Contos Minilua: O Copo #12

E antes de tudo, galera, muito obrigado pelo carinho. Sem vocês, acreditem nada disso teria sentido. Uma boa leitura!  

                                                        O Copo

By: Letícia Fleming

Sempre fui adepta a assistir filmes de terror e ler esses contos assustadores. Meus preferidos sempre foram aqueles que contêm espíritos e fantasmas. Poucos realmente me assustavam e eu os via por pura diversão, até porque sempre achei uma bobagem essas histórias de fantasmas. Mas um dia eu e uma amiga combinamos de jogar o famoso jogo do copo.Eu, certa de que nada aconteceria, esperei um dia em que ficaria sozinha em casa e chamei minha amiga Mary para jogarmos o tal jogo.

Quando ela chegou, arrumamos o tabuleiro e eu fui até a cozinha pegar um copo. Um arrepio percorreu o meu corpo. Olhei ao redor e percebi que todas as janelas estavam fechadas. Achei estranho, mas logo esqueci o ocorrido e fui em direção à sala, onde se encontravam Mary e o tabuleiro. 

Coloquei o copo perto do tabuleiro, que continha todas as letras do alfabeto, as palavras “sim” e “não” e números de 1 até o 10. Apagamos as luzes e acendemos algumas velas que minha mãe guardava por precaução. Mary me encarou.

- Pronta? perguntei. Acho que sim…Bem, quer mesmo fazer isso, Lisa? - Ela me perguntou.Pude perceber que ela estava meio pálida. - Oras, você está com medinho? ri em voz alta, afim de provocá-la.                                                                                                                                            

Ela balançou a cabeça negativamente e se sentou ao meu lado, no sofá. A sala e o resto da casa tinham uma aparência sinistra, já que a única luz era a das velas. Eu e Mary colocamos as mãos sobre o copo e eu fiz a primeira pergunta.- Há alguém aqui com a gente? Esperamos alguns segundos e nada ocorreu. - Vamos, espíritos, onde estão vocês? Nada! Encarei, Mary, que parecia aliviada.Viu, Mary, eu te disse…Antes que eu pudesse terminar a frase, o corpo começou a se mexer. Mary me cutucou e sussurrou:  -Lisa, isso não tem graça! Eu não fiz nada!

O copo voltou a se mexer e eu cutuquei Mary, para que ficasse quieta.
- Se há alguém aqui, diga seu nome. 
O copo se moveu para a letra “N”, e em seguida para o “E”, “R”, “O” e então parou.
- Nero. - falei para mim mesma. - Você é um fantasma?
Depois de alguns longos segundos, o copo se moveu para a palavra “não”.
- Então, o que você é?

Quando percebi que não teria resposta, olhei para Mary. Ela parecia assustada. Até aquele momento, eu não estava, mas a série de acontecimentos que se iniciaram naquele instante, me fez ter realmente medo.
Ouvi um barulho, vindo da cozinha. Eram barulhos metálicos e de copos e pratos se partindo. Encarei Mary, que estava com os olhos arregalados. Hesitei por um instante e me levantei. Fui a procura do interruptor, mas ao localizá-lo, percebi que estávamos sem energia elétrica. Olhei pela janela e percebi que a rua toda estava iluminada.

- Mas que droga é essa? - perguntei em voz baixa para mim mesma. Fui em direção a cozinha, e o pouco que pude enxergar fez meu estômago se contorcer. Todas as panelas estavam no chão, o que explicava os barulhos metálicos. Mas os pratos e os copos estavam realmente todos quebrados, mas dentro dos armários. Voltei à sala, e percebi que Mary não estava mais ali.

- Mary? - a chamei em voz alta.
Peguei uma das velas e saí à procura da minha melhor amiga. Naquele instante, eu chegava a tremer de medo e não tinha noção do que fazer. Meus pais estavam viajando e voltariam apenas na manhã seguinte. Eu já não tinha a mínima noção das horas, mas como percebi que a maioria das luzes estavam apagadas, conclui que já era de madrugada. Não havia sinal da Mary em nenhum cômodo do andar de baixo, então decidi subir as escadas, sempre chamando por ela.

