensei em adquirir uma boneca por eles, mas eu ainda não tenho muito dinheiro e percebi que era mais barato aprender a técnica deles do que comprar feita. Claro que a qualidade não vai ficar tão boa mas… Vai servir.

- Por que está me olhando assim?

- Sabe como as bonecas são fabricadas? Os Dolls Makers que caso você queira saber, não existem por aqui, pegam meninas de orfanatos, entre 9 e 10 anos e as levam para suas casas. Lá eles lhes dão banhos e depois várias anestesias. Depois eles amputam seus braços um pouco acima dos cotovelos e as penas bem acima dos joelhos, assim elas jamais poderão fugir deles.

Mas como esteticamente, tocos de braços e pernas são feios, eles anexam uma barra de metal de pelo menos cinco centímetros bem firme ao osso antes de costurarem as feridas. A outra ponta da barra é em formato de rosca de parafuso para que se possa colocar qualquer coisa ali e pendurar a boneca onde quiser…

- Pare, me solte! Eu não quero ouvir mais! Você é louco.

- Calma meu bem! – Ele agora segurava seu queixo com a mão firme. – Você não queria entrar? Então vai ouvir até o fim!

Ele tremia mas a mão segurava seu rosto frágil extremamente forte. Ela sentia sua respiração quente a frente do rosto e notou como seus olhos brilhavam.

- Eles cuidam das feridas para não infeccionarem e uma vez curadas, são colocadas bases de silicone e veludo branco para ficar mais bonito visualmente. Uma vez com os braços e pernas completamente recuperados, se as meninas sobreviverem, é hora de cortar suas cordas vocais e tirar seus dentes, e pra não deixar elas simplesmente banguelas, é colocado uma prótese de silicone, assim, se tentarem morder não machuca. Seus olhos também são danificados de forma que ela não vai conseguir enxergar mais que vultos e luz. Depois de toda a recuperação é feito todo um treinamento e assim elas se tornam brinquedos sexuais vivos.

- Isso é… Doentio. Me solta agora! – Ela começou a gritar.

- Já disse. Cala a boca! – Ele se aproximou tanto de seu rosto que teve medo de levar um soco. – Como eu ia dizendo, além de todo esse processo, quem compra a boneca fica totalmente responsável por ela pois ela vai precisar de ajuda para comer e para todas as suas necessidades. Eu adoraria comprar uma mas…

Não tenho dinheiro para comprar e nem dinheiro para ir no lugar onde são fabricadas, então, resolvi fazer uma pra mim, só que já crescidinha. – Ele deu um sorriso bem aberto onde era possível ver todos os seus dentes. Era um sorriso insano e ao olhar em suas mãos, ela percebeu que ele agora segurava uma seringa e se aproximava dela novamente.

- Você vai ser minha boneca meu amor… Eu queria esperar mais, para conseguir uma desculpa convincente para seus pais e amigos, mas você, não me deixa outra escolha…

- Me solta, por favor! – Ela chorava. – Eu prometo que não conto nada pra ninguém e nunca mais te procuro. Prometo de não vou te denunciar pelas suas insanidades mas por favor, me deixa ir embora!

- Meu amor… – disse ele suavemente passando a mão em seu rosto – Você que quis entrar aqui. Eu não ia deixar, mas você insistiu. Minha dor de cabeça ainda não passou. Você queria entrar e entrou, mas agora não vai sair mais. – sua voz era grave e pesada e só fez com que ela chorasse mais e mais alto, com isso, levou um tapa forte na boca e logo em seguida sentiu a agulha em seu braço.

Ao acordar, estava deitada e amarrada numa maca, e ele com um jaleco branco preparando mais seringas.

- Agora que você já está mais calma, vamos começar o procedimento. Se meninas de nove e dez anos aguentam, tenho certeza que você meu bem também vai aguentar. – ele dizia isso com o mesmo sorriso insano de satisfação no rosto. Ela ia tentar gritar mas quando percebeu já estava adormecendo de novo e então, o processo começou.

