As crianças mais malignas da história

De vez em quando o impensável acontece: as crianças matam. Alguns decidem assassinar os membros da sua própria família, apesar de terem sido bem educados.

Outros acabam fazendo isso porque a sua educação foi longe de ser normal, muitas vezes incluindo espancamentos e abusos. Porém, também existem aquelas crianças que parecem já ter nascido com a vontade de matar e acabam sempre fazendo vítimas inocentes.

As crianças geralmente são inocentes e puras, mas algumas vezes acabam cometendo crimes horríveis. Por este motivo, separamos uma lista com as crianças mais malignas da história. Elas vão surpreender você!




# 1. Joshua Phillips

Phillips morava na cidade de Jacksonville, Florida. Quando ele tinha apenas 14 anos, matou sua vizinha de oito anos de idade, Maddie Clifton, em 15 de novembro de 1998.

Quando Maddie desapareceu, o primeiro suspeito foi Larry Grisham, um outro vizinho que tinha uma ficha criminal com duas agressões sexuais. Joshua até se ofereceu para ajudar na busca do seu corpo. A mãe de Phillips estava limpando seu quarto um dia, quando ela percebeu que a cama de água tinha um vazamento. Uma inspeção mais detalhada revelou que um corpo estava sob a cama. O corpo apresentava traumatismo e múltiplas facadas.

Joshua tinha convidado Maddie para jogar bola. Ele disse que ela chutou a bola muito forte em sua cabeça. Para evitar problemas, ele bateu nela com um bastão, em seguida, escondeu seu corpo em seu quarto debaixo da cama, onde ela mais tarde começou a se movimentar e fazer sons.

Para resolver isso, ele terminou o trabalho a esfaqueando. Phillip foi sentenciado a prisão perpétua sem possibilidade de liberdade condicional.




# 2. Eric Smith

Ele era mau desde a sua adolescência. Aos 13 anos, ele abusou e matou Derrick Robie que tinha apenas 4 anos, no dia 2 de Agosto de 1993, em Steuben County, New York.

Derrick e Eric viviam em áreas separadas da cidade, embora ambos participassem da mesma turma de beisebol a apenas uma quadra da residência de Derrick. A mãe de Derrick estava cuidando de sua filha mais nova quando ela tomou a decisão lamentável de deixar seu filho andando sozinho pela residência.

Levou apenas cerca de cinco minutos para Derrick ser persuadido para fora da calçada e levado para dentro da floresta por Eric. Ele então foi abusado sexualmente e assassinado.

Eric admitiu este crime horrível, mas nunca realmente deu uma razão de porque ele fez isso com ele. Ele foi condenado a nove anos de reclusão com possibilidade de prisão perpétua após este período.




# 3. Paul Henry Gingerich

Este assassinato aconteceu no belo estado de Indiana, Estados Unidos, onde um garoto de 12 anos se tornou o garoto mais jovem na história do estado a ser julgado e condenado como um adulto.

Paul estava reunido com amigos na cidade de Cromwell perto da fronteira de Michigan. Depois de conversarem um pouco os três rapazes decidiram fugir, mas um dos amigos disse que seu pai nunca permitiria que isso acontecesse.

Os meninos então elaboraram um plano para assassinar Phillip Danner, o padrasto de Colt Lundy que poderia impedir seu plano de dar certo. Eles roubaram a arma do pai para cometer esse assassinato. Os rapazes foram todos condenados a pena de prisão, mas Gingerich recebeu o castigo mais longo por ter disparado o tiro que mataria seu pai.

GOSTOU DO NOSSO CONTEÚDO?

Receba as atualizações por e-mail!

É gratuito e sem SPAM
Reaja! Comente!
Topo