O andar de cima, onde ficavam os quartos, estava igualmente escuro como o outro andar da casa. Tudo estava silencioso, até que ouvi um barulho, que até hoje eu não sei descrever, vindo do meu quarto. Hesitei, mas fui em direção à porta que estava fechada. Eu estava suando frio, e ao tocar a maçaneta da porta, senti novamente um arrepio tomar conta do meu corpo. Fechei os olhos e abri a porta, empurrando-a devagar. Abri meus olhos e desejei não ter aberto. Dentro do quarto, estava Mary deitada na cama. 

- Mary? a chamei. 
Ela não falava e não se movia. Mary estava morta. Fiquei em estado de choque. Não conseguia me mover nem falar. Só sai do estado de transe, quando ouvi a porta atrás de mim se bater. Virei-me, com meus batimentos cardíacos a mil e vi a pior coisa da minha vida. Não sei dizer se aquilo era uma pessoa, mas era realmente tenebroso. Tinha os olhos vermelhos e um sorriso horroroso que parecia me hipnotizar.

Após isso, desmaiei e só acordei horas depois, com barulhos de sirenes. Meus pais haviam chegado e tinham chamado a polícia, aparentemente. Depois disso, nunca mais entrei naquela casa, já que semanas depois, fui internada em um hospital psiquiátrico. A causa da morte de Mary é desconhecida até hoje e a casa que antes habitava com meus pais foi incendiada dias após o ocorrido. Hoje em dia, 10 anos após o ocorrido, ainda tento não me considerar a assassina de Mary e ainda tomo drogas pesadas para tentar ao menos dormir, o que é em vão, porque ao fechar os olhos, vejo os olhos e o sorriso dele… o sorriso de Nero.

Reaja! Comente!
  1. Carlos Eugenio

    14 de junho de 2015 em 11:51

    maldita brincadeira essa hehe!

  2. Carolina Dias Cezar

    6 de setembro de 2013 em 18:40

    To pensando em fazer um conto também 😛

  3. Raimundo Fagner

    28 de junho de 2013 em 15:37

    Muito bom, se não fosse o erro na formatação. Suspense bacana, mas precisou ser mais explorado. O ambiente criado era perfeito para dar muito suspense ao conto e causar no leitor diversos momentos tensos, mas isso só aconteceu duas vezes, que pena.
    Nota 8.9
    ^.^’ Bom

  4. Rafael Corrêa

    1 de janeiro de 2013 em 20:09

    jogo do copo nada, isso se chama ouija. um dia vou experimentar, com certeza nada vai acontecer, mas vo tenta

  5. yngridy barreto

    9 de novembro de 2012 em 15:21

    adoroooo!

  6. Grim Reaper O ceifador solitario!

    14 de agosto de 2012 em 05:29

    Tanta mina pra chamar chamo logo a (blood) mary? num podia chamar a menina do exorcista não seria até mais seguro…ou não 
  7. Grim Reaper O ceifador solitario!

    14 de agosto de 2012 em 05:22

    5 da manha e eu lendo post de terror. LIKE A BOSS!

  8. Eduardo Skrenski

    13 de agosto de 2012 em 17:48

    ”Tinha os olhos vermelhos e um sorriso horroroso que parecia me hipnotizar.” Jeff Is Back!

  9. Matheus La Fontaine

    12 de agosto de 2012 em 22:40

    N-E-R-O   ?/   TENHU SIIM NO MEU  PC  DA PRA FAZER  VIDEOS E OUTRAS COISINHAS MAIS    ¬¬    SERIOOO  MEU  SE ACHA  QUE  ESSA  TROXA  PODERIA  TER FICADOO VIVA PRA CONTAR HISTORIA  SE  O  nero matou sua amiga e pq não ela ?   seiii  ella fez um trabalhinho pra elle antes  só  pode 

    • É a Vida

      13 de agosto de 2012 em 20:35

      Então você queria que a amiga morta contasse a história?