Reaja! Comente!
  1. Carlos Eugenio

    21 de julho de 2015 em 19:36

    ótima historia!!

  2. YODA ZICA

    24 de abril de 2015 em 21:11

    eu quero uma boneca, mas achei q teria mais historia kkk quando tava ficando bom acabou 🙁

  3. Vivi Nobre

    11 de novembro de 2014 em 15:24

    A estória foi boa, mas confesso que espera uma final mais impactante.

  4. Gabi Croft

    16 de maio de 2014 em 11:48

    muito legal =)

  5. Ester

    16 de novembro de 2013 em 09:48

    Medo =x

  6. Morte Original

    7 de novembro de 2013 em 22:06

    o que me lembra que um dia eu comecei um conto pro site, mas acabei tendo que me dedicar a outros trabalhos… talvez um dia eu acabe ele e mande pra cá

  7. Dark J

    7 de novembro de 2013 em 21:37

    O conto foi bom, apesar de eu já ter visto no lado negro
    http://www.cuandoerachamo.com/wp-content/uploads/2006/12/mrburns.jpg

  8. Panda Japones

    7 de novembro de 2013 em 18:51

    Odeio essa história mesmo. Mesmo.

  9. João Paulo Carvalho Rodrigues

    7 de novembro de 2013 em 18:39

    mas que cara mais FDP, vai queimar no nos inferno

  10. Garota Infernal

    7 de novembro de 2013 em 17:06

    Bem feito, bem elaborado, porém, um pouco mal executado. Senti falta de drama e aflição. Senti falta da dor e da agonia, e por hora, sono. O autor deveria ter colocado mais ação no conto, mais detalhes, talvez uma luta, ou talvez pudesse ter criado um vínculo afetivo mais forte entre a vítima e o vilão. Outra coisa que me deixou um pouco decepcionada foi que quando o vilão explicava o procedimento para a vítima, foi ctrl+c ctrl+v, ou seja, o autor não escreveu, não descreveu com as próprias palavras, mas sim, copiou parte do Creepypasta original. Outra coisa que me deixou bastante confusa foi que ele disse “Fabricar uma boneca é mais barato que comprar.”. Não! Não é mais barato, são muitos procedimentos e sem contar que ele precisaria da ajuda de um médico, e no mercado negro ninguém faz nada de graça, muito menos por mixaria. Gostei e me decepcionei um pouco, daria para aprimorar mais o conto, porém parece que vai ter uma parte 2, e talvez tudo o que eu tinha dito não seja importante.
    Prós: Uma boa história é uma arma literária poderosa!
    Contras: Cópia de trechos do conto original… nas falas do vilão e algumas informações erradas durante o texto.
    Nota: 6

    Lembrando que eu já fiz um conto baseado na Dolls Maker: A morte em vida:

    [img]http://4.bp.blogspot.com/-Mpwnn2N0AE0/Uh-aSRtcUhI/AAAAAAAAAFM/dIXWX_gRpls/s400/Capturar3.JPG[/img]
    http://contosocontadordehistorias.blogspot.com.br/2013/08/a-morte-em-vida.html
    “Eu já não podia mais alimenta-la. As lágrimas correm por meus olhos quando digo isso. Um homem, um médico, veio com uma mulher, e disse que ela era estéreo e não podia ter filhos. Eu pedi para me manter comunicada com minha princesinha. Eu não podia deixa-la morrer de fome. Eles á levaram. Eles não ligaram para meu trabalho, por semanas eu não falei com ela. Até que eu recebi um telefonema desesperado.”

    • Juliana Lopes

      7 de novembro de 2013 em 20:33

      E não, não vai ter continuação.

      • thiagosilva lp

        7 de novembro de 2013 em 20:59

        Juh cruel :'( // posso te chamar de Juh???