  10. É a Vida

    12 de agosto de 2012 em 19:58

    Uma das coisas que me deixa meio pu.to em alguns contos, filmes e séries… É a pessoa ser acusada de ter matado alguém que ela não matou ou qualquer coisa parecida. 

    Cadê a polícia forense nessas po.rras aí não?
  11. ultramen Tiga

    12 de agosto de 2012 em 14:35

    hum então nero continua gostando de brincar com fogo?

  12. Natanael Vieira

    12 de agosto de 2012 em 10:26

    Conto legal

    Jeff, eu posso criar a continuação de um conto meu?  mas assim, a primeira parte não tinha parte um. é que eu to fazendo uma continuação de Atormentada.

    • Jeff Dantas

      12 de agosto de 2012 em 13:47

      Pode sim, Natanel. Sem problemas. 🙂

      • Vegeta

        12 de agosto de 2012 em 14:10

        Vou criar um conto bem fodão, tbm

  13. Psycho The Cat

    12 de agosto de 2012 em 08:16

    .

  14. Psycho The Cat

    12 de agosto de 2012 em 08:15

    Possessão demoníaca.  

  15. Psycho The Cat

    12 de agosto de 2012 em 08:08

    Fantasmas não existem.

  16. Paola Castro

    12 de agosto de 2012 em 07:40

    eu nunca entendo certas de historias de terror que dizem : E ninguem viveu pra contar historia.. se ñ sobrou ninguém, então quem é que contou a historia? O.o

  17. VanDrak SubZero

    12 de agosto de 2012 em 02:42

    2h40 da matina… acabei de ler o post… minha reação…
    Dá hora!!! Muito Boa ^^
    Agora pq Nero não fez nada contra ela?

  18. Ionice Alves Dos Santos

    12 de agosto de 2012 em 00:11

    com isso não se brinca :/

  19. Um qualquer

    11 de agosto de 2012 em 23:02

    Os comentários estão bugados….

  20. Zetsu

    11 de agosto de 2012 em 21:48

    O copo se moveu para a letra “N”, e em seguida para o “E”, “R”, “O” e então parou.
    – Nero.Eu já te apaguei do meu pc…

  21. Um qualquer

    11 de agosto de 2012 em 21:36

    Nunca jogaria este jogo do copo…..

  22. Pedro

    11 de agosto de 2012 em 18:41

    é aquilo…entendeu….

    • Pedro

      11 de agosto de 2012 em 20:50

      nota: * * *

  23. Moyses Bispo

    11 de agosto de 2012 em 18:31

    Poha,legal essa!!!

  24. Juvia Loxar

    11 de agosto de 2012 em 17:48

    eu fico me perguntando o motivo de todo mundo morrer no fim e só sobrar 1 sobrevivente – que fica louco na maioria das vezes…
    very clichê …

  25. Otirra Madeira (C&A)

    11 de agosto de 2012 em 17:37

    2 Girls 1 Cup

    • Ynna

      14 de agosto de 2012 em 14:42

      da nojo só de lembrar disso

  26. Claire Redfield

    11 de agosto de 2012 em 17:28

    Minhas reações ao ler: 1-,eu pensei ter visto a primeira foto se mexer. 2- O povo sabe que a “brincadeira” do copo é perigosa. 3-. Ora,ora… Nero saiu de Devil May Cry para quebrar pratos e copos? ahaha,que decadência. 

  27. L P

    11 de agosto de 2012 em 16:38

    Não deu medo mas foi uma boa história

  28. Gasai Yuno

    11 de agosto de 2012 em 16:37

    3 primeiras linhas da história: prazer, eu XD

    • Estudante

      11 de agosto de 2012 em 17:24

      Tá bom.

  29. louis armstrong

    11 de agosto de 2012 em 16:35

    jeff é você? vc sabe que não pode parar em outro conto!!

    • louis armstrong

      11 de agosto de 2012 em 16:36

      estou me referindo ao jeff the killer!!

  30. Ljane Albuqrq

    11 de agosto de 2012 em 16:29

    Caralho! Achei q a historia fosse sobre mim! o primeiro paragrafo me descreveu fielmente!!! já joguei esse jogo, tinha mais gente, eramos três! tinha velas tbm, só q a energia faltou um dia antes de jogarmos e coincidentemente só foi em minha casa! bem, jogamos o jogo, foi assustador mesmo! NUNCA MAIS na minha vida jogo isso! foi uma experiencia ruim da ql me arrependendo e não gosto de lembrar…

    • Jeff Dantas

      11 de agosto de 2012 em 16:59

      Nossa, mas alguma entidade se manifestou? Durou muito tempo? ^^

      • Ljane Albuqrq

        12 de agosto de 2012 em 02:15

        durou umas três horas mas nós nem percebemos… é por etapas, o copo ganha força pouco a pouco… não vimos nada, mas qndo eu disse q iria desistir… eu senti sua mão, e minha prima foi caindo sem forças… mas foi só isso! ficamos semanas apavorados…e mudamos de casa!

  31. Pietro Sgarbosa

    11 de agosto de 2012 em 16:21

    Boa essa, muito loco.

  32. otome do mal

    11 de agosto de 2012 em 16:16

    queria jogar esse jogo mas sosinha nem a pau

    • otome do mal

      11 de agosto de 2012 em 16:17

      se eu morrer alguem tenque morrer comigo

      • Harima Kenji

        11 de agosto de 2012 em 17:30

        Eu morro com vc se quiser … to uma merd# mesmo.

  33. Joey Jordison

    11 de agosto de 2012 em 16:15

    Se tivesse postado de noite daria mais medo…eu vi um vídeo de madrugada e nem durmi hj http://www.youtube.com/watch?v=saK_5GhcDvw&feature=youtube_gdata_player

  34. Joey Jordison

    11 de agosto de 2012 em 16:06

    Já joguei o jogo do copo e ninguém morreu…

    • Paola Castro

      12 de agosto de 2012 em 07:35

      ainda…. (trilha sonora de terror) TAN TAN TAN TAN

    • Marcos Vinícios

      11 de agosto de 2012 em 16:17

      mas o demônio se manifestou? curiosidade….

      • Joey Jordison

        11 de agosto de 2012 em 16:25

        O copo se mexeu mas como meu amigo é um filho da puta profissional eu tô até hj sem saber

        • Marcos Vinícios

          11 de agosto de 2012 em 16:31

          hum……. conheço a historia de uma menina q brincou com isso e ela ficou meio perturbada, dizem q ela jogava toda a tarde sozinha,ela começou a ver demônios, e ouvir vozes, foi tenso…

    • Jeff Dantas

      11 de agosto de 2012 em 16:15

      Acho que vai de pessoa para pessoa. E mais, da mediunidade de cada 1. 🙂

      • Joey Jordison

        11 de agosto de 2012 em 16:18

        ~mediunidade~ huashaushaushajshajshajahshhauahsja

        • Jeff Dantas

          11 de agosto de 2012 em 16:20

          • Ynna

            14 de agosto de 2012 em 14:39

            so sexy

          • Um qualquer

            11 de agosto de 2012 em 21:18

            Cara, esta foto não assusta……
            Eu quando acordo de manhã assusto mais….

          • Weon Kenedi

            11 de agosto de 2012 em 16:38

  35. Gaby

    11 de agosto de 2012 em 15:57

    Gostei… a gente nunca deve mexer com o q n conhece =)

  36. mavis vermilion

    11 de agosto de 2012 em 15:52

    exelente 

    • Seth .

      11 de agosto de 2012 em 16:10

      senhor burns me de uma esmola 

      • mavis vermilion

        11 de agosto de 2012 em 17:20

        NÃO , solte os cães 

        • Seth .

          11 de agosto de 2012 em 17:22

          caes tem medo de mim 

    • Jeff Dantas

      11 de agosto de 2012 em 15:56

      Homer para Burns: ”
      Vai soltar os cachorros? Ou as abelhas? Ou os cachorros com as abelhas na boca para que quando latirem cuspam as abelhas em você? hauahahaa

  37. From Hell

    11 de agosto de 2012 em 15:46

    Vou criar um conto de aventura,pq o povo aqui só cria terror ¬¬

    • L P

      11 de agosto de 2012 em 16:42

      Terror é melhor que aventura.