        • Juliana Lopes

          7 de novembro de 2013 em 22:05

          pode ^^

    • thiagosilva lp

      7 de novembro de 2013 em 20:30

      lendo morte em vida, quando a mulher está no telefone com a filha, me arrepiei ‘-‘… vc escreve muito bem

    • Juliana Lopes

      7 de novembro de 2013 em 20:16

      Obrigada pela crítica! Realmente eu poderia ter incrementado mais, mas como inicialmente fiz pro meu blog, preferi deixar desta forma mesmo. Sobre a “cópia”, no post original feito no meu blog eu coloco a referência de onde tirei e cito que realmente fiz inspirado na história dos dollsmakers, logo é natural que realmente houvesse partes iguais. Sobre o “mais barato”, coloquei para dar um tom de deboche, já que ele preferia criar a dele que comprar uma…

      Obrigada mais uma vez, é bom quando alguém que entende do assunto fala algo sobre e ajuda de maneira construtiva!
      beijos

    • Hyoga de Cisne

      7 de novembro de 2013 em 18:45

      Lol vc escreve mt bem e.e da pra ser escritora xD

    • Lucas Rodrigues

      7 de novembro de 2013 em 17:12

      Porque você não envia seus contos pro Jeff? Pelo o que eu vi nessa amostra grátis, você escreve muito bem 🙂

      • Garota Infernal

        7 de novembro de 2013 em 17:24

        Eu já mandei um mais tá na geladeira há alguns meses. Ai eu vi ficava escrevendo, escrevendo e escrevendo, então fiz meu próprio. Você é muito Legal, lucas 😀

        • Jeff Dantas

          7 de novembro de 2013 em 18:36

          Sério, qual o título do seu conto? Deixa eu dar uma olhada aqui… ^^ 🙂

          • Garota Infernal

            8 de novembro de 2013 em 17:29

            Não ficou tão bom quanto os outros, e vou explicar por que: neste momento eu estava escrevendo minha verdadeira obra prima(que não é nenhum desses) e não consegui dar a atenção necessária a este conto, mas o nome dele é “contato sobrenatural”, mas, como eu disse, ninguém nunca leu ele e eu nunca consegui saber se era bom o suficiente ou não, mas mesmo assim, eu enviei ele, acho, que em maio e até agora não, e me lembro de ter lido em um site que os contos são postados por ordem de chegada(aqui), então presumi que não valia tanto a pena pois se eu tivesse mandado esses contos eles só iriam aparecer depois de muito tempo, mas ai eu fiquei na dúvida… Jeff, que meios você usa para escolher os contos que vão ser postados?

            • Lucas Rodrigues

              8 de novembro de 2013 em 17:43

              A segunda parte de O Ceifador eu enviei em julho e até hoje não foi postada T_T

        • Lucas Rodrigues

          7 de novembro de 2013 em 17:33

          Eu já enviei uns cinco pro Jeff:
          Natasha: A caçadora de vampiros
          Fera Indomável
          Espantalho
          Em busca da felicidade
          Presos no elevador
          O Ceifador (parte 2)
          Este último, nem sei quando vai ser postado, mas espero que seja em breve, num me aguento de tanta ansiedade kkkkkk 🙂
          Você também é muito legal XD

    • Garota Infernal

      7 de novembro de 2013 em 17:08

      Ah, também queria divulgar uns contos novos que eu escrevi:

      [img]http://cinetoscopio.com.br/wp-content/uploads/2013/07/melancolia-corpo-do-texto.jpg[/img]

      http://contosocontadordehistorias.blogspot.com.br/2013/10/nao-era-para-ser-justo-com-voce.html
      Não era pra ser justo com você

      “Ela entra vagarosamente no apartamento. Ela dá os 3 primeiros passos e o chão parece falhar. Ela olha e vê que o lugar onde ela pisou afundou.
      – O que?- Exclama ela, pensando ser uma falha na estrutura do prédio.
      De repente o chão começa a derreter, como cera.
      Ela tenta chegar até a porta mas afunda no chão. “