    • Wagner

      11 de agosto de 2012 em 15:54

      Pensei em fazer um conto sem ser de terror também, mas não era de aventura… Mas dá uma preguiça…

      • Marcos Vinícios

        11 de agosto de 2012 em 16:06

        penso seriamente em enviar a historia de blood Mary, pois eu acho  interessante historias de terro 

    • Jeff Dantas

      11 de agosto de 2012 em 15:50

      É isso ae, Fê. E bora mandar pra gente. 🙂

      • From Hell

        11 de agosto de 2012 em 15:51

        nhá…mudei de ideia,escrever e criar cansa kkkkkkkkkkkkk

        • Jeff Dantas

          11 de agosto de 2012 em 15:54

          Sei como é, preferiu evitar a fadiga. hehehehehe

  38. Marcos Vinícios

    11 de agosto de 2012 em 15:44

    çoç. parabéns pelo conto… ate q enfim tela preta… ^^  

  39. Wagner

    11 de agosto de 2012 em 15:39

    Gostei 🙂

  40. Jeff Dantas

    11 de agosto de 2012 em 15:39

    O cenário perfeito. 🙂

    • otome do mal

      11 de agosto de 2012 em 15:40

      que inveja queria ter uma casa asim

      • Jeff Dantas

        11 de agosto de 2012 em 15:42

        Eu tb, Debora, e com uma sala assim…

        • Jeff Dantas

          11 de agosto de 2012 em 15:43

          • Ynna

            14 de agosto de 2012 em 13:55

            recapitulando minha memória – que sou pobre numa merda de país e nunca vou ter um lugar assim pra morar, ó vida decadente

          • otome do mal

            11 de agosto de 2012 em 15:49

            linda*_*

            • Um qualquer

              11 de agosto de 2012 em 21:13

              Góticos tem gostos estranhos….

              • Jeff Dantas

                11 de agosto de 2012 em 23:05

                Que nada! Um salve para todos os góticos. Incluindo eu. heheheh

                • Alicia Fernandes

                  11 de agosto de 2012 em 23:10

                  kkkkkkk salve!

  41. Gabriel Vieira

    11 de agosto de 2012 em 15:33

    Acho legal as estórias e tals, mas eu não acredito em fantasmas 

  42. Jeff Dantas

    11 de agosto de 2012 em 15:30

    Tabuleiro de ouija… Todo cuidado é pouco… 🙂

    • Ynna

      14 de agosto de 2012 em 13:52

      Me gusta -desse tipo de brincadeira sem graça srsrsrsr, é excitante.

    • Weon Kenedi

      11 de agosto de 2012 em 16:36

      Constantine discorda de você, Jeff… XD

  43. Gabriel Vieira

    11 de agosto de 2012 em 15:29

    Ainda acho que o conto que mandei é mais assustador.

    • Estudante

      11 de agosto de 2012 em 15:32

      Os maiores mistérios da humanidade #91

      Se essa for sua foto…
  44. Jeff Dantas

    11 de agosto de 2012 em 15:27

    Pronto, agora sim. Problema resolvido. ^^

  45. Gabriel Vieira

    11 de agosto de 2012 em 15:23

    A maioria dos contos as pessoas morrem e os outros continuam agindo normalmente, se fosse com meu amigo já saia correndo atrás das esferas do dragão.

    • Estudante

      11 de agosto de 2012 em 15:24

      Ninguém tem amigos em contos…

      • mavis vermilion

        11 de agosto de 2012 em 15:54

        mandei prender todos os amigos parar trabalharem na minha usina 

        • Estudante

          11 de agosto de 2012 em 17:26

          Trágico… 

  46. jeff zika Mc

    11 de agosto de 2012 em 15:22

    Alguem ai sabe alguma coisa pra parar o sangramento no nariz ?

    • VanDrak SubZero

      12 de agosto de 2012 em 02:40

      Olha pra parede, vá em direção a ela e quando estiver de frente pra ela, Grite:
      – EU TENHO A FORÇA!!! HE-MAN!!
      Depois dê uma narigada nela ^^

    • Um qualquer

      11 de agosto de 2012 em 21:11

      Fique com a cabeça pra cima até parar o sangramento.

    • Wagner Gonçalves

      11 de agosto de 2012 em 15:40

    • Gabriel Vieira

      11 de agosto de 2012 em 15:24

      Absorvente

    • Estudante

      11 de agosto de 2012 em 15:22

      Saúde…

  47. Estudante

    11 de agosto de 2012 em 15:17

    • Grim Reaper O ceifador solitario!

      14 de agosto de 2012 em 05:24

      MORRE DIABO HASHUASHUHSAUSA!
      • yngridy barreto

        9 de novembro de 2012 em 15:20

        kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk! sai….

  48. Sou maggotinho Seu amiginho

    11 de agosto de 2012 em 15:15

    Aeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee até que enfim o jeff conssegiu acesso a tela preta ._.

    • Jeff Dantas

      11 de agosto de 2012 em 15:32

      Sim, agora estou felizzzzzzzzzzzzzzzzzzz 🙂

      • otome do mal

        11 de agosto de 2012 em 17:23

        ja mato quantos?

      • Leonardo Da Vinci

        11 de agosto de 2012 em 16:41

        parabéns

    • Bruno Melo

      11 de agosto de 2012 em 15:22

      Claro,ele é o Jeff,The Killer!

      • Thekiler Uchiha

        11 de agosto de 2012 em 17:49

        eu sou o verdadeiro thekiller Pudim thekiler

  49. Jeff Dantas

    11 de agosto de 2012 em 15:15

    Houve um probleminha de formatação, mas já estou corrigindo. ^^

    • Estudante

      11 de agosto de 2012 em 15:26

      Legal…Pode aprovar minha imagem que está ali?

      • Jeff Dantas

        11 de agosto de 2012 em 15:28

        Prontinho, aprovada. 🙂

        • Estudante

          11 de agosto de 2012 em 15:29

          Valeu…

  50. Nosferatu Alucard

    11 de agosto de 2012 em 15:12

    Nero saiu de Roma para botar fogo em casas? realmente não tá fácil pra ninguém… / \

    #vampirobebao 
    • mavis vermilion

      11 de agosto de 2012 em 16:03

      bom trabalho Nero 

  51. Estudante

    11 de agosto de 2012 em 15:10

    Meu comentário está invisível???

    • Power Ranger

      11 de agosto de 2012 em 15:26

      eu consigo ver

      • Estudante

        11 de agosto de 2012 em 15:27

        NINGUEM TI PERGUNTO NADA O PALHAÇO

        • Milhouse Van Houten

          11 de agosto de 2012 em 15:44

          Nada vdd tu postou um comentário publico e não citou ngm então consequentemente falou com todo mundo que quisesse te responder…

    • Ruan Aragão

      11 de agosto de 2012 em 15:11

      Sim, esta! O que você perguntou mesmo?

    • Metalborn (saudades do ano passado)

      11 de agosto de 2012 em 15:11

      Ta não .-.

    • Estudante

      11 de agosto de 2012 em 15:11

      Ah…Foi apagado…Trágico…

      • Ruan Aragão

        11 de agosto de 2012 em 15:12

        Você postou o “çoç”? kkkk

        • Estudante

          11 de agosto de 2012 em 15:15

          Escrevi ”…”

      • Metalborn (saudades do ano passado)

        11 de agosto de 2012 em 15:12

        Então ta sim .-.

        • Estudante

          11 de agosto de 2012 em 15:15

          Não tá invisível…Foi apagado e sumiu…

          • Metalborn (saudades do ano passado)

            11 de agosto de 2012 em 15:17

            Da tudo no mesmo u.u

            • Estudante

              11 de agosto de 2012 em 15:20

              Mas se estivesse invisível estaria aí ainda…

  52. Estudante

    11 de agosto de 2012 em 15:09

    Gosto de contos…

125 Comentários
Topo