      • Garota Infernal

        7 de novembro de 2013 em 17:11

        [img]http://1.bp.blogspot.com/-p-O2a4QzqxM/UncC4ux3IAI/AAAAAAAAAFs/PIM-bSDar6I/s640/homem-assustado-raindogs_by_baddogltd.jpg[/img]
        Abandoned
        http://contosocontadordehistorias.blogspot.com.br/2013/11/abandoned.html
        Esse tem um segredo que eu acho que vocês vão gostar, mas eu só conto se forem sinceros sobre ele, sempre gostei de ficção científica então queria saber se sou boa com esse tipo de conto:

        “- Glória Deus! Jesus Seja louvado. Finalmente encontrei um outro sobrevivente. Escute filho, preciso da sua ajuda, a experiencia deu errado e todo mundo morreu! AAAAh.
        Ele nem teve tempo de terminar, uma criatura vermelha e cheia de dentes emergiu do teto quebrado(há semanas, por sinal) e comeu ele, mas deixou um monte de partes do corpo dele cair no chão, ele conseguiu esquartejar o cara numa só mordida!”

  11. Rafaella Cristina

    7 de novembro de 2013 em 16:47

    é ate legal!!

  12. Myllena Lara

    7 de novembro de 2013 em 16:16

    Texto curto e explicativo, pena que não deu medo e não passa de uma estória, afinal nada disso é possível.

    • Felipe H

      9 de novembro de 2013 em 16:53

      é sim. Ja ouviu falar na deep web ?

  13. Lilian

    7 de novembro de 2013 em 15:02

    Ótimo conto, parece até que eu estava vendo tudo acontecer… Muito bom conto, está de parabéns Juliana

  14. Juliana Lopes

    7 de novembro de 2013 em 14:22

    Quem quiser conhecer mais do meu trabalho, além de visitar meus blogs, pode me add no face também ^^
    https://www.facebook.com/juhlianalopes

    • Lucas Rodrigues

      7 de novembro de 2013 em 16:00

      Juliana você já leu o meu conto? espero que goste ^^
      [img]http://luadesangue.com/contos-minilua-o-ceifador-114/[/img]

  15. Camila Cavalcante

    7 de novembro de 2013 em 13:57

    Esse conto tá tão MAL escrito que nem consegui chegar ao fim -_-

    • thiagosilva lp

      7 de novembro de 2013 em 20:19

      no dia que vc escrever melhor que ela, eu vou aí onde vc mora apertar sua mão 😛

    • Juliana Lopes

      7 de novembro de 2013 em 14:20

      Legal, faça um melhor e me mostre depois, ok! Estou no aguardo ^^

  16. Lucas Madalão de Sousa

    7 de novembro de 2013 em 13:20

    Conto da deep web appers!

  17. capeta urbano

    7 de novembro de 2013 em 12:22

    sinistro kkkk

  18. thiagosilva lp

    7 de novembro de 2013 em 12:21

    Juliana sempre arrasando nos contos. ansioso pela próxima parte \o/

    • thiagosilva lp

      7 de novembro de 2013 em 12:31

      vai ter uma parte dois né? ‘-‘

      • Juliana Lopes

        7 de novembro de 2013 em 14:20

        kkkk não, não vai… Vai ficar chupando dedo ai na vontade kkkkkk

        • thiagosilva lp

          7 de novembro de 2013 em 20:18

          :'( kk’

  19. Lohan Tonini

    7 de novembro de 2013 em 11:54

    Bacana Silent Hill 2 Revelation bacana

    • Unnamed

      7 de novembro de 2013 em 13:19

      por acaso essa camisa é do Kiss?

      • Lohan Tonini

        9 de novembro de 2013 em 16:13

        Sim : 3

  20. Juliana Lopes

    7 de novembro de 2013 em 09:42

    Oi gente, acho que alguns já viram alguns dos meus contos que já foram publicados aqui.
    Esse eu fiz pra comemorar um ano do meu blog, com base da creepy que eu tinha lido no Eutanásia Mental.

    Espero que gostem e quem quiser conhecer mais do meu trabalho:
    http://maisumpsicopata.wordpress.com/
    e tbm no http://eutanasiamental.com.br com a série “Um amigo, de um amigo meu”

    beijos

  21. Dr. Sheldon Cooper

    7 de novembro de 2013 em 09:26

    Na verdade, contos com temas assim não me atraem. Quem gosta é o Raj.

    • Marcio MF

      7 de novembro de 2013 em 18:31

      sempre que leio seus comentários fica na minha mente com a voz do Sheldon kkkk

      • Dr. Sheldon Cooper

        8 de novembro de 2013 em 01:06

        Ah, para. Tá me deixando encabulado.

        [img]http://raccoonnookkeeper.files.wordpress.com/2012/05/sheldon-smile.gif[/img]

  22. Augusto Dreyar

    7 de novembro de 2013 em 08:46

    Interessante :3 tem mais alguma história assustadora?

  23. Lucas Rodrigues

    7 de novembro de 2013 em 07:29

    Muito boa história, brilhantemente inspirada na creppypasta da Deep Web. O suspense presente na narrativa deixa o leitor com a imaginação aberta, pensando nas cenas como se fosse um filme (e daria um bom filme). O final já era esperado e um tanto óbvio (pra quem leu a creppy), mas nem por isso o conto deixa de ser bom.
    Nota: 10,0 – Excelente, parabéns à autora ^^

    • Lenalee

      7 de novembro de 2013 em 12:56

      Vc é um bom crítico. Parabens pra vc tbm, Lucas. ^^

      • Lucas Rodrigues

        7 de novembro de 2013 em 14:08

        Valeu XD

    • Juliana Lopes

      7 de novembro de 2013 em 10:19

      Obrigada ^^

  24. Litzen Vampiro

    7 de novembro de 2013 em 01:41

    Rapido,ate seria interessante, o que estragou foi porque ja tinha lido a creepypast, então o final ja tava obvio…

  25. Luís Felipe

    7 de novembro de 2013 em 00:06

    É… até q foi bonzin.

  26. Phoenix Whight

    6 de novembro de 2013 em 23:41

    Essa foi boa história de terror.

  27. pattreson junior

    6 de novembro de 2013 em 23:40

    legal

  28. Terrorista

    6 de novembro de 2013 em 23:28

    Eles anputam as penas?

    • Terrorista

      6 de novembro de 2013 em 23:29

      Também tem uma parte que tem um “q” no lugar de “que”. .-.

      • Jeff Dantas

        6 de novembro de 2013 em 23:44

        Prontinho, corrigido! ^^ 🙂

  29. Terrorista

    6 de novembro de 2013 em 23:16

    E no final quem são ganhando fui eu,pois não li o conto.

    • Garota Usurpadora

      7 de novembro de 2013 em 17:19

      não li completamente , as palavras estavam muito filisofadas e sacomé ne , isso CANSA !

    • Um qualquer

      7 de novembro de 2013 em 10:17

      E claro, não perdeu o costume de ser chato, comentando asneiras, né?

    • Terrorista

      7 de novembro de 2013 em 02:32

      Saiu*

  30. Almir Oliveira

    6 de novembro de 2013 em 23:06

    Menina pega na boneca e bota ela de pé…

    • Ciclista Velame

      7 de novembro de 2013 em 16:11

      Digão aprovs

  31. Mime

    6 de novembro de 2013 em 22:52

    uiiii que medinhooo jeff :3

  32. Jeff Dantas

    6 de novembro de 2013 em 22:52

    • Morte Original

      7 de novembro de 2013 em 21:58

      nada, super gente boa ela

    • Lenalee

      7 de novembro de 2013 em 13:03

      Fiquei com medo da Juh agora. =s

      • Juliana Lopes

        7 de novembro de 2013 em 14:21

        Medo por quê? sou tão boazinha *–*

        • Jeff Dantas

          7 de novembro de 2013 em 15:24

          Boazinha??? Vc é terrível, Juh! Terrívellllllll! hahahahaha

        • Lenalee

          7 de novembro de 2013 em 14:38

          kkkkkk…..sei la. Depois disso, tenho as minhas duvidas. Mente macabra. kkkkk

71 Comentários
Topo